Meteorologia

  • 27 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Zuckerberg planeia trabalhar remotamente pelo menos metade do próximo ano

O CEO do Facebook está a liderar pelo exemplo, depois de a empresa ter dado aos funcionários flexibilidade para trabalharem fora do escritório.

Zuckerberg planeia trabalhar remotamente pelo menos metade do próximo ano

Facebook está a dar aos funcionários mais flexibilidade para trabalhar fora do escritório e Mark Zuckerberg está a liderar pelo exemplo. O CEO da tecnológica disse aos funcionários, num memorando interno emitido na quarta-feira passada, que planeia passar pelo menos metade do próximo ano a trabalhar remotamente. 

A informação foi confirmada à CNN Business por um porta-voz da empresa e publicado pelo Wall Street Journal.

"Descobri que trabalhar remotamente deu-me mais espaço para pensar a longo prazo e ajudou-me a passar mais tempo com a minha família, o que me deixou mais feliz e mais produtivo no trabalho", escreveu Zuckerberg, segundo o WSJ.

Na quarta-feira, o Facebook disse que vai permitir que funcionários de todos os níveis da empresa optem por trabalho remoto, se a sua função permitir. Os funcionários que desejam voltar ao escritório podem fazê-lo de maneira flexível, mas serão incentivados a passar pelo menos metade do tempo no escritório e podem passar até 20 dias úteis por ano noutro local.
 
A tecnológica também quer expandir gradualmente a capacidade de trabalhar remotamente além-fronteiras, a começar esta semana com funcionários que desejam mudar-se dos Estados Unidos para o Canadá e de qualquer lugar na Europa ou do Oriente Médio para o Reino Unido.

O CEO tem dito anteriormente esperar que pelo menos metade da força de trabalho do Facebook seja completamente à distância nos próximos 10 anos.

Não são o primeiro caso, o Twitter, por exemplo, deu aos funcionários a opção de permanecerem em teletrabalho para sempre, se a sua função permitir, enquanto o Google pede aos funcionários que escolham entre permanecerem remotos permanentemente, voltar ao escritório ou mudar de escritório a partir de setembro deste ano.

Já a Apple e a Uber adotaram políticas mais rígidas, exigindo que os funcionários voltem ao escritório pelo menos três dias por semana, também a partir de setembro. 

Leia Também: Facebook deseja sucesso à reforma tributária mundial acordada pelo G7

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório