Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

"Ponho as mãos no fogo pelo ministro Vieira da Silva"

O socialista foi categórico ao defender a “honradez” do ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que está envolvido na polémica relacionada com a Associação Raríssimas.

"Ponho as mãos no fogo pelo ministro Vieira da Silva"
Notícias ao Minuto

09:05 - 15/12/17 por Patrícia Martins Carvalho 

Política Jorge Coelho

Vieira da Silva foi vice-presidente da Assembleia-geral da Raríssimas até novembro de 2015, altura em que foi convidado para integrar o Executivo liderado por António Costa.

Depois da reportagem da TVI ter colocado a nu as ilegalidades alegadamente cometidas por Paula Brito e Costa – uso de dinheiro da instituição para fins pessoais – o ministro Vieira da Silva convocou uma conferência de imprensa na qual assegurou que não tinha conhecimento dos alegados “atos de gestão danosa”, admitindo, porém, ter ordenado à Inspeção-Geral da Segurança Social uma investigação com carácter urgente às contas da associação.

No programa ‘Quadratura do Círculo’, emitido na quinta-feira à noite na antena da SIC Notícias, o antigo ministro de António Guterres, Jorge Coelho, saiu em defesa de Vieira da Silva.

“Ponho as mãos no fogo pela honradez e honorabilidade do ministro Vieira da Silva e olhe que não faço isso por muita gente”, afirmou perentoriamente, acrescentando que tendo em conta as “características humanas” e a “forma de estar na vida” que o ministro sempre teve “jamais [ele] teria qualquer ação para se aproveitar de dinheiro público”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório