Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 25º

Europeias. CDS-PP indica Ana Miguel Pedro como 3.º nome da lista da AD

Ana Miguel Pedro, assessora do CDS-PP no Parlamento Europeu, vai ser candidata indicada pelo partido para integrar a lista da Aliança Democrática (AD) às eleições europeias, no terceiro lugar.

Europeias. CDS-PP indica Ana Miguel Pedro como 3.º nome da lista da AD
Notícias ao Minuto

22:04 - 22/04/24 por Lusa

Política Europeias

O anúncio foi feito pelo porta-voz do partido Durval Tiago Ferreira aos jornalistas na sede nacional do CDS-PP, onde decorre a reunião do Conselho Nacional do partido para aprovar a lista.

"O CDS indica na lista conjunta com o PSD três nomes efetivos, o primeiro nome é Ana Miguel Pedro. É uma pessoa que trabalha no PE já há cerca de 12 anos, tem uma larga experiência nas matérias europeias", afirmou o dirigente.

Ana Miguel Pedro Soares, 35 anos, é vogal da Comissão Política Nacional do CDS-PP.

O CDS-PP indica também o 10.º lugar da lista, Vasco Weinberg, que é atualmente o eurodeputado do partido, depois de no final de março ter substituído o líder centrista, Nuno Melo, que é ministro da Defesa Nacional.

O terceiro candidato na lista como efetivo será José Limão, no 15.º lugar.

O porta-voz destacou que Ana Miguel Pedro "é uma jovem" e indicou que esta escolha "vai naquele que tem sido o sentido do CDS, quadros independentes, quadros credíveis, com reconhecimento na sociedade e, ao mesmo tempo, também uma geração nova que se quer afirmar na política portuguesa".

"Esta opção por ser uma mulher não tem nada a ver com obrigação de quotas, era a nossa primeira escolha desde sempre. Foi uma escolha que o partido acolheu com entusiasmo e penso que será uma mais-valia nesta lista conjunta que vamos apresentar com o PSD".

No domingo, no seu discurso de encerramento do 31.º Congreso do CDS-PP, que decorreu este fim de semana em Viseu, o presidente do partido e ex-eurodeputado deixou uma palavra para Ana Miguel Pedro, que então ainda não tinha sido anunciada como candidata.

"Sucedi, no que tem que ver com o CDS, a alguns dos mais notáveis quadros do partido, sendo que fui agora substituído por um dos nossos novos talentos, o Vasco Weinberg, que não precisou de muito para mostrar o que vale e que em Bruxelas também beneficia do talento e contributo de muitos outros quadros, uns confirmados, outros com grande futuro, caso da nossa Ana Miguel Pedro Soares, que é das pessoas que mais sabe do projeto europeu e que mais trabalha pela importância do projeto europeu para Portugal", salientou.

A lista da AD (coligação PSD/CDS-PP/PPM) será encabeçada pelo jornalista e comentador televisivo Sebastião Bugalho.

Questionado sobre esta escolha, Durval Tiago Ferreira lembrou que "Sebastião Bugalho já foi candidato pelo CDS nas legislativas em 2019".

"É um jovem também, é uma pessoa com uma grande visibilidade mediática, é uma pessoa inteligente, com uma grande capacidade de intervenção política. E mais uma vez a direita e o centro-direita trazem uma nova geração para o palco da politica portuguesa e pensamos que será obviamente um bom cabeça de lista", assinalou.

O porta-voz afirmou também que, "embora seja uma escolha do PSD", os centristas ficaram "naturalmente contentes com essa escolha".

[Notícia atualizada às 22h21]

Leia Também: Sebastião Bugalho é o cabeça de lista da AD às Europeias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório