Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 22º

João Oliveira diz que em "tempos de descrença" CDU é de "confiança"

O cabeça de lista da CDU às europeias defendeu hoje que "em tempos de tanta descrença, dúvida e incerteza" os portugueses precisam de gente em que possam confiar, o que garantiu serem os candidatos da coligação às eleições.

João Oliveira diz que em "tempos de descrença" CDU é de "confiança"
Notícias ao Minuto

20:40 - 18/04/24 por Lusa

Política Eleições Europeias

João Oliveira discursou ao final desta tarde na sessão de apresentação dos candidatos da CDU às eleições europeias de 09 de junho, que decorreu no Largo do Carmo, em Lisboa, uma lista de 29 nomes composta por 15 mulheres e 14 homens.

Segundo a cabeça de lista, esta campanha eleitoral também "é pelo futuro", uma vez que Portugal apenas elege 21 eurodeputados "o que torna ainda mais importante" a eleição ser criteriosa.

"Em tempos de tanta descrença, dúvida e incerteza, o povo precisa de gente em quem possa confiar. Esta lista da CDU dá resposta a essa inquietação. Gente que dá confiança e é de confiança", defendeu.

Considerando que os candidatos da CDU são "gente comprometida com a luta de quem trabalha" e "é de confiança pelo seu percurso", João Oliveira sublinhou ainda que estes candidatos recusam benefícios e privilégios e não enriquecem com os mandatos.

O cabeça de lista prometeu construir o resultado eleitoral "como tem que ser construído", ou seja, começando no "contacto direto" com as pessoas.

A promessa de João Oliveira é lutar pelas condições de vida dos portugueses e combater toda a "desinformação, a propaganda do medo, do racismo e do ódio", pretendendo "alargar consciências e juntar forças".

O comunista quer ainda contrariar "as teses de que não há alternativa à exploração e às desigualdades" e fará da campanha "um espaço de afirmação da alternativa que existe".

O trabalho que os eurodeputados da CDU realizaram ao longo dos anos no Parlamento Europeu "orgulha e distingue" os comunistas dos outros partidos, segundo João Oliveira.

"A CDU apresenta-se a estas eleições com um património e trabalho de coerência que nos distingue do lamaçal de promiscuidades", enfatizou.

Leia Também: Raimundo defende que CDU "é imprescindível" no Parlamento Europeu

Recomendados para si

;
Campo obrigatório