Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 29º

Ideologia de género é "fenómeno de insanidade", diz deputado do Chega

O deputado do Chega Gabriel Mithá Ribeiro, cabeça de lista por Leiria, defendeu na noite de domingo que a ideologia de género é um "fenómeno de insanidade mental" e acusou a esquerda de mover uma "guerra psicológica permanente".

Ideologia de género é "fenómeno de insanidade", diz deputado do Chega
Notícias ao Minuto

06:34 - 04/03/24 por Lusa

Política Eleições

Discursando num jantar/comício em Leiria com a presença do presidente do partido, Mithá Ribeiro considerou que "a esquerda está a reorganizar-se em torno de uma coisa chamada ideologia de género, que tomou de assalto cabeças de todas através da escola, da linguagem, da cultura, do controlo das instituições".

"Nós estamos perante mais um fenómeno de insanidade mental coletiva. Dito de outra forma, alguém está a querer fazer de nós todos doidos, loucos", acusou.

O deputado do Chega afirmou que existe ódio em relação a palavras como "descobrimentos, pátria, família, civilização, ocidente", que são "demonizadas, negativas".

"Como qualquer guerra, a esquerda está a mover-nos uma guerra psicológica permanente, isto tem efeitos mentais devastadores", defendeu.

Mithá Ribeiro afirmou que a ideologia de género "tem de ser a gota de água que fez transbordar o copo".

E alertou: "daqui não passam mais".

"Definitivamente temos de dizer chega a esta guerra contra a nossa sanidade mental", acrescentou Gabriel Mithá Ribeiro.

O cabeça de lista do Chega por Leiria acusou ainda a esquerda de fazer "um culto universal da ignorância com as soluções que propõe".

Leia Também: Chega. Mithá Ribeiro defende combate a "ditadura mental de esquerda"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório