Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

Rio não afasta 'geringonça' à direita mesmo com PSD em segundo

O presidente do PSD, Rui Rio, não afastou hoje a possibilidade de constituir uma 'geringonça' à direita, mesmo se os sociais-democratas perderem as eleições, remetendo essa decisão para a direção do partido.

Rio não afasta 'geringonça' à direita mesmo com PSD em segundo
Notícias ao Minuto

20:44 - 28/01/22 por Lusa

Política Legislativas

Numa curta entrevista à SIC, Rio foi questionado se, caso o PS vença as legislativas antecipadas de domingo sem maioria e "a direita toda junta conseguir entender-se", afasta uma 'geringonça' à direita, semelhante à que António Costa fez em 2015 (em que não foi o partido mais votado, mas governou com base em acordos parlamentares escritos com BE, PCP e PEV).

"Veremos, o dr. António Costa ensinou-nos que se pode fazer diferente. Se isso for possível, logo veremos e a direção nacional há de decidir", afirmou.

Neste ponto em concreto, Rio não foi questionado se o Chega estaria incluído nesta equação, embora nos últimos meses tenha sempre afastado qualquer possibilidade de uma coligação de Governo com este partido.

Em perguntas anteriores relativas ao Chega, o líder do PSD reiterou o que disse nos últimos dias.

"A questão do Chega já foi explicada muitas vezes: eu apresento o Orçamento e os deputados eleitos pelo Chega vão ter de votar. Se votarem a favor, viabilizam um Governo contra uma alternativa do PS, se votarem contra estão a votar ao lado do PS", disse.

Questionado se, caso dependa do Chega para aprovar um Orçamento, não irá ligar a Ventura para negociar, Rio repetiu: "Não, isso já disse que não, já disse claramente e por diversas vezes que não".

"Eu vou precisar desses votos, mas o PS se quiser derrotar um Orçamento meu também precisará desses votos. Os deputados que o Chega possa eleger são iguais aos outros, na altura certa terão de perceber se querem dar força à esquerda ou ao centro-direita", afirmou.

Questionado se se vê como líder da oposição mais alguns anos se perder as legislativas antecipadas de domingo, Rio afirmou que "depende do resultado e da vontade do partido".

"Logo se vê em face do resultado, das necessidades do país e da vontade do partido. Desprendimento do poder eu tenho, isso pode ter a certeza", afirmou Rio, que foi reeleito em dezembro do ano passado para um novo mandato de dois anos.

Leia Também: Moedas pede voto em Rio contra os que "pensam que são donos disto tudo"

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório