Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Cafôfo "preparado" para ser presidente do Governo Regional da Madeira

O cabeça de lista do PS às eleições legislativas da Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou hoje que está "preparado" para ser presidente do Governo Regional e manifestou-se pouco preocupado com "coligações e arranjos eleitorais".

Cafôfo "preparado" para ser presidente do Governo Regional da Madeira
Notícias ao Minuto

17:52 - 12/08/19 por Lusa

Política Madeira

"O Partido Socialista é o único que está em condições de assegurar a alternativa democrática nesta região - e os madeirenses querem mudar - e essa mudança só é possível com o PS", disse, após a entrega das listas de candidatos às eleições de 22 de setembro no Tribunal da Comarca da Madeira, no Funchal.

Paulo Cafôfo sublinhou que a grande preocupação da candidatura foi, desde a primeira hora, analisar os problemas do arquipélago e definir as soluções.

"Estou preparado para ser presidente do governo, o PS está preparado para ganhar as eleições e não estamos aqui preocupados com coligações", disse.

O cabeça de lista socialista, que é independente, lembrou, no entanto, que as coligações não lhe são estranhas, pois governou desse modo a Câmara Municipal do Funchal entre 2013 e 2019, primeiro à frente da Mudança (PS/BE/MPT/PTP/PAN/PDN) e depois da Confiança (PS/BE/JPP/PDR/Nós, Cidadãos!).

"Tenho experiência a esse nível, porque também sou uma pessoa de diálogo, que gosta de estabelecer pontes, de convergências e de pôr o interesse da Madeira à frente de qualquer outro interesse", reforçou.

Paulo Cafôfo disse, por outro lado, que a candidatura do PS dá "garantias de qualidade" e demonstra "abertura à sociedade civil", considerando que integra vários independentes, jovens, representantes dos 11 concelhos da região autónoma e também nove mulheres nos primeiros 24 lugares, o número mínimo de deputados para a maioria absoluta.

"São inúmeros os problemas que temos de resolver", salientou, dizendo que, em 22 de setembro, está em causa uma opção entre a continuidade do PSD e a mudança para o PS.

"É uma opção pela continuidade, dos mais dos mesmos, aqueles que não resolveram nos últimos quatro anos, para não dizer nos últimos 40 anos, os problemas da região e uma lista inovadora, positiva, com uma estratégia para a região, com soluções concretas", realçou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório