Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

PAN quer eleger grupo parlamentar e ser "fiel na balança" na Madeira

O Partido das Pessoas, dos Animais e da Natureza (PAN) quer eleger um grupo parlamentar nas legislativas na Madeira e ser o "fiel" da balança em caso de não haver maiorias absolutas, disse hoje o cabeça de lista.

PAN quer eleger grupo parlamentar e ser "fiel na balança" na Madeira

"O nosso objetivo é ter um grupo parlamentar, é para isso que vamos apontar, dado o crescimento que estamos a ter em todo o lado, na Europa, no continente e aqui [Madeira] também nas eleições europeias", declarou João Henriques Silva após a entrega da lista de candidatos à Assembleia Legislativa da região relativa às eleições que se realizam em 22 de setembro.

O cabeça de lista do PAN na Madeira considerou que "eleger um grupo parlamentar de duas pessoas seria o ideal" para os responsáveis do partido.

O responsável realçou que o partido pode vir a assumir o papel de "fiel na balança" no próximo ato eleitoral.

"Pode e vai ser, porque não estou a ver que saia nenhum governo maioritário destas eleições", opinou, acrescentando que o partido é "responsável e quando for chamado a responsabilidades há de saber cumpri-las".

"Nós estamos dispostos, se assim considerarmos, e depois de analisarmos os órgãos competentes, nomeadamente a comissão política regional, a viabilizar os orçamentos e um governo que defenda as nossas causas, e não interessa que seja de Direita, Esquerda ou seja de centro", vincou.

João Henriques Silva complementou que "essas qualificações não interessam" ao PAN.

Também assegurou que, depois de ter sido um "partido intermitente na Madeira", uma vez que, em maio, a comissão política decidiu dissolver aquela força política, alegando ser contra o "centralismo" do PAN em Lisboa, vai agora "continuar no terreno".

"Foi um partido intermitente na Região Autónoma, não foi no continente, porque com um deputado fizemos o que fizemos, mais do que os outros 229 juntos [na Assembleia da República]", argumentou.

João Henriques Silva mencionou que a atuação do PAN "é uma demonstração de força e da capacidade das pessoas que compõem o partido

"Regressámos e regressámos para ficar. Doa a quem doer. Os outros que se cheguem um pedacinho para o lado, porque nós agora vamos entrar", declarou, informando que se atingir o objetivo do grupo parlamentar não será implementada a rotatividade de lugares.

O PAN conseguiu eleger em 2011 um deputado para a Assembleia da Madeira.

Em 2017, os órgãos do partido dissolveram esta força partidária na região.

Nas eleições europeias de 26 de maio deste ano, o partido arrecadou 3.681 votos na Madeira, sendo a quinta força política mais votada na região, posicionando-se à frente da CDU.

João Henriques Silva, Alexandra Ferreira, Ana Mendonça, Rodrigo Silva, Isabel Brás são os cinco primeiro nomes na lista de candidatos do PAN na Madeira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório