Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Recluso suspeito de assassinar duas pessoas em saída precária em 2018

Arguido aproveitou uma saída precária de cinco dias para cometer crimes.

Recluso suspeito de assassinar duas pessoas em saída precária em 2018

A Polícia Judiciária do Porto informa que concluiu, ao fim de dois anos, a investigação sobre o homicídio de duas pessoas residentes em Gondomar.

Em comunicado, a Judiciária recorda que o caso se iniciou com o desaparecimento, na noite de 1 de julho de 2018, de um cidadão de nacionalidade portuguesa, de 38 anos, residente em Gondomar, com histórico criminal e condenações por crimes contra a vida e tráfico de estupefacientes.

A investigação, que a PJ define como sendo de "elevada complexidade", permitiu apurar que, para além daquele cidadão, dois dias depois, a 3 de julho de 2018, desapareceu um segundo indivíduo, igualmente de nacionalidade portuguesa, de 42 anos, também com residência no concelho de Gondomar. Também esta segunda vítima tinha condenações a elevadas penas de prisão pela prática de crimes contra a vida.

As diligências levadas a cabo ao longo dos últimos dois anos permitiram à investigação concluir que ambos os desaparecidos foram mortos pela mesma pessoa, com a ocultação dos respetivos cadáveres, que não foram localizados.

A PJ sublinha que foi também possível  estabelecer um nexo causal entre os dois homicídios, "havendo a convicção segura de que a segunda vítima foi morta por conhecer as circunstâncias do desaparecimento e morte da primeira". 

Os crimes em causa consumaram-se quando o arguido estava a cumprir pena de prisão no Estabelecimento Prisional de Coimbra, tendo aproveitado uma saída precária de cinco dias para cometer os homicídios dos dois indivíduos, seus conhecidos do ambiente prisional. 

Já no decorrer do presente inquérito, acrescenta ainda a PJ, o mesmo arguido foi mais uma vez condenado, agora a 11 anos de prisão, pela prática de um crime de tráfico de estupefacientes, consumado no meio prisional, factos com ligações aos dois homicídios agora desvendados por esta investigação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório