Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Suspeitos de tiroteio no Seixal vão aguardar julgamento em prisão

Os oito homens detidos pela Polícia Judiciária de Setúbal por suspeita de envolvimento num tiroteio em Paio Pires, no Seixal, vão aguardar julgamento em prisão preventiva, revelou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Suspeitos de tiroteio no Seixal vão aguardar julgamento em prisão
Notícias ao Minuto

17:16 - 03/10/19 por Lusa

País Seixal

Os arguidos foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal do Seixal, que lhes decretou a medida de coação mais grave, de prisão preventiva.

Os detidos, que estão indiciados pelos crimes de tentativa de homicídio, dano qualificado e detenção de arma proibida, são os presumíveis autores de diversos disparos com arma de fogo na via pública no passado dia 27 de agosto, em Paio Pires, na sequência de uma desavença com funcionários de uma marisqueira ocorrida quatro dias antes.

Segundo a PGDL, os detidos, munidos de armas de fogo, deslocaram-se no passado dia 27 de Agosto a um prédio localizado em Paio Pires, com o "intuito de matar o proprietário" da marisqueira.

"Ali chegados, todos os arguidos efetuaram vários disparos na direção das janelas do prédio, que atingiram quatro frações onde se encontravam os seus habitantes, os quais não foram atingidos por motivos alheios à vontade dos arguidos", refere a PGDL, adiantando que os disparos provocaram vários danos nas habitações e num automóvel estacionado no local.

De acordo com a PGDL, a investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do Seixal, coadjuvado pela Polícia Judiciária de Setúbal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório