Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

“Combater o fogo é a prioridade. Haverá tempo para retirar lições”

Tal como fez o ano passado, Marcelo Rebelo de Sousa decidiu não visitar as aldeias atingidas pelo fogo enquanto este estiver a lavrar.

“Combater o fogo é a prioridade. Haverá tempo para retirar lições”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confirmou este domingo que não vai visitar nenhuma das aldeias atingidas pelos incêndios deste fim de semana, enquanto os fogos estiverem a lavrar.

O Chefe de Estado repete assim a posição tomada o ano passado, com base no relatório da Comissão Parlamentar Independente aos incêndios de 2017.

"Tenho estado em contacto com o senhor ministro da Administração Interna e com os presidentes dos três municípios que ainda hoje têm problemas. Como sabem, o ano passado, tomei a decisão, com base no relatório da Comissão Parlamentar Independente, de não visitar nenhuma zona de combate aos fogos enquanto durar esse combate e já disse aos presidentes que, concluídas as operações, e quanto mais depressa melhor, lá irei", disse Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, à margem de uma visita ao Festival de Música Internacional de Marvão, no Alentejo.

Já sobre as críticas do presidente de Mação, Vasco Estrela, que apontou o dedo à falta de meios no terreno, Marcelo Rebelo de Sousa foi peremptório. 

"Quanto a isso, eu tenho a mesma posição que tomei em anos anteriores. No momento em que se está a combater o fogo, essa é a prioridade, é o que importa nesta ocasião. Haverá tempo depois para fazer balanços, comparações e retirar lições mas, agora, a prioridade muito clara é que haja uma normalização de uma situação que está a atingir tantas populações", relembrou o Presidente da República.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório