Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Pedófilo de Famalicão sentenciado a 19 anos de prisão

A sentença, avança a TVI24, foi lida na manhã desta terça-feira.

Pedófilo de Famalicão sentenciado a 19 anos de prisão

Decorreu na manhã desta terça-feira, no Tribunal de Guimarães, a leitura da sentença de um pedófilo de Famalicão, de 29 anos. 

O caso, recorde-se, remonta a março de 2018, altura em que o agora condenado foi detido pelas autoridades na sequência de uma queixa apresentada pelos pais de uma das cinco vítimas. 

Na altura, depois de presente a Tribunal de Instrução Criminal, determinou o juiz que o jovem de 29 anos deveria aguardar julgamento em prisão preventiva. 

Em causa estavam crimes de índole sexual contra cinco menores do sexo masculino. Os ilícitos criminais foram praticados entre 2012 e 2018 "na cara dos pais", referiu, metaforicamente, o advogado de acusação em declarações à TVI 24 à porta do tribunal. 

Para o causídico, esta "não é uma pena pesada; é justa". Considerou ainda o advogado que este acórdão do coletivo de juízes merece uma "análise mais cuidada", já que os pais "devem estar alerta" para eventuais situações semelhantes. 

O arguido chegou a tribunal acusado de 32 crimes de abuso sexual de crianças, agravados e não agravados, coação, violação de domicílio e pornografia de menores. Foi então condenado pelo coletivo de juízes do Tribunal de Guimarães a 19 anos de prisão efetiva, que refletem a aplicação do cúmulo jurídico. Se em Portugal não vigorasse esta figura jurídica, o arguido seria condenado a 135 anos. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório