Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Quatro centenas de casos de maus-tratos a crianças sinalizadas em Braga

O concelho de Braga tem sinalizadas cerca de quatro centenas de casos de maus-tratos a crianças, disse hoje o vice-presidente da Câmara, Firmino Marques, para sublinhar a necessidade de uma luta "incessante" pelos direitos dos mais pequenos.

Quatro centenas de casos de maus-tratos a crianças sinalizadas em Braga
Notícias ao Minuto

20:09 - 01/04/19 por Lusa

País Mês Azul

"São números preocupantes, aliás, bastaria um único caso para nos preocupar", acrescentou.

Falando na conferência de imprensa de apresentação do 'Mês Azul', iniciativa dedicada à prevenção dos maus-tratos a crianças, Firmino Marques referiu que o número de casos sinalizados no concelho tem vindo a aumentar, "porque as pessoas têm ganho mais coragem e denunciado mais".

"É preciso clamar pelos direitos das crianças de forma incessante", apelou.

Ao longo deste mês, o Município de Braga vai promover um conjunto de iniciativas que visam a prevenção dos maus-tratos na infância e juventude, como palestras, workshops e exposições.

A primeira ação está marcada para a próxima quinta-feira, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, com a realização da palestra 'Os Direitos das Crianças e a Prevenção dos Maus-Tratos Infantis', proferida por Laborinho Lúcio, a convite da Fundação Bracara Augusta.

No sábado, no edifício gnration, terá lugar um workshop sobre os Direitos das Crianças e Jovens, promovido por jovens da Associação ANEIS e por uma equipa da Universidade do Minho.

No dia 24 de abril, no Museu D. Diogo de Sousa, irá decorrer um 'Dia Aberto' que inclui diversas atividades relacionadas com a temática dos Direitos das Crianças e Jovens, exposições de trabalhos e um seminário sobre Parentalidade Positiva.

As iniciativas terminam no dia 29, com a realização de um cordão humano no centro da cidade, que ligará diferentes entidades, como Centro de Saúde, bombeiros, PSP, GNR, Tribunal de Menores e outros espaços de cultura e lazer.

Ao longo de todo o mês, o edifício da Câmara estará iluminado em tons de azul.

"O Mês Azul é um trabalho conjunto do município e de um leque alargado de entidades que, diariamente, trabalham com as crianças, mas queremos envolver todos neste desígnio de cuidar dos mais novos e combater a violência

Já para a vereadora da Educação, Lídia Dias, é "essencial que a questão do bem-estar e dos direitos das crianças esteja na agenda pública".

Realçou que "todos têm um papel a desempenhar na proteção das crianças".

"Queremos ser uma cidade cada vez mais educadora, inclusiva e amiga das crianças e, por isso, contamos com o contributo de todos", afirmou Lídia Dias.

VCP // MSP

Lusa/Fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório