Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

"Provavelmente seria sempre impossível salvar a vida dos quatro heróis"

Os resultados do relatório preliminar da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) sobre a queda do helicóptero do INEM já foram enviados para o Ministério Público, adiantou hoje o ministro da Administração Interna.

"Provavelmente seria sempre impossível salvar a vida dos quatro heróis"
Notícias ao Minuto

12:16 - 18/12/18 por Lusa

País Ministro

Em declarações aos jornalistas, à margem de uma conferência organizada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sobre migrações, Eduardo Cabrita escusou-se a comentar os resultados preliminares do relatório, mas adiantou que já produziu despacho remetendo as conclusões para o Ministério Público.

O relatório preliminar divulgado hoje aponta falhas à NAV Portugal, ao 112 e ao Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto (Proteção Civil).

O ministro frisou que o objetivo deste tipo de relatório "é melhorar a capacidade de resposta das instituições", sublinhando que se tratou de uma situação em que "provavelmente seria sempre impossível salvar a vida dos quatro heróis que pereceram neste acidente".

"O relatório preliminar visa fundamentalmente a articulação entre mecanismos de socorro, por outro lado chamando a atenção para situações de violação de protocolos que estão definidos em diretivas operacionais, neste caso na diretiva operacional número quatro sobre acidentes com aeronaves", apontou o ministro.

Relativamente ao relatório final, Eduardo Cabrita disse que envolve todas as entidades e "tem a ver com o aperfeiçoamento dos mecanismos de interligação".

A queda do helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), no sábado, em Valongo (distrito do Porto) provocou a morte a quatro pessoas - dois pilotos, um médico e uma enfermeira. O helicóptero regressava a Macedo de Cavaleiros (distrito de Bragança), depois de transportar uma idosa com problemas cardíacos graves até ao Hospital de Santo António, no Porto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório