Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2018
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Incêndio urbano no Pragal deixa três pessoas desalojadas

O incêndio urbano que deflagrou hoje de manhã no Pragal, concelho de Almada (distrito de Setúbal), provocou oito feridos, um dos quais em estado grave, e três desalojados, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Incêndio urbano no Pragal deixa três pessoas desalojadas
Notícias ao Minuto

16:01 - 16/09/18 por Lusa

País Almada

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal indicou, neste balanço final, que os oito feridos foram todos transportados para o Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Segundo a mesma fonte, outras 10 pessoas foram assistidas no local.

O segundo comandante dos Bombeiros de Almada, Jorge Delgado, disse à Lusa que o ferido grave é um jovem de 17 anos, que estava num quarto no apartamento onde ocorreu o incêndio, tendo "entrado em paragem cardiorrespiratória" e sido transportado para o hospital, em "estado grave".

O incêndio, que ocorreu na Rua de São Domingos, numa fração do 3.º andar de um prédio de sete pisos, obrigou à evacuação do edifício, onde se encontravam 30 pessoas, de acordo com a fonte do CDOS.

"As pessoas já regressaram às habitações, à exceção da família que habita na fração do 3.º andar onde ocorreu o incêndio, uma mulher e dois filhos, um dos quais é o ferido grave, que ficaram desalojados, temporariamente, sendo realojados em habitação de familiares, visto que a casa ficou sem condições de habitabilidade", adiantou a mesma fonte.

De acordo com o segundo comandante dos Bombeiros de Almada, o jovem ferido, em estado grave, "estava sozinho na habitação, num quarto, quando ocorreu o incêndio, que começou na sala".

Jorge Delgado referiu que "as causas do incêndio são desconhecidas", acrescentando que a Polícia Judiciária esteve no local e vai investigar a origem do fogo.

O alerta, de acordo com o CDOS, foi dado às 09:16, e o incêndio foi considerado em rescaldo às 10:10, tendo decorrido também operações de ventilação do edifício.

Foram mobilizados para as operações de socorro 34 operacionais, apoiados por 14 veículos dos bombeiros de Almada e de Cacilhas, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da PSP e do Serviço Municipal de Proteção Civil de Almada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório