Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Três cidades mobilizam-se em evento nacional de luta contra o racismo

Manifestações estão marcadas para as 15h00. Organizadores salientam necessidade de "combater o racismo, manifestarmos o nosso repúdio e a nossa solidariedade para com as vítimas de discriminação racial” e mobilização terá como mote os diversos casos de violência policial.

Três cidades mobilizam-se em evento nacional de luta contra o racismo
Notícias ao Minuto

22:48 - 14/09/18 por Pedro Bastos Reis 

País Manifestação

Lisboa, Porto e Braga serão, no sábado, palco de uma mobilização Nacional contra o Racismo. Mais de 60 coletivos, desde o SOS Racismo ao INMUNE – Instituto da Mulher Negra em Portugal, passando pela Associação Cultural Moinho da Juventude, AMEC - Associação de Mediadores Ciganos ou ILGA - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo, saem às ruas para denunciar o racismo existente na sociedade portuguesa.

Em comunicado, os organizadores do evento afirmam que “os vários casos de racismo que têm sido discutidos na praça pública são só a ponta do icebergue daquilo que as nossas comunidades sofrem no seu dia-a-dia, sem que se faça justiça”. Por isso, continuam, é preciso “sair à rua juntos/as, para combater o racismo, manifestarmos o nosso repúdio e a nossa solidariedade para com as vítimas de discriminação racial”.

As manifestações nas três cidades estão marcadas para as 15h00 de sábado. Em Lisboa, a concentração é no Largo de São Domingos, no Rossio, em Braga na Avenida Central/Chafariz e no Porto na Praça da República.

Motivada pelos sucessivos casos de violência motivada por ódio racial que têm vindo a ganhar espaço mediático, como o julgamento dos 17 membros da esquadra de Alfragide, acusados de tortura e racismo, ou o caso da agressão a Nicol Quinayas, jovem nascida em Portugal e de ascendência colombiana que, em junho, foi agredida por um segurança da empresa 2045 enquanto era alvo de insultos racistas, a Mobilização Nacional de Luta contra o Racismo recorda ainda outros casos, como o de Igor, um jovem cigano baleado na cara por agente da PSP em Beja, ou a morte de Élson Sanches 'Kuku', MC Snake e Musso “que morreram ou foram agredidos pelas autoridades policiais, sem que tenha sido feita justiça”

Os organizadores da manifestação denunciam ainda a “ausência de representatividade política de negros/as, ciganos/as e imigrantes”, o que revela que “o racismo na política é gritante”. Para além disso, rematam, “são grandes as desigualdades no acesso à educação, saúde, habitação, justiça, cultura e ao emprego com direitos para negros/as, ciganos/as e imigrantes”.

Mais informações sobre a Mobilização de Luta Nacional contra o Racismo podem ser consultadas nas páginas de Facebook das manifestações organizadas em Lisboa, Porto e Braga

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório