Com 11 anos vive no corpo de idosa de 80 anos. Agora, vai ser operada

Dinheiro conseguido será usado para operar a criança e para a investigação da doença.

© Facebook/ ASOCIACION NADIA NEREA PARA LA TRICOTIODISTROFIA Y E.R.
Mundo Saúde

Nadia Nerea tem apenas 11 anos mas vive presa a um corpo de uma mulher de 80 anos. A menina espanhola sofre de uma doença chamada Tricotiodistrofia, uma síndrome rara também conhecida como pele de serpente, e cuja principal característica é o envelhecimento precoce.

PUB

A doença provoca-lhe sintomas como se de uma idosa se tratasse, como cataratas, cansaço extremo, dificuldades em falar e desde os quatro meses que caminha com as pernas torcidas.

Hoje, contudo, é um dia feliz para Nadia e para a sua família.

Graças a ajudas anónimas conseguiram juntar mais de 142 mil euros para colocar a criança no Hospital Pediátrico de Houston, nos Estados Unidos. Um objetivo pelo qual lutavam há já mais de um ano.

Para o pai de Nadia, que luta também contra um cancro e cujo principal objetivo de vida é ajudar a filha, esta é também a oportunidade de contribuir para a investigação da doença da filha.

O dinheiro será entregue ao hospital para que esta possa ser operada dentro de poucos meses. Em 2012 uma associação chegou mesmo a fazer um videoclipe em homenagem à menina, em que se apelava às pessoas para contribuírem para a cura da menina. Quatro anos depois, todos os apelos parece ter resultado.

"Não conseguimos só os 90 mil euros (para a operação), mas 142 mil euros, que ajudarão na investigação da doença. Não posso acreditar", disse o homem, que confessou não ter palavras para agradecer a todos quanto contribuíram.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS