Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 12º MÁX 24º

Recluso perdoado por Putin para lutar contra Ucrânia detido por abuso

Nikolai voltou a ser detido este mês de fevereiro.

Recluso perdoado por Putin para lutar contra Ucrânia detido por abuso
Notícias ao Minuto

11:28 - 28/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Guerra

Um pedófilo condenado a oito anos de prisão, na Rússia, foi libertado em maio do ano passado depois de Vladimir Putin lhe ter cedido um indulto para que este se pudesse juntar ao exército e lutar contra a Ucrânia.

Nikolai Nechaev, de 38 anos, estava a cumprir pena por abuso sexual, desde 2019, e foi um dos vários reclusos que Putin perdoou com a condição de que estes se alistassem no seu exército.

Três meses depois de voltar a ver a luz do dia, o homem terá abusado sexualmente de uma menina de 14 anos.

Segundo o Daily Mail, o homem combateu pela Rússia durante seis meses, sendo que em novembro foi totalmente ilibado e todos os crimes que havia cometido.

Cerca de três meses depois, é suspeito de ter voltado ao ataque. Nikolai é acusado de ter abusado sexualmente de uma jovem de 14 anos. 

O suspeito está atualmente detido e pode incorrer numa pena de entre 8 a 15 anos.

Leia Também: Jovens reclusos integram projeto piloto para reinserção social nos Açores

Recomendados para si

;
Campo obrigatório