Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

Espectador criticou corpo de pivô. Jornalista respondeu "perfeitamente"

A resposta valeu-lhe uma 'onda' de apoio nas redes sociais. Ora veja.

Espectador criticou corpo de pivô. Jornalista respondeu "perfeitamente"
Notícias ao Minuto

23:45 - 06/12/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Canadá

Um telespectador contactou uma cadeia televisiva do Canadá para criticar o corpo da sua pivô, no dia 29 de novembro. A história poderia ter ficado por aqui, não tivesse a jornalista respondido ao indivíduo em direto – e "perfeitamente", segundo a apreciação dos internautas.

"Parabéns pela sua gravidez. Se vai usar calças velhas de motorista de autocarro, pode esperar e-mails como este." Foi esta a mensagem que a pivô do canal Global News Calgary, Leslie Horton, recebeu, depois da emissão da manhã. A mulher de 59 anos não planeava responder, mas 'fugiu-lhe a boca para a verdade'.

"Já me contactou várias vezes ao longo dos anos, e o seu objetivo é sempre humilhar-me e magoar-me. Não é suposto respondermos aos ‘trolls’ – por isso não tinha planos nesse sentido, mas as palavras saíram-me da boca. Tive uma reação visceral", contou a jornalista ao Today.

E, no direto seguinte, a pivô esclareceu que abordaria um e-mail que tinha recebido recentemente.

"Obrigada. Não, não estou grávida. De facto, perdi o útero devido a um cancro, no ano passado. E esta é a aparência de mulheres da minha idade. Por isso, se é ofensivo para si, é uma pena. Pense nos e-mails que envia", disse, tal como poderá ver abaixo.

A resposta valeu-lhe uma ‘onda’ de apoio nas redes sociais, cujos internautas consideraram que a jornalista lidou com as ofensas "perfeitamente".

"Esta foi, possivelmente, a resposta mais elegante para um e-mail deselegante. Não sei como manteve a compostura, mas todos beneficiamos ao ouvir isto. Está numa categoria à parte", elogiou outro.

É que, de acordo com Horton, este homem aparenta ser um "espectador regular", o que significa que, provavelmente, estava a par do seu diagnóstico de cancro do útero, uma vez que a jornalista partilhou a notícia em direto, em 2020.

"Fiz uma histerectomia radical, o que significa que não retiram só o útero, retiram tudo – e isso afeta as formas do corpo", diz Horton, que justificou ter sido essa a razão pela qual decidiu impor limites com aquele comentário.

"Talvez estivesse a responder à gravidez, não tendo útero, e tendo tido cancro. Ou talvez tenha sido apenas o facto de que estou cansada de as repórteres – e as mulheres em geral – serem tratadas desta forma. E diria que atingi um ponto fraco, porque recebi milhares de mensagens de pessoas – homens e mulheres – a dizer que isto não está certo e tem de parar", complementou.

Questionada quanto à possibilidade de vestir aquelas calças novamente, a jornalista foi taxativa: "Com certeza!"

"Vou continuar as vestir as calças e a aparecer na TV, porque dizerem-me que sou velha, feia e gorda não muda o que sinto por mim mesma. E também acredito que um canal de notícias deve refletir a sua comunidade, e adivinhem? Há outras mulheres de 59 anos por aí!", disse.

Leia Também: Bombeiros de Connecticut adotam gato bebé que salvaram de incêndio

Recomendados para si

;
Campo obrigatório