Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 27º

Canadá pede ajuda ao Exército e EUA para combater incêndios devastadores

A província canadiana da Nova Escócia pediu quarta-feira ajuda ao Exército e aos Estados Unidos para combater os grandes incêndios que atingem o leste do país, incluindo um que obrigou à retirada de milhares de habitantes.

Canadá pede ajuda ao Exército e EUA para combater incêndios devastadores
Notícias ao Minuto

06:51 - 01/06/23 por Lusa

Mundo Canadá

"Estamos a atravessar uma crise na província e queremos, precisamos e vamos aceitar todos os apoios que conseguirmos", destacou Tim Houston, primeiro-ministro da província localizada na costa atlântica, durante uma conferência de imprensa.

"Estes incêndios não têm precedentes", acrescentou.

Em Otava, o primeiro-ministro Justin Trudeau considerou a situação desoladora e prometeu apoio inabalável, enfatizando que a ajuda está a caminho.

Estes incêndios ocorrem depois dos numerosos incêndios florestais que devastaram a província de Alberta, no oeste do Canadá, em maio, devastando centenas de milhares de hectares.

"As pessoas estão cansadas, frustradas e assustadas", explicou Mike Savage, o autarca da capital da província, Halifax, onde mais de 16.000 moradores do noroeste da cidade já foram retirados.

Esta quarta-feira estavam ativos 14 incêndios florestais na Nova Escócia, três dos quais considerados fora de controlo.

Cerca de 200 casas e infraestruturas ficaram destruídos, mas não houve registo de feridos.

Mangueiras de água adicionais, bombeiros de estados norte-americanos, uma dúzia de bombardeiros de água enviados de regiões vizinhas e a guarda costeira juntaram-se aos esforços para extinguir as chamas.

O fumo dos incêndios que devastam a província há três dias atingiu a costa atlântica dos Estados Unidos, causando picos de poluição do ar no estado de Nova Jersey e em partes da Pensilvânia.

Leia Também: Carro percorre estrada rodeada por incêndio de grande dimensão no Canadá

Recomendados para si

;
Campo obrigatório