Meteorologia

  • 06 OUTUBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 30º

EUA diminuem restrições à Internet no Irão devido aos protestos

Segundo Blinken, o objetivo é "ajudar a garantir que o povo iraniano não seja mantido isolado e no escuro".

EUA diminuem restrições à Internet no Irão devido aos protestos

Os EUA informaram que vão diminuir as restrições à Internet no Irão para combater a repressão que está, neste momento, a acontecer devido às manifestações espoletadas pela morte da jovem Mahsa Amini, de 22 anos.

Segundo o secretário de estado Anthony Blinken, citado pela BBC, esta sexta-feira, "vamos ajudar a garantir que o povo iraniano não seja mantido isolado e no escuro".

O relaxamento dos controlos de software permitirá que as empresas de tecnologia americanas expandam os seus negócios no Irão, onde já morreram pelo menos 50 pessoas em manifestações.

Recorde-se que Mahsa Amini, de 22 anos, entrou em coma na semana passada, horas depois da polícia da moralidade a prender por supostamente quebrar as regras do véu muçulmano. As autoridades terão espancado a cabeça de Amini com um bastão e batido com esta contra um dos seus veículos. A polícia disse que não há evidências de maus-tratos e que a jovem sofreu "insuficiência cardíaca súbita", algo com que o pai da vítima discorda.

O secretário de estado norte-americano afirmou ainda que o relaxamento parcial das restrições foi um "passo concreto para fornecer apoio significativo aos iranianos que exigem que seus direitos básicos sejam respeitados", tendo em conta que ficou claro que o governo iraniano está "com medo do seu próprio povo".

Leia Também: EUA ameaçam com mais sanções económicas caso Rússia avance com anexação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório