Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 24º

Letónia acusa Rússia de impedir controlo de armamentos

O Ministério da Defesa da Letónia acusou hoje Moscovo de usar o "pretexto" da pandemia de covid-19 para cancelar uma inspeção de armamentos prevista para esta semana no oeste da Rússia.

Letónia acusa Rússia de impedir controlo de armamentos
Notícias ao Minuto

21:47 - 25/01/22 por Lusa

Mundo Covid-19

Enviados letões deveriam deslocar-se às regiões de Briansk e Smolensk para um controlo de rotina programado no âmbito da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), de que a Rússia é membro.

"A Rússia cancelou uma inspeção de controlo da OSCE realizada por representantes letões sob pretexto de problemas colocados pela pandemia de covid-19", declarou na rede social Twitter o Ministério da Defesa da Letónia.

A pandemia, sublinhou, "não parece ter afetado a concentração de tropas russas junto às fronteiras da Ucrânia".

Segundo responsáveis ocidentais, Moscovo destacou para essa zona mais de 100.000 soldados procedentes de diversas regiões russas. Os Estados Unidos e seus aliados europeus acusam a Rússia de preparar uma invasão da Ucrânia, ex-república soviética que pretende aderir à União Europeia e à NATO (Organização do Tratado do Atlântico-Norte).

Moscovo não reagiu às acusações de Riga, mas um responsável do Ministério da Defesa, que não quis ser identificado, disse à agência noticiosa francesa AFP que "toda a Europa" tinha "cancelado inspeções" por causa da covid-19.

Do lado da OSCE, um porta-voz confirmou que "a maioria dos Estados membros" tinha "adiado as atividades de verificação no início da pandemia", mas -- acrescentou -- "a partir de 2021, mais de metade" deles retomou-as, adotando medidas de segurança.

Devido ao sistema de comunicação adotado entre os Estados em causa, a OSCE não está em condições de comentar as inspeções, precisou o porta-voz da organização.

Estas verificações de armamento são realizadas nos termos de um acordo de 2011 intitulado "Documento de Viena sobre as medidas de confiança e de segurança" e destinam-se a promover a confiança, a transparência e a previsibilidade de atividades militares, incluindo através de notificações de manobras e intercâmbio de outras informações militares.

Leia Também: Europa ergue cada vez mais barreiras para travar entrada de migrantes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório