Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 26º

AO MINUTO: Costa lembra esforço do país; Torres Vedras cancela Carnaval

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Costa lembra esforço do país; Torres Vedras cancela Carnaval
Notícias ao Minuto

08:05 - 19/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Coronavírus

O dia de terça-feira ficou marcado pelo facto de Portugal ter registado mais 46 mortes e 43.729 casos de infeção por SARS-CoV-2. Tratou-se do maior número de casos diários registado desde o início da pandemia. Já no que diz respeito ao número de óbitos, desde 26 de fevereiro que o número não era tão elevado. 

Neste momento, a variante Ómicron deste novo coronavírus representa já 93% das infeções em Portugal e foi já detetada uma outra linhagem com características genéticas semelhantes, revelou o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). 

Neste contexto, a Ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem optou por adiar a conferência de imprensa, inicialmente marcada para o final da tarde de terça-feira, onde daria a conhecer a decisão sobre o voto dos eleitores que se encontrem em isolamento no próximo dia 30 de janeiro. Esta quarta-feira a decisão foi tomada e os eleitores em isolamento vão poder sair do isolamento para votar com algumas recomendações.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Fechamos aqui o registo do Minuto de hoje. Regressamos amanhã, quinta-feira, de manhã com todos os desenvolvimentos da pandemia no país e no mundo e todos os detalhes ao Minuto. 

22h20 - Brasil regista 204.854 novos casos e 338 óbitos associados à Covid-19

Nas últimas 24 horas, o Brasil registou 204.854 novos casos e 338 óbitos devido à Covid-19, segundo os dados hoje divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). Este foi um recorde de novos casos no país. 

22h00 - OMS pede vigilância de potenciais animais reservatórios de Covid-19

O Comité de Emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu hoje aos países para que façam "vigilância em tempo real" de animais que possam ser possíveis reservatórios do coronavírus que causa a Covid-19.

21h18 - Moçambique baixa quarentena de 14 para sete dias

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, reduziu hoje de 14 para sete o número de dias de quarentena domiciliar obrigatória para casos de covid-19 e isolamento de contactos. A medida foi anunciada durante uma comunicação à nação para alívio de algumas restrições de prevenção da doença, incluindo a reabertura das praias e a retoma sem restrições dos horários de estabelecimentos comerciais.  

21h03 - Operações aéreas na Venezuela restringidas até 18 de fevereiro

A Venezuela voltou a restringir as ligações aéreas comerciais de passageiros, até 18 de fevereiro, com as autoridades a apelarem às companhias aéreas e agências de viagens para que não vendam bilhetes para rotas não autorizadas.

20h49 - Moçambique já tem vacinas para imunizar toda a população elegível

Moçambique já dispõe das doses de vacinas contra a covid-19 necessárias para imunizar toda a população adulta, meta prevista para o país, anunciou hoje o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi.

20h42 - Madeira soma mais três mortes, 1.605 novos casos e 14.127 ativos

As autoridades de saúde da Madeira reportaram mais três mortes e 1.605 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, estando sinalizadas 14.127 situações ativas no arquipélago, divulgou a Direção Regional da Saúde (DGS).

20h04 - Costa lembra "esforço extraordinário" do país no início da pandemia

O primeiro-ministro, António Costa, lembrou esta quarta-feira o “esforço extraordinário” dos portugueses no início da pandemia de Covid-19 no país.

Num encontro com os eleitores na Escola Profissional de Turismo, em Faro, à margem da campanha para as eleições legislativas do próximo dia 30, o secretário-geral do PS recordou o aumento da economia portuguesa em 2019 - “o primeiro excedente orçamental da nossa democracia" - e sublinhou que “quando tudo parecia ir finalmente bem, surgiu uma pandemia que ninguém esperava”.

19h59 - Torres Vedras (também) cancela desfiles e festejos de Carnaval

A Câmara Municipal de Torres Vedras (CMTV) e a empresa municipal Promotorres anunciaram o cancelamento tanto dos desfiles, como dos festejos, daquele que é o ‘Carnaval mais português de Portugal’. A cidade junta-se a várias outras que, face ao contexto epidemiológico do país, decidiram não avançar com as festividades carnavalescas.

19h51 - Incidência em Espanha baixa pelo segundo dia, para 3.286 casos

A incidência dos contágios de covid-19 em Espanha baixou hoje pelo segundo dia consecutivo, para 3.286 casos por 100,000 habitantes, notificados nas últimas duas semanas, menos 20 pontos do que na terça-feira

19h44 - Rede de supermercados na Austrália bane todos os clientes não vacinados

A rede de supermercados IGA, que conta com mais de 1.400 lojas na Austrália, decidiu banir todos os clientes não vacinados dos seus espaços comerciais, mesmo que o serviço que prestam seja considerado um serviço essencial. Um porta-voz da empresa Voyages disse ao Daily Mail Australia que a mudança é necessária para proteger trabalhadores, convidados e comunidade local

19h05 - França conta com mais de 27 mil hospitalizados e 232 mortes em 24 horas

França tem esta quarta-feira 27.230 hospitalizados com o novo coronavírus e 232 mortes nas últimas 24 horas, segundo revela o jornal francês Le Parisien. Os 232  óbitos de hoje elevam para 127.922 o número total de mortes no país desde o início da pandemia, há quase dois anos. O país regista ainda um declínio no número de doentes internados em unidades de cuidados intensivos. 

18h40 - Cabo Verde quer 2022 como ano da "retoma da economia"

O vice-primeiro-ministro de Cabo Verde, Olavo Correia, traçou hoje o objetivo de 2022 ser o ano da "retoma da economia" no arquipélago, em crise há dois anos devido à ausência de turistas provocada pela pandemia de covid-19.

18h30 - Itália regista 192.320 casos de Covid-19 e 380 mortes

Itália registou esta quarta-feira 192.320 casos de Covid-19 e 380 mortes, segundo o Ministério da Saúde italiano. Regista-se uma diminuição do número de mortes, depois de ontem ter sido contabilizado o número mais alto de vítimas mortais desde 14 de abril, 434 óbitos.
 
Atualmente, há 2.626.590 de casos ativos da doença no país, mais 64.434, e recuperaram da doença mais 136.152 pessoas, aumentando o total para  6.450.596. 

18h16 - Não sabe onde se testar à Covid-19 em Lisboa? Ora veja

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), revelou, como já é habitual, os locais onde se poderá testar à Covid-19 na cidade, entre os dias 17 e 22 de janeiro. Recorde-se que o serviço está disponível de forma gratuita para residentes e não residentes. Saiba onde poderá realizar os testes, neste link.

18h00 - Vacinas, isolamento, burocracias: Esta plataforma esclarece tudo

Perante o aumento exponencial do número de infetados por Covid-19, associado à descoberta da variante Ómicron, a UpHill, startup dedicada ao desenvolvimento de software e conteúdo médico, criou uma ferramenta interativa que pretende esclarecer todas as dúvidas da população.

Saiba mais, neste link

17h38 - Reino Unido regista menos mortes e aumento de casos. Hoje são 359 óbitos

O Reino Unido registou, no último dia, 359 mortes e 108.069 novos casos de Covid-19, anunciaram esta quarta-feira as autoridades de saúde britânicas. Desde o início da pandemia,  o país contabiliza 15.506.750 infeções e 152.872 vítimas mortais.

17h31 - Fenprof pede ao Ministério dados atualizados sobre impacto da pandemia

A Fenprof pediu ao ministério da Educação novos dados sobre o impacto da covid-19 nas escolas, neste segundo período de aulas, depois de saber que em novembro mais de 21 mil alunos e trabalhadores estiveram isolados.

17h26 - Hotelaria "em apneia" devido à falta de mão de obra mas está otimista

A presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Cristina Siza Vieira, considerou hoje que o setor está "em apneia", após dois anos de pandemia, a enfrentar desafios, como a falta de mão de obra, mas otimista.

17h24 - Portugal ultrapassa marca dos 4 milhões de vacinados com dose de reforço

Esta quarta-feira, Portugal ultrapassou a marca dos quatro milhões de pessoas que já foram inoculadas com a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Segundo o relatório de vacinação divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), o país registou mais 81.335 pessoas vacinadas com dose de reforço nas últimas 24 horas. No total, são já 4.004.961 aqueles que contam com proteção extra contra a Covid-19.

17h16 - Sindicato critica escolas por reuniões presenciais de professores

O Sindicado de Todos os Professores (STOP) criticou hoje as escolas que estão a marcar reuniões de trabalho presenciais, defendendo que a tutela deveria definir que esses encontros fossem 'online' durante os períodos mais críticos da pandemia.

16h54 - Portugal ultrapassa dois milhões de infetados

Portugal ultrapassou hoje os dois milhões de pessoas infetadas pelo coronavírus SARS-CoV-2 desde o início da pandemia de covid-19, o que equivale a cerca de 20% da população.

16h49 - COVAX pede 4.600 milhões para continuar a distribuir vacinas em 2022

O programa internacional de distribuição de vacinas anti-covid-19 COVAX, que num ano encaminhou mil milhões de doses sobretudo para países em desenvolvimento, pediu hoje à comunidade internacional 4.600 milhões de euros para prosseguir esse trabalho em 2022.

16h44 - Irlanda vai ter um feriado de homenagem às vítimas da pandemia no país

O governo da Irlanda anunciou, esta quarta-feira, a criação de um feriado especial para lembrar as vítimas da pandemia. O dia vai passar a ser celebrado a 18 de março todos os anos, e pretende homenagear as 9.000 pessoas que morreram de Covid-19 no país.

16h17 - Arsenal fará exames para "clarificar" lesões cardíacas de Aubameyang

O futebolista gabonês Pierre-Emerick Aubameyang vai fazer exames médicos para "clarificar" os problemas cardíacos que lhe foram diagnosticados após recuperar da covid-19 e que ditaram a sua dispensa da seleção do Gabão na Taça das Nações Africanas (CAN2021).

16h09 - Centro de vacinação da FIL ultrapassa as 200 mil inoculações

O Centro Municipal de Vacinação do Parque das Nações (FIL) atingiu a marca das mais de 200 mil vacinas contra a Covid-19 administradas, foi ontem anunciado.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) dá conta de que o maior centro de vacinação do país alcançou, este domingo, as 201.395 vacinas administradas, desde que abriu portas a 1 de dezembro de 2021.

15h59 - Sindicato denuncia que há escolas onde contratados ficam fora da testagem

O Sindicato de Todos os Professores (STOP) denunciou hoje casos de escolas onde os professores contratados ficaram fora da campanha de rastreio da covid-19, por falta de testes para todos os docentes e funcionários.

15h57 - Pandemia alterou hábitos e formas de votar em vários países

A possibilidade de os eleitores em isolamento em Portugal devido à covid-19 poderem sair de casa para votar em 30 de janeiro, num horário específico, é uma das medidas adotadas em vários países para a votação em pandemia

15h55 - Incidência sobe para 4.490,9 infeções por 100 mil habitantes e Rt desce

A incidência de infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 aumentou para 4.490,9 casos por 100 mil habitantes em Portugal, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) desceu para 1,11, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS)

15h54 - Casa aberta para magistrados, sistema judicial e estudantes da saúde

Os magistrados, funcionários do sistema judicial e estudantes da área da saúde podem receber a dose de reforço contra a covid-19, através da modalidade de "casa aberta", anunciaram hoje os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS)

15h36 - Unidade vai tentar resolver problemas que motivaram demissão em Beja

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) reconheceu hoje a falta de médicos e a sobrecarga de trabalho e comprometeu-se a tentar resolver problemas que levaram à demissão de 12 chefes de equipa das urgências.

A reunião decorreu um dia após os 12 chefes de equipa de Medicina Interna do SU do hospital de Beja terem apresentado demissão dos cargos.

15h30 - Portugal regista mais 52.549 casos e 33 mortes

Portugal soma esta quarta-feira mais 52.549 casos (um novo máximo diário de novas infeções desde o início da pandemia no país) e mais 33 mortes relacionadas com a Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo os dados publicados pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Segundo os dados do boletim diário da DGS, o país registou 2.003.169 casos e 19.413 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia.

15h22 - Governo confia que turismo alcance em 2023 níveis de receita pré-pandemia

Rita Marques, secretária de Estado do Turismo, explicou hoje em Madrid que o setor turístico português deverá atingir em 2023 o nível de receitas que tinha em 2019, o ano anterior ao surgimento da pandemia de covid-19.

Rita Marques indicou ainda que, no ano passado, o setor turístico português conseguiu alcançar 50% das receitas de 2019.

14h46 - Sp. Braga com mais um caso de Covid-19

O Sporting de Braga anunciou, em forma de comunicado emitido através das plataformas oficiais ao início da tarde desta quarta-feira, que Yan Couto, jogador que se encontra emprestado pelo Manchester City até ao final da presente temporada, testou positivo à Covid-19.

Carlos Carvalhal vê, desta maneira, aumentar o lote de elementos com os quais não irá poder contar no próximo sábado, diante do Sporting.

14h32 - Portugal bate recorde histórico na quebra de nascimentos em tempo de pandemia

Em 2021, nasceram menos de 80.000 bebés em Portugal, mostra o número de "testes do pezinho" realizados nesse mesmo ano. Os dados, adiantados pela demógrafa Maria João Valente Rosa à agência Lusa, levam o país a bater um recorde histórico na quebra de nascimentos.

"Nunca tivemos um número de nascimentos tão baixo em Portugal", esclarece a especialista.

14h28 - Macau testa hamsters, após Hong Kong anunciar abate

Um dia depois do vizinho Hong Kong ter anunciado o abate de cerca de 2.000 hamsters após testarem positivo à covid-19 numa loja onde trabalhava um funcionário infetado, Macau decidiu testar hoje estes pequenos roedores nas lojas do território.

Esta medida surge numa altura em que estão a surgir surtos um pouco por toda a China e que Pequim alega, em parte, serem de produtos provenientes do estrangeiro.

14h25 - Máximo de nove jogadores com Covid-19 adia jogos em Itália

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) deliberou hoje um limite de 25 jogadores por plantel, da Serie A ao terceiro escalão, estipulando que o adiamento de jogos ocorre se, pelo menos, nove jogadores estiverem infetados com SARS-Cov-2.

"Se houver um número de resultados positivos superior a 35% dos inscritos pela equipa, todo o plantel ficará inelegível", esclareceram os responsáveis pelo organismo.

14h19 - PS/Açores defende reforço de testagem, vigilância e informação

O PS/Açores defendeu hoje um reforço de testagem e vacinação contra a covid-19 na região, bem como o aumento da capacidade da linha de saúde e o alargamento da vigilância epidemiológica, se necessário com apoio das forças armadas. 

Segundo Tiago Lopes, deputado socialista que foi anteriormente diretor regional da Saúde no anterior executivo açoriano, do PS, os Açores estão a "testar pouco" atendendo à sua situação epidemiológica.

14h12 - Açores regista mais um óbito e 1.082 casos, um novo máximo diário

O arquipélago dos Açores registou um novo máximo diário de infeções por covid-19, com o diagnóstico de mais 1.082 casos nas últimas 24 horas. De acordo com a Autoridade Regional de Saúde, uma mulher de 95 anos do concelho de Ponta Delgada faleceu graças à doença. 

Trata-se do segundo dia consecutivo em que se regista um número recorde de novos casos de infeção pelo novo coronavírus nos Açores.

14h07 - África do Sul lança primeira fábrica que produzirá vacinas no continente

A África do Sul, que tem liderado a luta pela igualdade de acesso às vacinas anti-covid-19, lançou hoje na Cidade do Cabo a primeira fábrica do continente que produzirá doses do princípio ao fim.

Até agora só existiam em África acordos para completar as últimas fases de produção de vacinas.

14h05 - Votação de eleitores em isolamento "é um ato seguro", diz DGS

A diretora-geral da Saúde garantiu hoje que a votação nas eleições legislativas antecipadas dos eleitores em isolamento devido à covid-19 "é um ato seguro" e defendeu que a adoção de um horário específico de votação minimiza o contágio.

Numa conferência de imprensa no Ministério da Administração Interna, Graça Freitas lembrou que os cidadãos em isolamento profilático já tinham de sair para fazer testes.

13h50 - Boris Johnson declara que pico da Ómicron já passou e alivia restrições

Acreditando que o pior da vaga da pandemia de covid-19 criada pela variante Ómicron já passou, o governo britânico decidiu levantar restrições em Inglaterra na próxima semana. O anúncio foi hoje feito por Boris Johnson, primeiro-ministro britânico.

Assim, deixa de ser obrigatório o uso de máscaras em lojas, transportes, escolas e outros espaços públicos fechados, bem como a apresentação de passe sanitário para acesso a discotecas e grandes eventos e o teletrabalho, a partir da próxima quinta-feira.

13h42 - Convenção Nacional da Saúde preocupada com resposta à pandemia

De forma a partilhar com os partidos políticos o que a Convenção Nacional da Saúde (CNS) assume como prioridades, o caderno de encargos para a próxima legislatura 2022/2026 expõe oito tópicos, começando por colocar o cidadão no centro do sistema de saúde.

A CNS defende que será necessário promover a avaliação do combate à pandemia após a aplicação de diversas medidas de gestão do impacto da Covid-19. “Há informação relevante e é tempo de fazer uma avaliação do processo”, pode ler-se no documento a que o Notícias ao Minuto teve acesso

13h33 - Eleitores em confinamento vão poder sair para votar

Já com o parecer do conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República (PGR), a ministra da Administração Interna revelou que quem estiver em isolamento no dia 30 de janeiro vai proceder exercer o direito de voto.

“Os eleitores que se encontrem em confinamento obrigatório, determinado pelas autoridades de saúde, podem sair do local de confinamento no dia 30 estritamente para exercer o direito de voto”, mas  "horário especifico”, explicou a ministra.

13h29 - Supermercado australiano proíbe entrada de não vacinados

Uma cadeira de supermercados australiana proibiu clientes não-vacinados de entrar num dos seus estabelecimentos - apesar de estes serem considerados um serviço essencial e, portanto, isentos das regras de passaporte Covid.

Assim, na loja Yulara, localizada dentro do resort Ayers Rock, só pode entrar quem esteja vacinado contra a Covid-19. 

12h26 - Arcos de Valdevez cancela festejos de Carnaval por causa da pandemia

O vice-presidente da Folia, associação que organiza o Carnaval de Arcos de Valdevez, anunciou hoje o cancelamento de todos os festejos previstos para decorrerem entre 26 de fevereiro e 2 de março, devido à pandemia de covid-19.

Em declarações à agência Lusa, Rui Aguiam explicou que a decisão foi tomada "em concordância" com a Câmara Municipal.

12h23 - Dois detidos por furto de 4 mil testes de Covid

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) da Guarda deteve, esta terça-feira, dia 18 janeiro, dois homens, de 35 e 54 anos, por furto de quatro mil testes de Covid-19, no concelho de Almeida.

Num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, esclarece-se que foi "possível apurar-se que os suspeitos estavam a deslocar-se para a região de Múrcia, em Espanha".

12h15 - Museus e teatros holandeses vão ter funções "inusitadas" por um dia

De forma a protestarem contra as restrições aplicadas para prevenir a propagação da pandemia nos Países Baixos, as quais obrigaram ao encerramento de toda a atividade do setor cultural, alguns museus e teatros do país vão colocar hoje em andamento um protesto fora do comum.

Esses espaços vão ser temporariamente convertidos em salões de cabeleireiro, estúdios de massagens ou em salas destinadas à prática de yoga ou de zumba, estabelecimentos que puderam reabrir no âmbito do mais recente alívio de medidas.

12h03 - Portugal com 55 milhões em fundos de solidariedade da UE

A Comissão Europeia anunciou hoje ter mobilizado 385,5 milhões de euros do Fundo de Solidariedade da União Europeia (UE) para 19 países responderem à emergência sanitária da Covid-19. Do montante total, 55,6 milhões de euros destinam-se a Portugal.

Ao todo, e de acordo com a Comissão Europeia, 17 Estados-membros da UE e três países candidatos solicitaram acesso a estes fundos comunitários para responder à pandemia.

11h50 - Casos diários na Polónia podem chegar aos 50 mil na próxima semana

Depois da Polónia ter registado mais de 30.000 casos diários, pela primeira vez desde abril, esta quarta-feira, o ministro da saúde do país, Adam Niedzielski, adiantou que esse valor pode chegar aos 50.000 já na próxima semana. 

Face a esta realidade, os funcionários estatais vão agora adotar um modelo de trabalho remoto, ao passo que as empresas do setor privado deverão seguir o exemplo. 

11h31 - Polícia investiga milhares de certificados de vacinação falsos na Alemanha

A polícia alemã está a investigar milhares de casos de suspeita de falsificação de certificados de vacinação contra a Covid-19. Segundo a agência de notícias dpa, esta quarta-feira foram abertas mais de 12 mil investigações em todo o país.

Quem fizer ou apresentar certificados falsos pode enfrentar penalidades severas, como multas, penas de prisão e até despedimento.

11h25 - Boris Johnson deve aliviar restrições no Reino Unido

Boris Johnson deverá anunciar hoje um alívio das restrições que agora vigoram no país. Em causa está o chamado "plano B", introduzindo antes do Natal para conter a disseminação da variante Ómicron.

Esta manhã, o primeiro-ministro britânico está a analisar os últimos dados referentes à Covid-19 com os seus ministros, esperando-se que as decisões referentes a este tema sejam conhecidas durante a tarde desta quarta-feira. 

10h57 - Em Timor, instalações para infetados com Covid-19 são agora usadas no surto de dengue

Os locais usados para acolher pessoas infetadas e em quarentena durante a pandemia de Covid-19 estão a ser agora utilizados em Timor-Leste para receber um grande número de doentes devido ao surto de dengue na capital, disse hoje fonte oficial.

O centro de Vera Cruz foi usado para acolher pacientes moderados e graves e o centro de Tasi Tolu foi usado para quarentena.

10h50 - Há um novo centro de vacinação no Terminal Rodoviário de Aveiro

O Terminal Rodoviário de Aveiro, localizado junto à estação ferroviária, vai receber o novo centro de vacinação local a partir de terça-feira. A informação foi avançada hoje pela autarquia e pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga (ACES-BV), em comunicado conjunto.

As duas entidades estimam que o novo centro de vacinação terá a capacidade para inocular 600 a 800 pessoas por dia, conforme se trate de dias de semana ou fim de semana.

10h44 - Nova Zelândia fecha fronteiras a recém-chegados por causa da Ómicron

Os cidadãos neozelandeses residentes noutros países, bem como os titulares de vistos estrangeiros, estão temporariamente impedidos de entrar na Nova Zelândia. O governo do país justificou a decisão com base no risco "sem precedentes" associado à variante Ómicron, avança o The Guardian.

Esta quarta-feira, o país registou mais 24 casos. Um deles foi já confirmado como sendo da variante Ómicron. 

10h28 - Estados Unidos vão disponibilizar gratuitamente 400 milhões de máscaras N95 para combater a pandemia 

O governo norte-americano vai disponibilizar gratuitamente aos cidadãos, a partir da próxima semana, 400 milhões de máscaras do tipo N95, que fazem parte da sua reserva estratégica nacional. Trata-se de uma medida que pretende contribuir para ajudar a travar a propagação da pandemia.

Estas máscaras faciais serão enviadas para farmácias e centros de saúde comunitários no decorrer desta semana, devendo estar disponíveis para recolha no final da próxima.

10h17 - Japão alarga restrições à medida que os casos de Covid-19 aumentam

Tóquio e uma dúzia de outras áreas do Japão vão enfrentar novas medidas de combate à pandemia já a partir de sexta-feira. Os autarcas terão em mãos encurtar o horário dos restaurantes, por exemplo, depois de os casos de Ómicron terem atingido um recorde na capital.

Um painel de especialistas terá aprovado, esta quarta-feira, um plano para colocar as 13 áreas sob restrição durante três semanas até 13 de fevereiro. É expectável que o primeiro-ministro, Fumio Kishida, anuncie oficialmente as novas restrições numa reunião da task force do governo hoje.

10h12 - Ómicron: Nove sintomas comuns em vacinados

Embora os especialistas deixem claro o papel essencial da vacinação no combate ao novo coronavírus, quem já foi inoculado também pode desenvolver sintomas relacionados com a variante Ómicron.

Comichão no nariz, tosse, dor de garganta, espirros, dor de cabeça, náuseas, dores musculares, diarreia e erupções cutâneas são os nove sintomas mais comuns em vacinados

10h05 - República Checa considera vacinação obrigatória em casos específicos

O governo checo vai hoje considerar a possibilidade de tornar a vacinação contra a Covid-19 obrigatória para trabalhadores em profissões-chave e para os indivíduos com mais de 60 anos, numa altura em que a contagem diária de novos casos de coronavírus atinge um recorde no país.

Segundo a Reuters, as autoridades nacionais deram conta de 28.469 novos casos na terça-feira, mais do dobro dos 12.371 comunicados na terça-feira da semana passada.

9h42 - China regista mais 87 novos casos nas últimas 24 horas

Foram detetados, em território chinês, mais 87 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, divulgou a Comissão Nacional de Saúde da China. Do total, 55 deveram-se a contágio local.

As autoridades de saúde nacionais deram ainda conta da deteção de 37 casos assintomáticos. Neste momento, a China continental conta com um total de 3.454 de pacientes ativos, dos quais 15 estão em estado grave. 

9h24 - Há 13 vezes mais hospitalizações em adultos não vacinados contra a Covid-19

As vacinas contra a Covid-19 têm-se revelado ferramentas fundamentais para a redução do número de internados com a doença. Dados revelados pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos vieram mostram que o número de hospitalizações é 13 vezes maior no caso dos adultos com mais de 18 anos que não estejam vacinados. 

A entidade revela ainda que, nos indivíduos com 65 anos de idade ou mais, há 12 vezes mais casos de internamento por motivos de Covid-19 em pessoas que optaram por não se vacinar contra a doença. 

8h55 - Espanha doa 2,2 milhões de vacinas aos refugiados afegãos no Irão

O Governo de Espanha terá doado um total de 2,2 milhões de vacinas aos refugiados afegãos no Irão, adianta o presidente espanhol, Pedro Sánchez, através de um post publicado na rede social Twitter. O governante justifica esta ação como sendo uma "obrigação ética e moral".

"Só ultrapassaremos totalmente a pandemia quando toda a população global estiver protegida. A Espanha é clara a este respeito e continua a tomar medidas para o conseguir", refere na mesma publicação Pedro Sánchez. 

8h39 - Vacinas mRNA não causam complicações na gravidez, mostram estudos

Tendo por base vários estudos, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) veio defender que as vacinas de tecnologia mRNA (Pfizer e Moderna) não causam complicações na gravidez das gestantes e nos seus bebés.

Em comunicado publicado na página da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), a EMA revela que uma análise detalhada a esses estudos permitiu constatar a inexistência de qualquer "sinal de aumento do risco de complicações na gravidez, abortos espontâneos, partos prematuros ou efeitos adversos nos fetos após a vacinação".

8h30 - Estados Unidos com 63% da população totalmente vacinada contra a Covid-19

Nos Estados Unidos, 63% da população já completou o processo de vacinação contra o novo coronavírus, ao passo que 75,1% da mesma recebeu já, pelo menos, uma dose da vacina. Os dados revelados pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) mostram, assim, que 209,3 milhões de norte-americanos já estão inteiramente vacinados.

Neste momento, o número de pessoas a terem recebido, pelo menos, uma dose de qualquer vacina ascende aos 249,4 milhões, sendo que 81 milhões de pessoas já receberam uma dose de reforço.

8h02 - Alemanha ultrapassa barreira dos 100 mil casos diários pela primeira vez

Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Alemanha superou os 100 mil casos diários de infeção por SARS-CoV-2. Os dados referentes a esta quarta-feira, divulgados pelo Instituto Robert Koch, dão conta de mais 112.323 novas infeções de Covid-19 e 239 mortes nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, o país registou já um total de 8.186.850 infetados e 116.081 mortes derivadas da doença.

7h56 - Pfizer afirma ter testado com sucesso tratamento oral contra variante Ómicron

Os testes realizados em laboratório pela Pfizer ao paxlovid, tratamento oral contra a Covid-19, evidenciaram a eficácia deste contra a nova variante Ómicron, revela a farmacêutica.

A informação foi adiantada pela empresa em comunicado, onde esta afirma que os estudos realizados provam que o tratamento "tem o potencial de manter concentrações de plasma muito superiores à quantidade necessária para evitar que a Ómicron se replique nas células".

7h44 - Açores arrancam com vacinação de crianças entre os 5 e os 11 anos

A vacinação de crianças entre os 5 e os 11 anos contra a Covid-19 arranca hoje nos Açores. É na ilha de São Miguel que o processo vai ter início, em regime de casa aberta, alargando-se no decorrer da semana à maioria do arquipélago.

Os Açores são, deste modo, a última região do país a vacinar crianças da referida faixa etária contra o novo coronavírus.

7h30 - Recorde de casos diários de Covid-19 registado na Venezuela

Nas últimas 24 horas, a Venezuela registou 2.090 infetados com o novo coronavírus, o maior número diário desde o início da pandemia de covid-19 no país, que remonta a março de 2020.

O anúncio foi feito por Delcy Rodríguez, vice-presidente da Venezuela, que perante este cenário instou a população a "vacinar-se e participar no plano nacional de reforço" da imunização contra a Covid-19.

7h00 - Bom dia! Damos início a um novo registo de acompanhamento AO MINUTO da pandemia de Covid-19. Pode recordar aqui o anterior.

Leia Também: Gestão da Covid foi "elefante na sala" criticado por partidos sem assento

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Campo obrigatório