Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

O apresentador Marcus Lamb, antivacinação, morre de Covid-19

O fundador do Daystar Television Network sugeriu várias vezes que as pessoas deviam concentrar-se mais em rezar do que em vacinas.

O apresentador Marcus Lamb, antivacinação, morre de Covid-19

Um apresentador norte-americano católico, que se recusava a tomar vacina, morreu de Covid-19. Marcus Lamb, que fundou o Daystar Television Network, sugeriu várias vezes que as pessoas deviam concentrar-se mais em rezar do que em vacinas, sendo esse - na sua opinião - o caminho para curar a doença causada pelo novo coronavírus, segundo reportou o New York Times.

Lamb era um locutor cristão de Dallas que rejeitou as vacinas contra a Covid-19. De acordo com a família e o canal onde trabalhava, morreu na terça-feira, depois de contrair a doença. Alegadamente, terá sido infetado pela mulher, Joni Lamb.

O norte-americano tinha 64 anos e fazia muitas vezes programas no seu canal de televisão cristã em que pedia às pessoas para rezar em vez de serem vacinadas.

Foi levado rapidamente para o hospital quando os seus níveis de oxigênio caíram, depois de ter sido infetado com o SARS-CoV-2.

A sua morte foi confirmada pela esposa e pelo filho Jonathan Lamb, ontem, no 'Ministry Now', o programa que o casal apresentava em conjunto.

“Estou sem palavras hoje”, disse Jonathan Lamb, no Twitter esta manhã. “O meu pai foi levado para o céu às 4h da manhã hoje.”

O canal Daystar, de ideologia católica, falava muitas vezes sobre o quão más são as vacinas contra a Covid-19. E como na ótica do canal a melhor forma de combater a doença é rezar. 

No programa de 18 de novembro, Joni Lamb tinha dito que que o seu marido tinha contraído o vírus depois dela. O apresentador tinha diabetes, o que agravou os seus sintomas, informou também na altura.

No mês passado, Jonathan Lamb (o filho) tinha dito num programa que a luta que o pai fazia contra a doença foi o resultado de "um ataque espiritual do inimigo".

Marcus Lamb apareceu pela última vez no 'Ministry Now'  no dia 3 de novembro e tossiu várias vezes durante a emissão do programa, que durou cerca de uma hora.

A Daystar tem em curso uma ação legal contra as ordens de vacinação nos EUA. No mês passado, o canal fez uma petição ao U.S. Court of Appeals para "anular" o mandato federal que dita que empresas com 100 ou mais funcionários devem exigir vacinas contra a Covid-19. O tribunal suspendeu esta ação.

Marcus Daron Lamb nasceu em 7 de outubro de 1957, em Cordele, na Geórgia. Era um bispo da sua religião 'Church of God' ('Igreja de Deus' em tradução livre). Além da sua esposa e filho, os sobreviventes desta família à Covid-19 incluem outras duas filhas do casal, Rachel Lamb Brown e Rebecca Lamb Weiss.

O canal Daystar não deixou de marcar a partida do seu membro fundador tendo agradecido as orações e suporte dos fãs de Marcus Lamb. Pediram, ainda, aos telespetadores para acompanharem as cerimónias fúnebres.

Leia Também: EUA identificam o primeiro caso da variante Ómicron

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório