Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Diplomacia dos EUA cria Direção e representante para a cibersegurança

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, anunciou na segunda-feira a criação de um departamento e de um representante encarregados da cibersegurança, para reforçar a diplomacia norte-americana frente a estes "desafios do século XXI".

Diplomacia dos EUA cria Direção e representante para a cibersegurança
Notícias ao Minuto

06:34 - 26/10/21 por Lusa

Mundo EUA

Esta decisão foi tomada em contexto de ataques crescentes de piratas informáticos de Estados rivais.

"Vamos trabalhar com o Congresso para criar uma Direção do Ciberespaço da Política Digital" no seio do Departamento de Estado, escreveu em mensagem ao pessoal, obtida pela AFP.

Esta Direção vai ser dirigida por um embaixador, cuja confirmação deve ser validada pelo Senado, e concentrar-se em três setores: a segurança do ciberespaço internacional, a política digital internacional e a liberdade digital", detalhou o porta-voz da diplomacia norte-americana, Ned Price, em declarações à comunicação social.

Blinken, que deve fazer, na quarta-feira, um discurso sobe este eixo da "modernização" da política externa de Washington, também prometeu a nomeação de um "novo enviado especial para as tecnologias cruciais e emergentes".

Reafirmou ainda querer construir "um Departamento de Estado que esteja pronto para os desafios do século XXI".

Ora, o mundo entrou "numa era fundamentalmente nova nos assuntos internacionais, onde a crise climática, saúde e as tecnologias emergentes vão estar cada vez mais no centro das iniciativas comuns com os nossos aliados e parceiros, mas também da nossa competição com os nossos rivais e adversários", sublinhou Ned Price.

Estes anúncios foram feitos quando os EUA constataram, por várias vezes, nos últimos meses, a sua vulnerabilidade perante a multiplicação de ataques informáticos.

O conglomerado tecnológico Microsoft avisou hoje que um grupo de piratas russos, na origem de um vasto ataque informático aos EUA, no ano passado, estava a fazer uma nova operação contra organizações norte-americanas e europeias.

Leia Também: Blinken debate tema com homólogos de Chile, Brasil e Colômbia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório