Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 29º

Edição

Situação piora no Brasil: Mais de 2.500 óbitos e 88 mil casos em 24 horas

Números epidemiológicos têm vindo a aumentar nos últimos dias. No total, o país já soma mais de 482 mil mortes devido ao novo coronavírus, desde o início da pandemia.

Situação piora no Brasil: Mais de 2.500 óbitos e 88 mil casos em 24 horas

O Brasil registou, nas últimas 24 horas, mais 88.092 casos positivos e 2.504 vítimas mortais associadas à Covid-19, informou esta quinta-feira o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) brasileiro.

Nos últimos dias, os dados epidemiológicos têm vindo a agravar-se, sendo que, ontem, foram reportados no país mais 85.748 contágios e 2.723 vítimas mortais e, no dia anterior, mais 52.911 infeções e 2.378 óbitos. 

No total, o Brasil passa, assim, a somar, desde o início da pandemia, 17.210.969 casos positivos e 482.019 vítimas mortais devido ao novo coronavírus. 

Neste momento, a taxa de letalidade no país mantém-se em 2,8%, mas a incidência aumentou ligeiramente, nas últimas 24 horas, passando de 8.148 para 8.190 casos por cada 100 mil habitantes.

Ainda segundo a autoridade brasileira, São Paulo continua a ser o estado do país mais afetado pela pandemia, contabilizando, desde o início da pandemia, com 3.405.481 casos confirmados e 116.693 mortes. Segue-se Minas Gerais, com 1.657.147 infetados e 42.319 vítimas mortais. Depois, encontra-se o Paraná com 1.137.025 contágios e 27.786 óbitos. 

Leia Também: AO MINUTO: Macron pede doação de vacinas; Seattle atinge imunidade

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório