Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

AO MINUTO: Desconfinamento começa dia 15; Autarca de Viseu internado

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Desconfinamento começa dia 15; Autarca de Viseu internado

Portugal registou este domingo mais 28 óbitos e 682 novos casos de contágio por Covid-19. O país totaliza agora 16.540 mortes e mais de 810 mil casos confirmados desde o início da pandemia.

A tendência de descida também se verifica nos internamentos. Nesta altura registam-se 1414 internados em enfermaria, com 354 doentes em UCI. Estes indicadores, porém, estão ainda estão longe das metas propostas pelo Presidente da República, que seriam menos de 166 internados em enfermaria e menos de 163 internados em UCI.

"Temos, até à Páscoa, de descer os infetados para menos de dois mil, para que os internamentos e os cuidados intensivos desçam dos mais de cinco mil e mais de oitocentos, agora, para perto de um quarto desses valores", disse Marcelo, no início de fevereiro.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! Este registo chegou ao fim, mas o acompanhamento será retomado na manhã de segunda-feira. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

  • SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
  • SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
  • SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h58 - Brasil ultrapassa 'barreira' das 265 mil mortes por Covid-19. O Brasil contabilizou, este domingo, mais 1.054 vítimas mortais de Covid-19, ultrapassando, assim, a 'barreira' dos 265 mil óbitos (265.500). Com estes dados, a média de mortes nos últimos sete dias situa-se nos 1.497 - a maior desde o início da pandemia.

23h11 - Morreu a mãe de Herrera de Covid-19. Tinha 57 anos. Hector Herrera não marcou presença no dérbi entre Atlético e Real Madrid que se realizou, na tarde deste domingo, no Wanda Metropolitano. A mãe do futebolista, María Candelaria López, morreu de Covid-19 aos 57 anos.

23h00 - Ensino privado quer também testes rápidos como no público. A AEEP - Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo pediu hoje uma clarificação do Governo sobre testes rápidos à Covid-19 para os alunos do ensino privado, e avisou que não se conformará com uma "inaceitável discriminação".

22h51 - Vacinação aleatória em LVT? "Convinha ser dada uma explicação". Luís Marques Mendes criticou o facto de a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) estar a seguir um critério de vacinação (ao convocar os maiores de 80 anos e os maiores de 50 com uma das quatro patologias previstas) de forma aleatória.

22h06 - "Vamos começar a desconfinar mesmo no dia 15" e pelas escolas. Luís Marques Mendes levantou o 'véu' do plano de desconfinamento que está a ser trabalhado pelo Governo e que será apresentado na próxima quinta-feira, dia 11 de março. Avançou o ex-líder do PSD, no habitual espaço de comentário na SIC Notícias, que "vamos começar a desconfinar mesmo no dia 15 [de março]".

O comentador indicou ainda que, "em princípio" - e como o Governo já tinha previsto -, o desconfinamento começará pelas escolas, nomeadamente pelas "creches, pré-escolar e 1.º ciclo do Ensino Básico".

20h52 - Autarca de Viseu internado após agravamento de sintomas. O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, foi hoje internado, "por precaução" no hospital de S. Teotónio após a "agudização de sintomas" causados pela infeção pelo novo coronavírus, confirmada na sexta-feira.

20h22 - Mulheres imigrantes mais afetadas pela crise da pandemia no Reino Unido. As mulheres, especialmente imigrantes, estão a ser particularmente afetadas pela pandemia de Covid-19 em termos sociais e económicos no Reino Unido, exacerbando muitos desafios que enfrentam normalmente, afirmou hoje Sara Reis, da organização britânica Women's Budget Group.

20h06 - Madeira regista mais um óbito e 33 novos casos. A Madeira registou hoje mais uma morte associada à covid-19, tendo sido identificados 33 novos casos, 779 situações ativas e mais 48 doentes considerados recuperados, anunciou a Direção Regional de Saúde do arquipélago.

19h43 - Lote que levou Áustria a suspender vacina "não está a ser utilizado" cá. Depois de a Áustria ter suspendido a distribuição de um lote da vacina Covid da AstraZeneca, mediante duas notificações de reações adversas graves com um mesmo lote da vacina, o Infarmed assegura que o referido lote "não está a ser utilizado em Portugal".

19h27 - Reino Unido com 5.177 infeções. É o número mais baixo desde setembro. O Reino Unido registou mais 5.177 infeções de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados oficiais, que indicam que se trata do número mais baixo desde finais de setembro.

19h22 -
Novos casos e óbitos com ligeiro decréscimo em França. A França registou 21.825 novos casos da doença Covid-19 e 130 mortes nas últimas 24 horas, um ligeiro decréscimo em comparação com os indicadores do dia anterior, divulgaram as autoridades de saúde locais.

18h42 - Itália soma 20.765 casos diários com autoridades a temerem nova vaga. A Itália registou 20.765 novos contágios pelo novo coronavírus e 207 óbitos associados à Covid-19 nas últimas 24 horas, foi hoje divulgado, numa altura em que as autoridades italianas temem o surgimento de uma nova vaga da pandemia.

18h05 - Angola notifica 31 novos casos e duas mortes em 24 horas. Angola registou 31 novas infeções por SARS-CoV-2, duas mortes e sete situações de pessoas recuperados, nas últimas 24 horas, informaram as autoridades sanitárias do país.

17h21 - Filha partilha última mensagem da mãe que morreu com Covid-19. Giulia Dias, de 23 anos, partilhou no Twitter a última conversa, via chat, que teve com a mãe, que morreu infetada com Covid-19, no Brasil. A publicação, que emocionou os internautas, já se tornou viral. "Eu vou para a UTI [Unidade de Cuidados Intensivos], só que não tem vaga em lado nenhum. Amo vocês", escreveu a mãe na mensagem que enviou a Giulia.

Notícias ao Minuto [Filha partilha última mensagem da mãe que morreu com Covid-19]© Reprodução | Twitter

16h23 - Milhares de romenos protestaram em Bucareste contra vacinação obrigatória. Milhares de pessoas protestaram hoje em frente ao parlamento de Bucareste, Roménia, contra um projeto de lei de vacinação obrigatória de crianças contra rubéola, tétano ou hepatite, ação que contestou ainda a imposição da inoculação contra a Covid-19.

15h51 - GNR põe fim a convívio ilegal de oito pessoas em Rio Maior. A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Rio Maior cessou um convívio ilegal com oito pessoas, com idades compreendidas entre os 15 e os 31 anos, no sábado, numa propriedade na localidade de Casais da Atagueda.

15h20 - Governo aprova despesa de quase 20 milhões para testes rápidos em escolas. Executivo autorizou, este domingo, as escolas a gastarem cerca de 20 milhões de euros com a aquisição de testes rápidos para deteção da Covid-19.

O Conselho de Ministros aprovou, eletronicamente, a "resolução que autoriza a realização de despesa (...) com a aquisição de serviços de realização de testes rápidos de antigénio em estabelecimentos de educação e ensino públicos e em respostas sociais de apoio à infância do setor social e solidário, até ao montante global de €19.802.880,00", pode ler-se no comunicado partilhado ao início da tarde deste domingo.

15h15 - "A 2.ª vaga nunca acabou, há recrudescimento por causa de variantes". As autoridades italianas estarão a ponderar impôr medidas mais apertadas de controlo à Covid-19 nas regiões com mais de 250 novos casos semanais de infeção por 100 mil habitantes. O ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, indicou ao Corriere della Sera, que a segunda vaga não chegou a terminar. "A segunda vaga nunca acabou, assistimos a um forte recrudescimento por causa das variantes, o que nos está a levar a tomar medidas ainda mais restritivas", afirmou.

15h08 - Portimão assegura táxis para transportar utentes a locais de vacinação. A Câmara de Portimão vai disponibilizar a partir de segunda-feira táxis gratuitos para assegurar o transporte para os locais de vacinação contra a Covid-19 de pessoas com mais de 80 anos, ou a partir dos 50 com comorbilidades.

14h31 - Número de internados mais baixo em quatro meses. Os internamentos também continuam a demonstram tendência de descida desde início de fevereiro. Entre as pessoas infetadas pelo vírus SARS-CoV-2, 1.414 estão hospitalizadas em enfermaria (menos 2 em relação à véspera e o número mais baixo desde 22 de outubro). Destas, 354 estão internadas em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), menos 9 em relação a sábado.

14h15 - Portugal com mais 28 óbitos e 682 novos casos de infeção. O relatório da situação epidemiológica divulgado este domingo pela Direção-geral de Saúde (DGS) indica que Portugal notificou nas últimas 24 horas mais 682 diagnósticos positivos do novo coronavírus, uma descida em relação a sábado (1007 óbitos), elevando o número total para 810.094. No mesmo período, foram registadas mais 28 mortes associadas à Covid-19.

13h48 - Pandemia já matou quase 2,59 mil pessoas no mundo. A pandemia causada pelo novo coronavírus já causou a morte a 2.588.597 pessoas no mundo, desde que foi detetada em 2019 na China, e mais de 116.415.200 casos de infeção foram oficialmente diagnosticadas.

13h42 - Açores com dois novos casos de infeção em São Miguel. Os Açores têm hoje dois novos casos de Covid-19 na ilha de São Miguel, ambos no concelho da Ribeira Grande, e três pessoas recuperaram, também na ilha de São Miguel, registando, assim, 83 casos ativos.

13h41 - PSP acaba com 'festa ilegal' em Vila Nova de Gaia com 67 participantes. A PSP acabou ao início da madrugada de hoje com uma "festa ilegal", com 67 pessoas, que se juntaram num espaço fechado na praceta Salvador Caetano, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

13h28 - Áustria suspende administração de lote de vacina AstraZeneca após morte. Inoculação foi suspensa por precaução por causa de uma utente que morreu e outra que ficou doente, na mesma altura, após tomar vacina de um mesmo lote. "Neste momento, não há evidência de uma relação causal com a vacinação", indicou a agência de saúde.

13h02 - Mais de um ano depois surgem primeiros casos na Nova Caledónia. Mais de um ano depois do início da pandemia de Covid-19 que assolou o mundo, a Nova Caledónia detetou hoje os primeiros nove casos de infeção, tendo decretado um rigoroso confinamento de duas semanas.

12h42 - Israel deu hoje o passo mais importante da sua desaceleração pós-vacinação com a reabertura de cafés, bares e restaurantes, relaxando as restrições, que, entre outras medidas, priorizam os cidadãos vacinados contra o SARS-CoV-2.

12h14 - Etiópia recebe perto de 2,2 milhões de vacinas. A Etiópia recebeu hoje perto de 2 milhões e 200 mil vacinas da farmacêutica AstraZeneca, através do programa global Covax, informaram num comunicado várias agências da Organização das Nações Unidas (ONU).

12h08 - Três em cada quatro britânicos entre os 60 e os 69 anos de idade já foram vacinados, segundo indicou o ministro da Saúde, Matt Hancock. O país inicia na próxima semana a vacinação do grupo etário entre 56 e os 59 anos.

11h47 - Pandemia fez cair natalidade, tanto em Espanha como em Portugal. O El País noticia hoje que, entre dezembro e janeiro, foram registados menos 13.141 nascimentos do que no mesmo período do ano anterior, uma queda de 23%. O diário espanhol sublinha que os países vizinhos registaram as mesmas quedas. Em Portugal, segundo noticiou hoje a edição impressa do Diário de Notícias, foram registados menos 2 mil testes do pezinho nos dois primeiros meses deste ano.

11h43 - Restaurante texano manteve uso de máscara, clientes ameaçaram empregados. Clientes ameaçaram ligar à polícia de imigração, esperando causar medo aos funcionários, na sua maior parte imigrantes. "Foi horroroso", indicou a dona do restaurante, no Texas, EUA.

11h03 - Conta da OMS no Sri Lanka confirma que o país já recebeu a primeira remessa de vacinas oriundas do projeto Covax.

11h01 - Balanço no futebol. A pandemia de Covid-19 foi responsável, durante um ano, pela realização de quase 300 jogos da I Liga sem a habitual 'banda sonora' dos adeptos nos estádios, algo inédito na história do futebol português.

10h30 - SNS sublinha a descida de casos em Portugal. "O seu esforço tem sido essencial no combate à pandemia".

10h28 - Pepa revela que chegou a passar mal por causa da doença. Pepa diz ser um "felizardo" por continuar a trabalhar no Paços de Ferreira, equipa da I Liga de futebol, em plena pandemia, sem deixar de reconhecer que a Covid-19 lhe deixou marcas que ainda hoje não ultrapassou.

9h18 - Biólogo defende que pandemia pode ter começado em laboratório de Wuhan. A origem da pandemia de Covid-19 continua por apurar um ano depois e na comunidade científica ganha força a exigência de uma investigação à possibilidade de um acidente laboratorial, posição sustentada também pelo biólogo norte-americano Bret Weinstein.

Recorde-se que, em fevereiro, a missão de especialistas da OMS que foi a Wuhan indicou que foram investigadas todas as hipóteses, incluindo a hipótese de um acidente num laboratório. "Foram equacionados argumentos contra e a favor", disse, até para "poder levar a investigação numa direção útil", acrescentando que a "hipótese de acidente em laboratório é extremamente improvável".

Falando sobre a missão, Weinstein, porém, aponta o que considera uma falha essencial: "A equipa da OMS disse especificamente que não estava mandatada para investigar no laboratório [do Instituto de Virologia de Wuhan] e que não estava equipada para o fazer".

8h47 - Pandemia é uma "crise de mulheres" e piorou "dramaticamente" desigualdade. A presidente da Comissão dos Direitos das Mulheres e da Igualdade de Género do Parlamento Europeu, Evelyn Regner, defende, em entrevista à Lusa, que a atual pandemia é uma "crise das mulheres" e "aumentou dramaticamente" a desigualdade entre géneros.

7h40 - Austrália no 37.º dia sem transmissão comunitária. Este sábado, a Austrália voltou a não registar casos de transmissão comunitária, sendo apenas seis registadas seis infeções num hotel dedicado quarentena de viajantes.

7h33 - Brasil supera recorde de pessoas hospitalizadas com Covid-19. O país lusófono mais afetado pela pandemia sofre, nesta altura, um recrudescimento da doença, com novos máximos de casos e de mortes a serem atingidos nos últimos dias. Este sábado, mais um marco preocupante: 18.785 pessoas estão internadas com Covid-19, um novo recorde no país sul-americano.

Segundo o G1, o número máximo atingido durante a primeira vaga da pandemia foi de 15.289 internamentos. Desde a semana passada, porém, que este número tem subido de dia para dia, causando o colapso dos sistemas de saúde em várias cidades. Em Porto Alegre, por exemplo, a ocupação das camas de UCI está em 102,8%. Recorde-se que foram ontem notificados mais 69.609 casos e 1.555 mortes.

7h32 - Em Macau, não há pressa para a vacinação. Nas ruas de Macau, muitos recusam tomar já a vacina contra a Covid-19, preferindo esperar para ver como decorre o processo num território sem casos ativos, quase selado ao exterior, com fronteiras praticamente encerradas para estrangeiros.

7h30 - As atualizações sobre a pandemia referentes a esta madrugada:

  • Índia com 100 mortos e 18.711 novos casos;
  • China soma 13 novos casos, todos oriundos do exterior;
  • México com mais 779 mortes e 6.561 novos casos;
  • EUA com 1.565 mortos e 60.235 casos nas últimas 24 horas;
  • Alemanha ultrapassa os 2,5 milhões de casos de Covid-19.

7h28- Bom dia! Estamos a iniciar um novo acompanhamento, este domingo. Clique aqui para conferir as atualizações de sábado, relativamente à pandemia do novo coronavírus.

Leia Também: AO MINUTO: Mais uma morte na Madeira; Brasil com quase 70 mil novos casos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório