Meteorologia

  • 15 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 22º

Edição

Covid-19. Brasil regista mais 69.609 casos e 1.555 mortes em 24 horas

No total, o país já contabilizou 10.938.836 infeções desde o início da pandemia. Dados foram revelados este sábado pelas autoridades de Saúde.

Covid-19. Brasil regista mais 69.609 casos e 1.555 mortes em 24 horas

O Brasil registou, nas últimas 24 horas, mais 69.609 novos casos e 1.555 óbitos relacionados com o novo coronavírus. Os dados foram revelados este sábado pelas autoridades de Saúde. No total, desde o início da pandemia, o país já contabilizou 10.938.836 infeções e 264.325 óbitos.

Há, de acordo com os mesmos dados, 970.160 pacientes em acompanhamento devido à Covid-19. Ainda a registar 9.704.351 pessoas recuperadas do vírus no Brasil.

A taxa de incidência da doença em território brasileiro é agora de 126 mortes e 5.205 casos por 100 mil habitantes.

São Paulo (2.107.687), Minas Gerais (916.205), Bahia (710.900) e Santa Catarina (705.760) concentram o maior número acumulado de casos. Por outro lado, a lista de Unidades Federativas com mais mortes é liderada por São Paulo (61.417), Rio de Janeiro (33.712), Minas Gerais (19.359) e Rio Grande do Sul (13.370).

O Ministério da Saúde brasileiro anunciou, esta sexta-feira, que tinham sido diagnosticados 75.495 casos de infeção. Este foi o segundo dia seguido com mais de 75 mil contágios.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou, também ontem, que a situação no Brasil em relação à pandemia é "muito preocupante" e instou o Governo a tomar medidas "agressivas".

"Se o Brasil não agir de forma forte vai afetar todos os vizinhos e além da América Latina. Medidas de saúde sérias são muito importantes", disse, referindo o "aumento contínuo" de casos em fevereiro, mas também do número de mortes. "Muitos países baixaram (o número de casos) mas o Brasil piorou", salientou.

[Notícia atualizada às 23h23]

Leia Também: OMS insta Brasil a tomar medidas face a situação "muito preocupante"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório