Meteorologia

  • 06 MAIO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Desconfinamento? 1.º as escolas. Quase 58 mil casos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Desconfinamento? 1.º as escolas. Quase 58 mil casos no Brasil

O boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) deu conta de 1.570 novos casos de infeção e 76 mortes em 24 horas. Em termos globais, Portugal soma 796.339 casos confirmados e 15.897 vítimas mortais. O número de recuperados ascende a 696.916. Os números de casos ativos e de internamentos continuam a descer.

O Brasil anunciou esta sexta-feira a realização de um voo comercial extraordinário entre Lisboa e São Paulo, previsto para o dia 26 de fevereiro, para repatriar cidadãos brasileiros que ficaram retidos em Portugal.

Os Estados Unidos vão atingir nos próximos dias mais uma marca terrível. O país notificou mais de 2.400 óbitos no último dia e está à beira do meio milhão de vítimas mortais causadas pela Covid-19.

Pode consultar estes mapas interativos sobre a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h00 - Boa noite! Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de domingo. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h00 - O Brasil notificou, esta sábado, mais 57.472 novos contágios (total, desde o início da pandemia, é agora de 10.139.148) e 1.212 óbitos relacionados com a Covid-19 (país totaliza 245.977 mortes).

21h30 - O número de contágios diários por coronavírus permaneceu hoje acima dos 22.000 pelo quarto dia consecutivo em França, com 22.371 casos, elevando o número total de casos positivos para 3,58 milhões desde o início da pandemia.

O número de mortes nos hospitais franceses nas últimas 24 horas foi de 183, número que eleva o total de mortes no país como resultado da covid-19 para 84.147, segundo o balanço diário da agência francesa de Saúde Pública.

20h30 - A Madeira regista hoje mais 53 novos casos de covid-19, o menor registo desde 01 de janeiro, 93 novos recuperados e um óbito, revela o boletim da Direção Regional da Saúde (DRS).

20h00- "É precisamente pelas escolas que recomeçará o desconfinamento". A dirigente socialista e ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou hoje que o desconfinamento começará pelas escolas, referindo que o Governo já manifestou essa intenção.

19h00 - As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 51 infetados pelo novo coronavírus e um morto nas últimas 24 horas, elevando para 14.999 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

18h30 - Angola reportou mais 21 novos casos positivos de covid-19, conta com 14 doentes recuperados e não registou nenhum óbito nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades sanitárias.

18h12 - A região espanhola de Castilla-La Mancha aliviou hoje algumas restrições aplicadas por causa da pandemia da covid-19 devido à descida do número de novos casos de contágio pelo novo coronavírus.

18h00- O gestor António Costa e Silva elogiou hoje a "aposta forte no Serviço Nacional de Saúde (SNS)" feita pelo Governo no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), mas defendeu que deve abranger as carreiras médicas.

Numa intervenção por videoconferência num fórum promovido pela Juventude Socialista (JS) intitulado "Vencer o futuro - Faz ouvir a tua voz", António Costa e Silva sustentou que "a crise pandémica mostrou que nestas alturas, quando há uma crise exógena brutal", a salvação "não são os mercados, é o Estado, o SNS".

16h47 - O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico reporta este sábado mais 445 mortes associadas à Covid-19, uma descida em relação à véspera (533) e o décimo dia consecutivo em que este indicador permanece abaixo da barreira dos mil óbitos.

16h30 - Investigadores espanhóis concluíram que cerca de 23.000 vidas poderiam ter sido poupadas em Espanha se o país tivesse decretado o confinamento geral sete dias mais cedo durante a primeira vaga da pandemia da covid-19.

15h45 - Itália registou, nas últimas 24 horas, mais 14.931 contágios e 251 mortes associadas à Covid-19. No total, desde o início da pandemia, o país notificou 2. 795.796 infeções e 95.486 óbitos.

15h30 - Dia Nacional do Pessoal de Saúde em Itália. O Papa Francisco e o presidente de Itália escolheram o dia de hoje como data nacional para homenagear os profissionais de saúde, uma vez que faz um ano que surgiu o primeiro caso de covid-19 no país

14h58 - O primeiro-ministro da Tailândia sobreviveu hoje a uma moção de censura no parlamento, determinada por acusações de má gestão económica, danos no fornecimento de vacinas anti-Covid-19, violação dos direitos humanos e corrupção, noticia a Associated Press.

14h51 - As autoridades dinamarquesas encerraram vários pontos de fronteira com a Alemanha devido aos inúmeros casos de infeções de Covid-19 registados na cidade alemã de Flensburg, nomeadamente da variante britânica do SARS-CoV-2.

14h48 - Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, dois novos casos da Covid-19, somando a região 79 casos positivos ativos e 14 recuperações, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde.

14h15 - O boletim epidemiológico divulgado este sábado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) deu conta de 1.570 novos casos de Covid-19 e mais 76 mortes em 24 horas. Em termos globais, Portugal acumula 796.339 contágios e 15.897.

Nesta altura, o total de recuperados é de 696.916. Os casos ativos mantêm a tendência de descida. Fixam-se em 83.526.

Os internamentos também estão a diminuir, tanto em enfermaria como nas unidades de cuidados intensivos. Atualmente, 3.284 pessoas com Covid-19 estão internadas nos hospitais portugueses. 656 pacientes estão internados nas UCI.

13h55 - A pandemia de Covid-19 fez mais de 2,45 milhões de mortos no mundo desde o primeiro caso notificado na China, segundo o balanço da agência France-Presse, que revela um aumento de quase 11 mil óbitos nas últimas 24 horas.

13h16 - O PSD de Portimão vai apresentar uma moção de censura à presidente da Câmara local, Isilda Gomes, por considerar que a autarca agiu "com imoralidade" ao ser vacinada contra a Covid-19 antes de "centenas de portimonenses".

O caso de Isilda Gomes inclui-se entre os vários que têm vindo a público sobre alegada vacinação indevida contra a Covid-19, tendo o município referido, através de uma publicação nas redes sociais, em 1 de fevereiro, que a presidente da Câmara de Portimão foi vacinada contra a Covid-19 como "condição essencial" para poder fazer voluntariado no hospital de campanha instalado naquela cidade.

12h53 - O Hospital Garcia de Orta, em Almada, mantém a descida do número de doentes internados nos Cuidados Intensivos devido à Covid-19, continuando a registar uma diminuição da procura da Urgência Geral na vertente da área respiratória, foi hoje divulgado.

12h32 - O Santa Clara-Paços de Ferreira deste sábado vai ter público nas bancadas do Estádio de São Miguel, informou o clube açoriano. Este será o primeiro jogo da I Liga em 2021 a ter adeptos nas bancadas.

11h40 - Mais de 200 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 foram administradas em pelo menos 107 países ou territórios, de acordo com uma contagem feita hoje pela agência AFP com base em fontes oficiais. Cerca de 45% das doses de vacinas foram administradas nos países ricos do G7.

11h30 - O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) recebeu hoje 36 ventiladores Osiris 3, doados pelo governo francês, que podem ser utilizados no transporte de doentes críticos tanto de adultos como de crianças.

11h28 - O número de doentes com Covid-19 recuperados nas últimas 24 horas em África foi superior ao das novas infeções nesta região, onde o número de mortos desde o início da pandemia é agora de 100.674, segundo dados oficiais.

11h27 - A PSP detetou este mês 129 passageiros nos aeroportos portugueses que tentavam embarcar sem reunir as condições exigidas no âmbito do controlo da pandemia de Covid-19, numa altura em que só são permitidas viagens essenciais.

Atualmente, as viagens estão muito limitadas, só sendo permitidas situações como deslocações para trabalho com dimensão internacional, para portugueses com residência noutros países ou com destino aos Açores ou Madeira.

As deslocações para fins humanitários ou de emergência médica, assim como as viagens, a título excecional, para efeitos de reunião familiar de cônjuges ou equiparados e familiares até ao 1.º grau na linha reta são outras das situações autorizadas.

11h24 - A revelação de um esquema de vacinas para os amigos do poder numa sala dentro do Ministério da Saúde argentino já levou à demissão do ministro e ameaça afetar o Governo num ano eleitoral, dizem analistas.

11h20 -O centro de crise anti-coronavírus russo revelou este sábado que foram identificados 12.953 novos casos de contaminação por coronavírus e morreram mais 480 pessoas desde ontem. No total, a Rússia soma 4.151.984 casos positivos e 82.876 vítimas mortais. O total de recuperações na Rússia é agora de 3.697.433.

9h52 - A pandemia que já matou quase 16.000 portugueses está a deixar muitos animais "órfãos", que são acolhidos pelos familiares das vítimas ou por instituições, mas a ajuda é cada vez mais difícil pelas dificuldades económicas que enfrentam.

9h08 - O primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, anunciou este sábado que a Rússia aprovou o uso da sua terceira vacina contra a Covid-19, a CoviVac. Esta vacina está a ser desenvolvida pelo Centro Chumakov e, tal como sucedeu com as duas anteriores, foi aprovada ainda antes de serem conhecidos os resultados dos ensaios clínicos de larga escala.

“Hoje, a Rússia é o único país a ter três vacinas contra a Covid-19”, disse Mishustin. A CoviVac requer a inoculação de duas doses, que devem ser administradas no espaço de 14 dias.

A principal vantagem da CoviVac é que oferece uma resposta imunitária mais ampla, que deve proteger de qualquer estirpe do SARS-CoV-2.

9h05 - Os idosos do concelho do Bombarral combatem a solidão dos dias da pandemia com a ajuda de três técnicos da câmara, que percorrem todos os dias as aldeias em troca de dois dedos de conversa.

9h03 - A Nova Zelândia, cuja gestão da pandemia tem sido considerada uma das melhores do mundo, iniciou hoje a campanha de vacinação, com a inoculação da vacina da empresa farmacêutica Pfizer, para os trabalhadores dos postos fronteiriços.

8h12 - As críticas ao governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, devido à gestão da pandemia nos lares de idosos do estado alastraram hoje a influentes democratas como o 'mayor' da cidade de Nova Iorque, Bill de Blasio, e a congressista Alexandria Ocasio-Cortez, que defendeu uma "investigação completa" e a retirada a Cuomo dos poderes especiais de gestão que atualmente detém.

8h10 - A Comissão de Saúde da China informou hoje que foram diagnosticados oito casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do exterior. Desde o início da pandemia, 89.824 pessoas ficaram infetadas na China, tendo morrido 4.636 doentes.

8h09 - A vacinação contra a Covid-19 na América Latina avança de forma desigual, com alguns países a nem terem recebido a primeira dose, apesar da boa notícia de baixa de infeções, evidenciada pelas estatísticas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

8h07 -O Instituto Robert Koch anunciou este sábado que foram diagnosticadas 9.164 novas infeções por coronavírus e morreram 490 pessoas na Alemanha no espaço de 24 horas. O país totaliza 2.378.883 casos de contágio e 67.696 óbitos. O número total de recuperados é de cerca de 126.100.

8h05 - O México registou 857 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 178.965 o número total de óbitos desde o início da pandemia, disseram as autoridades mexicanas.Acrescentaram ainda que o país registou 7.829 novos contágios nas últimas 24 horas, aumentando para 2.030.491 o total de infeções por SARS-CoV-2.

Leia Também: AO MINUTO: Mais de cem mil euros em multas; Brasil somou 1.308 mortes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório