Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Menos 340 doentes internados em enfermaria, mas 'sobem' em UCI

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Menos 340 doentes internados em enfermaria, mas 'sobem' em UCI

O 11.º Estado de Emergência foi ontem renovado e após o Conselho de Ministros, também durante o dia de ontem, o primeiro-ministro antecipou que a Páscoa deste ano "não será seguramente" como aquela que os portugueses conhecem, referindo também que o "desconfinamento não está no horizonte" e que durante o mês de março será preciso manter um nível de confinamento muito semelhante ao atual.

António Costa referiu ainda que Portugal vai receber menos de metade das vacinas previstas, ponto que também foi abordado pelo Presidente da República, quando falou ao país à noite, ressalvando que "em abril vai ser preciso vacinar mais e depressa". Marcelo Rebelo de Sousa reforçou ainda que é imperioso acautelar que a Páscoa não signifique um retrocesso no controlo da pandemia.

A proibição de circulação entre concelhos volta a aplicar-se hoje entre as 20h00 e as 05h00 de segunda-feira no território continental. Saiba mais aqui.

O boletim epidemiológico divulgado na quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) deu conta de 3.480 novos casos de Covid-19 e 167 mortes nas últimas 24 horas. No total, Portugal contabiliza 778.369 contágios e 14.885 óbitos. O número de recuperados é de 645 mil. Os casos ativos voltaram a diminuir e fixam-se em 118 mil.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

16h00 - Boa tarde! Este registo fica por aqui, mas pode continuar a acompanhar as atualizações acerca do novo coronavírus através deste link. Mantenha-se seguro!

15h57 - Os hospitais da região Centro estão com uma taxa de ocupação de 76% em enfermaria para doentes infetados com covid-19 e de 84% em cuidados intensivos, informou hoje a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC). "As taxas de ocupação nas enfermarias covid e UCI (Unidados Cuidados Intensivos) Covid nos hospitais da região são de 76% e 84% respetivamente", refere aquele organismo em comunicado.

15h52 - A Hungria vai conseguir vacinar mais 3,5 milhões de pessoas contra o novo coronavírus até ao fim de maio do que qualquer outro país europeu com as mesmas características populacionais devido à vacina chinesa, disse hoje o governo. "Se começarmos a utilizar a vacina chinesa, o que vai acontecer em breve, na Páscoa iremos conseguir vacinar todas as pessoas que estão até agora registadas", disse o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, referindo-se aos quase 2,5 milhões de pessoas que se inscreveram para receber as vacinas contra a covid-19, num país com uma população de cerca de 10 milhões de habitantes.

15h46 - As autoridades sanitárias de França recomendaram hoje a administração de apenas uma dose da vacina contra a Covid-19 a pessoas que já tenham sido infetadas com o novo coronavírus, tornando-se o primeiro país a fazê-lo. As pessoas curadas da covid-19 "já desenvolveram na altura da infeção uma memória imunológica. A dose única da vacina irá desempenhar assim a função de um aviso", explicou a Alta Autoridade de Saúde francesa no seu parecer, que ainda não recebeu a aprovação do governo.

15h18 - A nova fase de vacinação contra a Covid-19 na região Oeste começou no Sobral de Monte Agraço, seguindo-se Caldas da Rainha e Alcobaça na segunda-feira, disseram hoje os diretores dos centros de saúde. No Sobral de Monte Agraço, o concelho mais pequeno da região Oeste e do distrito de Lisboa em número de habitantes, uma centena de pessoas com mais de 80 anos ou mais de 50 anos e doenças associadas foi vacinada na quinta-feira, disse António Martins, diretor do Agrupamento de Centros (ACES) de Saúde Oeste Sul.

15h13 - A presidente do conselho de administração do hospital de Évora considerou hoje "uma mais-valia preciosa" o reforço para a unidade de dois médicos e dois enfermeiros de cuidados intensivos do Luxemburgo, previstos chegar no início da semana. O Ministério da Saúde anunciou, na quinta-feira, que Portugal vai receber na próxima semana duas equipas médicas da França e do Luxemburgo, um "importante apoio" no tratamento de doentes de Covid-19 em hospitais com elevada pressão de cuidados intensivos.

15h02 - O número de casos da Covid-19 e de grandes surtos em lares no distrito de Santarém baixou "bastante", deixando "alguma esperança" de que o pior tenha passado, disse hoje o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil. Os mais recentes dados do distrito de Santarém apontam para um total de 1.147 casos ativos (764 na Lezíria e 383 no Médio Tejo), tendo sido registados, desde o início da pandemia, em março de 2020, 23.902 casos (11.607 na Lezíria e 12.295 no Médio Tejo) e 630 óbitos (323 na Lezíria e 307 no Médio Tejo), disse Miguel Borges, que preside igualmente à Câmara Municipal do Sardoal.

14h46 - O Papa Francisco pediu hoje aos católicos uma atenção particular para o cuidado "de quem se encontra em condições de sofrimento, abandono ou angústia devido à pandemia de Covid-19". "Num contexto tão incerto sobre o futuro (...), ofereçamos com a nossa caridade uma palavra de confiança, para que o outro sinta que Deus o ama como filho", disse Francisco na mensagem para a Quaresma 2021 hoje divulgada.

14h33 - A realização de ensaios, durante o estado de emergência, é agora permitida no caso da preparação de espetáculos com estreia prevista até ao final de abril, e não apenas em fevereiro e março, esclareceu hoje a IGAC.

14h28 - Os hospitais de São Bernardo (HSB), em Setúbal, e Garcia de Orta (HGO), em Almada, mantêm hoje uma ligeira tendência de descida no número de doentes Covid, mas ainda sem qualquer impacto no número de internados em cuidados intensivos. Em termos globais, os dois hospitais da margem sul do Tejo, no distrito de Setúbal, registam hoje um total de 391 doentes Covidinternados, menos 17 do que na quinta-feira, mas há mais dois doentes em cuidados intensivos.

14h24 - Acaba de ser divulgado o boletim epidemiológico das últimas 24 horas em Portugal e que dá conta de 2.854 novos casos e mais 149 óbitos - superando a 'barreira' dos 15 mil (15.034) desde o início da pandemia. No que diz respeito aos internamentos, é de destacar uma redução de 340 em enfermaria (5.230 no total), apesar de um subida ligeira nas Unidades de Cuidados Intensivos - mais dez doentes em relação a ontem (846 no total).Ainda de acordo com os dados mais recentes da Direção Geral de Saúde (DGS), há hoje mais 7.617 pessoas recuperadas, sendo assim o número de casos ativos, novamente, negativo (menos 4.912).

14h16 - No dia em que foi firmado o acordo europeu para a 'bazuca', o primeiro-ministro António Costa destaca que: "Temos agora um duplo motor: uma vacina para salvar vidas e uma vitamina para fomentar a recuperação económica"

14h12 - Já foram administradas "468.319 vacinas contra a Covid-19" em Portugal.

14h00 - Privados conseguem aumentar capacidade de testagem. Ministra da Saúde disse hoje que os laboratórios privados darão resposta a um aumento da testagem à Covid-19, cumprindo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre testes a contactos de risco

13h50 - Redução do número de casos e vacinação deixam otimistas entidades no Algarve. A delegada de saúde regional afirmou que a região está a atravessar um "bom momento" com uma "descida no número de casos". Ana Cristina Guerreiro revelou ainda que, nas últimas 24 horas, há a registar no Algarve "106 novos casos" e "sete óbitos".

13h43 - PSD quer plano para o desconfinamento "gradual". O presidente do PSD considera necessário preparar um plano para o desconfinamento do país, e nomeadamente para o regresso ao ensino presencial, estabelecendo uma abertura progressiva tendo em conta indicadores científicos

13h31 - Açores com 19 novos casos, maioria em Rabo de Peixe. Nas últimas 24 horas foram diagnosticados nos Açores 19 novos casos de Covid-19, dos quais 17 na ilha de São Miguel, um na Terceira e outro no Pico, informa hoje a Autoridade de Saúde Regional. A entidade adianta que foram realizadas 1.827 análises, nas últimas 24 horas, e detetados 16 novos casos na vila de Rabo de Peixe (concelho da Ribeira Grande, em São Miguel), que se mantém em cerca sanitária, e ainda um caso no concelho de Ponta Delgada, também em São Miguel.

13h22 - A coordenadora do Bloco de Esquerda considerou hoje que a União Europeia deve utilizar todos os mecanismos para ultrapassar as patentes e generalizar a produção da vacina conta a Covid-19 e Portugal deve tomar uma posição. No Porto, onde reuniu esta manhã com o especialista em saúde pública Henrique Barros, Catarina Martins começou por referir que "não há receitas simples e miraculosas, mas seguramente é possível fazer melhor".

13h03 - Duzentos idosos com mais de 80 anos e maiores de 50 anos com patologias graves estão a ser hoje vacinados contra a Covid-19 no Estádio Municipal de Leiria, disse à agência Lusa a coordenadora da vacinação. Ana Silva considerou que este é "um passo importante", porque se trata de um grupo etário "que tem sido a maior vítima desta pandemia".

12h53 - Alemanha vai prolongar ajuda a Portugal durante mais seis semanas. As forças armadas alemãs vão permanecer em Portugal, a ajudar na luta contra a pandemia da Covid.19, durante mais seis semanas. O anúncio foi feito pela ministra da Defesa alemã , esta sexta-feira. "As forças armadas alemãs vão apoiar Portugal na luta contra o novo coronavírus durante mais seis semanas", disse Annegret Kramp-Karrenbauer ao jornal Funke.

12h48 - A Comissão Europeia alertou hoje para o risco da compra de "vacinas fraudulentas" pelos Estados-membros, após relatos de que a farmacêutica AstraZeneca terá oferecido vacinas à República Checa e a outros três Estados-membros da União Europeia (UE). "Toda a gente deveria ser extremamente cautelosa quando falamos de vacinas, porque se trata de injetar uma substância ativa dentro do corpo humano. Por isso, é preciso ter 100% de certeza de que os canais que se usam para comprar vacinas são completamente transparentes e legítimos", sublinhou o porta-voz da Comissão Europeia, Eric Mamer, durante a conferência de imprensa diária do executivo comunitário.

12h42 - A pandemia do coronavírus já causou mais de 107.706.980 infetados e 2.368.493 mortos no mundo desde que a doença foi identificada na China em dezembro de 2019, indica um balanço da agência France-Presse até às 11h00 de hoje. Do total de casos a nível mundial, pelo menos 65.828.800 pessoas foram consideradas curadas.

12h34 - O novo calendário do ano escolar 2020/2021 revela que a 8 de julho termina o ano para os alunos do ensino pré-escolar e 1.º e 2.º ciclos. Para o 7.º, 8.º e 10.º anos acaba a 23 de junho e para o 9.º, 11.º e 12.º a 18 de junho. Segundo avança ainda a RTP3, as férias da Páscoa deste ano foram reduzidas para os dias 29 de março a 1 de abril.

12h18 - A ministra da Saúde, reuniu-se com o ministro da Defesa em Oeiras, onde afirmou a importância do envolvimento destes militares no processo de vacinação. "As competências logísticas de que dispõe o Ministério da Defesa são essenciais para poder robustecer este processo e aperfeiçoá-lo, sobretudo agora que preparamos uma fase de alargamento da vacinação para o 3.º trimestre do ano", afirmou Marta Temido.

12h05 - Média diária de novos casos esta semana foi a mais baixa deste ano. Portugal teve esta semana a média diária de novos casos de contágio pelo novo coronavírus mais baixa desde 31 de dezembro, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Nos indicadores semanais sobre a pandemia, o INE registou na quarta-feira um total de 29.511 casos acumulados nos sete dias anteriores, correspondentes a 4.216 novos casos em média por dia, "o valor mais baixo desde 31 de dezembro de 2020".

11h49 - A Convenção Nacional da Saúde (CNS), que agrega mais de 150 entidades dos setores público, privado e social, defendeu hoje a urgência de vacinar, testar e recuperar a atividade assistencial, no âmbito da pandemia de Covid-19. A CNS considera, em comunicado, que a crise sanitária decorrente da pandemia "só pode ser ultrapassada com a rápida quebra das cadeias de contágio", pelo que "a vacinação dos cidadãos, a começar pelos profissionais de saúde, de acordo com as prioridades estabelecidas e a articulação entre as instituições do sistema de saúde, são aspetos essenciais".

11h34 - O surto ativo de Covid-19 no lar da Misericórdia de Grândola, no distrito de Setúbal, já provocou a morte a 18 utentes, estando um idoso hospitalizado, revelou hoje o provedor da instituição. No último rastreio realizado, na quinta-feira, a 53 pessoas, entre eles 12 utentes e 41 funcionários, "foi detetado apenas um caso positivo entre os utentes, estando os restantes negativos", avançou Horácio Pereira. Este é o segundo surto no local desde o início da pandemia.

11h18 - O PSD pediu hoje ao Governo que esclareça quando serão vacinados os profissionais de saúde que já tiveram Covid-19, defendendo que o critério que lhes deu prioridade não pode ser "descurado ou esquecido".Numa pergunta enviada à ministra da Saúde, Marta Temido, e hoje divulgada, os deputados sociais-democratas afirmam "não existir um plano formal atualizado com os critérios objetivos de vacinação e as respetivas fases, calendários e grupos-alvo, acessível a todos os portugueses, bem como um conjunto de respostas a perguntas frequentes".

11h06 -O atual confinamento volta a ter impacto nos negócios, com um agravamento da quebra de faturação na ordem dos 30% na última semana de janeiro, face à anterior, de acordo com o estudo REDUNIQ Insights. Ainda assim, esta quebra é inferior à registada no primeiro confinamento, no ano passado, que foi superior a 44%, de acordo com as conclusões do estudo, às quais o Notícias ao Minuto teve acesso.

11h04 - A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, reconheceu hoje que foi subestimada a "falta de capacidade de produção em massa" da vacina da Covid-19, salientando que pode ser acelerada a introdução de novas vacinas no mercado. "Subestimámos a falta de capacidade de produção em massa, uma produção rápida por parte das empresas farmacêuticas e, olhando agora para o futuro, penso que podemos ainda reduzir o tempo do processo regulamentar de aprovação da introdução das vacinas no mercado", disse Von der Leyen numa conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli.

10h52 - As crianças e os jovens enfrentam agora mais agudamente a experiência do luto, a proximidade com a morte, o que requer acompanhamento em contexto familiar e escolar, defende o especialista em filosofia da educação Adalberto Dias de Carvalho. "Não podem ficar indiferentes, mas também não podem viver aterrados", afirma o académico em entrevista à agência Lusa, ao abordar os impactos diretos e indiretos da pandemia de Covid-19 na população em idade escolar.

10h43 - O decreto que renova o Estado de Emergência no país, no contexto do combate à pandemia, foi publicado esta sexta-feira em Diário da República. A renovação do Estado de Emergência inicia-se às 00h00 do dia 15 de fevereiro de 2021 e cessando às 23h59 do dia 1 de março de 2021, "sem prejuízo de eventuais renovações, nos termos da lei". No essencial, mantêm-se as mesmas restrições em vigor até aqui, com pequenas nuances em quatro aspetos.

10h42 - O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje em Bruxelas que o Governo colocará já na próxima segunda-feira em audição pública o plano nacional de recuperação e resiliência, cuja versão final espera poder entregar à Comissão Europeia "daqui a três semanas".

10h29 -O ministro da Educação revelou esta sexta-feira que os exames vão ser adiados. Face à alteração do calendário escolar, a primeira fase de exames passa de Junho para Julho e a segunda de Julho para Setembro. Em entrevista, ao programa As Três da Manhã, na rádio Renascença, Tiago Brandão Rodrigues, anunciou ainda que as provas de aferição de Educação Física e de Expressões Artísticas foram canceladas e que irão chegar mais 15 mil computadores na próxima semana às escolas portuguesas. O novo calendário escolar será publicado esta sexta-feira.

10h24 - Uma aluna de 12 anos de Serapicos, em Vimioso, desloca-se mais de um quilómetro várias vezes ao dia para assistir às aulas 'online' dentro da carrinha que o pai estaciona num ponto alto da aldeia para apanhar rede. "Mesmo quando chego aos pontos mais altos, para além do frio que apanho dentro da carrinha do meu pai, a ligação está sempre a cair e por isso perco muita matéria, como é caso de hoje, durante a aula de História, porque não consigo ouvir os professores", descreveu Leonor, que frequenta o 7.º ano, à Lusa.

10h20 - África registou nas últimas 24 horas mais 567 mortes por Covid-19 para um total de 97.299 óbitos, e 12.010 novos casos de infeção, segundo os dados mais recentes oficiais da pandemia no continente. De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infetados nos 55 Estados-membros da organização é de 3.715.923 e o de recuperados nas últimas 24 horas é de 15.175, para um total de 3.256.433 desde o início da pandemia.

10h13 - O primeiro-ministro, António Costa, em representação do Conselho da União Europeia, já assinou o regulamento do Mecanismo de Recuperação e Resiliência, aprovado esta semana pelo Parlamento Europeu. Ainda assim, dinheiro da 'bazuca' só deverá chegar na segunda metade do ano. "Temos uma vacina para salvar vidas e temos uma vitamina para a recuperação económica. O calendário da vacina é conhecido e todos partilhamos o mesmo calendário e objetivo: termos 70% da população vacinada até ao final de setembro", disse o primeiro-ministro português, em conferência de imprensa conjunta com os outros dois líderes europeus.

09h50 - A PSP multou 13 pessoas que participaram na festa no restaurante Lapo, no Bairro Alto. A autoridade refere que abordou os participantes "após a saída" da festa, ontem à noite, "para efeitos de identificação e participação às autoridades competentes". O restaurante, que se tinha recusado a encerrar no início do confinamento, transmitiu esta quinta-feira, em direto, uma festa com dezenas de pessoas que cantaram 'Grândola Vila Morena' e pediram '"liberdade".

09h41 - O 'lay-off' simplificado e a perda de receita do IVA durante o confinamento podem custar cerca de 600 milhões de euros (ME) por mês aos cofres do Estado, de acordo com fonte do Ministério das Finanças. Em todo o confinamento, "a medida mais cara é sempre a medida do 'lay-off'", cujos custos mensais rondam "os 200 ou 300 milhões de euros", segundo as contas das Finanças, que apontam que 250 mil trabalhadores já foram abrangidos pela medida.

09h38 - Os procedimentos de inquérito epidemiológico e o rastreio de contactos devem ser iniciados nas 24 horas seguintes ao conhecimento da existência do caso de Covid-19, segundo uma norma da Direção-Geral da Saúde, que entra em vigor na segunda-feira. Em situações de capacidade de resposta limitada (Nível Vermelho) a Autoridade de Saúde deve dar prioridade ao inquérito epidemiológico e rastreio de contactos de casos confirmados que são profissionais de saúde e profissionais que trabalham com populações vulneráveis, refere a norma "Covid-19: Rastreio de contactos" publicada no site da DGS.

09h32 - O diretor técnico nacional da Federação Nacional de Karaté, Joaquim Gonçalves, afirma que já foram feitas várias exposições à Direção-Geral da Saúde (DGS) para corrigir o que diz ser um "erro tremendo": "[O katas] está proibido por ignorância na estratificação que foi feita", declarou. Atletas e dirigentes criticaram hoje a "ignorância" da decisão da Direção-Geral da Saúde ao classificar o katas, uma disciplina individual do karaté, como desporto de alto risco no contágio da Covid-19, o que acarreta "prejuízos tremendos" à modalidade. Contrariamente à generalidade das disciplinas do karaté, o katas não requer contacto físico com o adversário, porque se baseia na sequência dos movimentos das técnicas de ataque e defesa.

09h27 - Os diretores de serviços de doenças infeciosas dos maiores hospitais do país sugerem ao Governo que prepare um plano e adote medidas robustas que permitam evitar sucessivas ondas epidémicas e apelam ao reforço de meios humanos e materiais. Numa tomada de posição conjunta, a propósito da pandemia de Covid-19, os diretores dos Serviços de Doenças Infeciosas dos maiores hospitais portugueses e do Colégio da Especialidade de Doenças Infeciosas da Ordem dos Médicos, sugeriram hoje ao Governo que o inicie desde já a preparação de um plano que permita evitar sucessivas ondas epidémicas.

09h09 - Lapo volta a quebrar regras Covid. Festa juntou dezenas de pessoas sem máscara. O restaurante Lapo, em Lisboa, que se tinha recusado a encerrar no início do confinamento, transmitiu esta quinta-feira, em direto, uma festa com dezenas de pessoas que cantaram 'Grândola Vila Morena' e pediram '"liberdade". Nas imagens, que o próprio restaurante transmitiu, pode ver-se dezenas de pessoas a incumprirem as principais regras de combate à pandemia: distanciamento de dois metros, uso de máscara e dever de recolher domiciliário.

08h54 - Moléculas inflamatórias explicam confusão mental e 'cérebro de Covid'. O 'brain fog' ou 'névoa no cérebro', também apelidado de 'cérebro de Covid' provoca confusão mental, dor de cabeça, perda de memória a curto e longo prazo e, nos casos mais graves, psicose e convulsões. Na edição de fevereiro da revista Cancer Cell, uma equipa de médicos do hospital Memorial Sloan Kettering (MSK), nos Estados Unidos, revela uma possível causa associada a esta manifestação da Covid-19: a presença de moléculas inflamatórias no líquido ao redor do cérebro e da medula espinhal, o chamado líquido cefalorraquidiano.

08h16 - As pessoas devem usar duas máscaras faciais para se protegerem contra a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, segundo recomendações das autoridades de saúde nos Estados Unidos. O conselho é emitido após os cientistas apurarem que usar apenas uma máscara - cirúrgica ou de tecido - bloqueia somente 40% das partículas do SARS-CoV-2.

07h45 - O diretor de serviço de medicina intensiva do Hospital de São João, Porto, defendeu hoje manter o confinamento até 21 de março, medida acompanhada de uma testagem "robusta", sugerindo 50 vezes mais testes do que os casos diagnosticados. José Artur Paiva defendeu que o "desconfinamento não pode ocorrer antes de dois meses de confinamento", contado a partir do que chama "confinamento real", ou seja desde 21 de janeiro, altura em que foi anunciado o fecho das escolas para travar os contágios de Covid-19.

07h38 - A administração do democrata Joe Biden adjudicou vários contratos para a aquisição de 200 milhões de doses de vacinas adicionais contra o SARS-CoV-2, anunciou hoje o Presidente dos Estados Unidos. "Esta tarde, assinámos os contratos para mais 100 milhões de vacinas da Moderna e 100 milhões de vacinas da Pfizer", anunciou Biden durante uma visitar ao Instituto Nacional de Saúde, perto de Washington.

07h32 - Já ao final da noite de ontem foi publicada, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), a norma que alarga a testagem à Covid-19 a todos os contactos, incluindo a realização de testes moleculares aos de baixo risco "no momento da identificação" do contacto. De acordo com a norma relativa ao rastreio de contactos no âmbito da pandemia da doença provocada pelo SARS-CoV-2, que produz efeitos às 00h00 de dia 15, segunda-feira, "os contactos de baixo risco devem realizar teste para SARS-CoV-2 (testes moleculares) no momento da identificação do contacto".

07h25 -A Alemanha registou, nas últimas 24 horas, 9.860 casos de Covid-19 e 556 mortos. Com esta nova atualização, partilhada pelo Instituto Robert Koch, o país totaliza agora 2.320.093 casos de infeção e 64.191 mortos, desde o início da pandemia. O atual confinamento, que expiraria no domingo, vai estender-se até pelo menos 7 de março.

07h18 - Os Estados Unidos registaram 3.856 mortes causadas pela Covid-19, nas últimas 24 horas, e 104.116 casos, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.Desde o início da pandemia, o país acumulou 475.040 óbitos e 27.383.639 casos da doença.Os Estados Unidos são o país com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus SARS-Cov-2, responsável pela Covid-19, e também com mais casos de infeção.

07h11 - A Comissão de Saúde da China anunciou hoje a deteção de 12 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, todos diagnosticados em viajantes vindos do estrangeiro.Os 12 casos foram identificados em Xangai (sete) e nas províncias de Sichuan (dois), Liaoning (um) e de Guangdong (dois), vizinha de Macau. Pelo quinto dia consecutivo, as estatísticas oficiais não registaram qualquer contágio local no país.

07h07 - Os Açores vão aplicar, a partir das 20h00 de hoje e durante o período de Carnaval, restrições de circulação, proibição de festas e limitação de horários de comércio e restauração, para controlar a propagação da Covid-19. As medidas, que serão aplicadas em todos os concelhos do arquipélago prolongam-se até às 23h59 de terça-feira, ainda que sejam mais restritivas no fim de semana.

07h03 - A circulação entre concelhos em Portugal continental volta a estar proibida entre as 20h00 de hoje e as 05h00 de segunda-feira, sem prejuízo das exceções previstas, no âmbito do estado de emergência para combater a pandemia de Covid-19. As exceções à proibição de circulação são deslocações para desempenho de funções profissionais (conforme atestado por declaração emitida pela entidade empregadora ou equiparada), por motivos de saúde e para cumprimento de responsabilidades parentais. Mas continua em vigor o confinamento obrigatório. Veja abaixo as outras medidas do novo Estado de Emergência.

07h00 - Bom dia! Iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia no país e no mundo. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: "Em abril vai ser preciso vacinar mais e depressa"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório