Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Ataques na Nigéria. Homens matam pelo menos 12 pessoas e raptam 30

Homens armados em motas raptaram pelo menos 30 pessoas e mataram uma dúzia em vários ataques no noroeste da Nigéria, afirmaram hoje testemunhas citadas por agências internacionais.

Ataques na Nigéria. Homens matam pelo menos 12 pessoas e raptam 30
Notícias ao Minuto

20:01 - 28/01/21 por Lusa

Mundo Nigéria

A aldeia de Kungi, no estado de Kaduna, foi atacado na noite de quarta-feira, tendo morrido pelo menos uma pessoa e raptadas outras 30, segundo disseram residentes locais à agência de notícias France-Presse.

"Chegaram às 02h00 (01h00 em Lisboa) e entraram de casa em casa, raptando pessoas", contou Umaru Abdullahi.

"Fizemos um recenseamento dos habitantes quando eles saíram e descobrimos que tinham levado 30 pessoas", acrescentou, apontando que entre os desaparecidos estão três membros da sua família.

De acordo com o aldeão Muntari Sani, entre os raptados estão mulheres e crianças.

Algumas horas antes, no estado vizinho de Katsina, homens armados atacaram as aldeias de Unguwar Sarki e Bilbis, matando 11 pessoas e roubando gado.

Os raptos no país, que tem vindo a lutar com uma rebelião 'jihadista' no nordeste e com grupos criminosos organizados no noroeste e no sul do país, são frequentes.

Na terça-feira, e após meses de deterioração da situação de segurança, o Presidente, Muhammadu Buhari, anunciou a substituição dos quatro principais chefes do Exército nigeriano.

Os raptos tendem a ser realizados com o objetivo de os raptores obterem resgates.

As vítimas são, em grande parte das vezes, libertadas ao fim de alguns dias ou semanas, ainda que a polícia não confirme o pagamento de dinheiro aos raptores.

A empresa de consultoria geopolítica nigeriana SB Morgen estima que mais de 18 milhões de dólares (cerca de 15 milhões de euros) tenham sido pagos em resgates desde 2011, segundo um relatório divulgado em 2020.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório