Meteorologia

  • 16 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

AO MINUTO: Escolas fecham 15 dias; Governo dá apoio "idêntico" a abril

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Escolas fecham 15 dias; Governo dá apoio "idêntico" a abril

Num dia decisivo para o combate à pandemia em Portugal, o Conselho de Ministros esteve reunido para decidir (mais) medidas. O fecho das escolas foi principal tema em cima da mesa, com Marta Temido a ter assumido, ontem, no programa 'Grande Entrevista', da RTP3, que todas as escolas podem vir a fechar de imediato. O encerramento, até ao Superior, entrará em vigor já esta sexta-feira.

Após a reunião, António Costa anunciou o encerramento das Lojas do Cidadão, a suspensão dos prazos de todos os processos judiciais não urgentes e a interrupção de todas as atividades letivas durante os próximos 15 dias. Fique a par das medidas, aqui.

E a situação epidemiológica é, ainda, de agravamento. "Neste momento, sinto que estamos muito próximos do limite e que há situações em que estamos no limite", referiu esta quarta-feira a ministra da Saúde, sublinhando que a situação dos hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo é "muitíssimo complexa, em que os meios são reutilizados e reinventados e o esforço humano é redobrado".

Recorde-se que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 13.544 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 221 mortes relacionadas com a Covid-19, indica o boletim epidemiológico desta quinta-feira divulgado pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h45 - Boa tarde! Este acompanhamento termina por aqui, mas pode continuar a seguir todas as incidências relativas ao novo coronavírus neste link. Mantenha-se seguro!

15h35 - Aumento de casos? Governo ainda sem dados sobre inversão da tendência. O primeiro-ministro declarou hoje que até ao momento nenhum dos epidemiologistas em contacto com o Governo foi capaz de estimar quando se inverterá a atual trajetória de aumento do número de contágios com o novo coronavírus.

15h31 - Novas medidas? Esclareça as dúvidas. O Governo publicou nas redes sociais todas as novas regras para o combate à pandemia da Covid-19. "Dado o agravamento da pandemia e disseminação da estirpe britânica, o Governo reforçou as medidas de confinamento", é apontado. E não se esqueça: "É essencial cumprir as regras e ficar em casa. Controlar a pandemia depende de si, depende de todos".

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por República Portuguesa (@gov_pt)

15h27 - Creches e ATL fecham, universidades "podem ter de mudar avaliações". O primeiro-ministro anunciou hoje que as creches e ateliês de tempos livres serão encerradas no âmbito da interrupção das atividades letivas por causa do novo coronavírus, enquanto as universidades poderão ter de ajustar o calendário de avaliações.

15h21 - Fecho de escolas, tribunais e não só serão reavaliados dentro de 15 dias. O primeiro-ministro afirmou hoje que todo o quadro de medidas "suplementares" de combate à covid-19 hoje adotadas, em que se destaca a suspensão da atividade letiva, será reavaliado pelo Governo dentro de 15 dias.

14h59 - Portugal já assegurou "doses suficientes para vacinar mais de 18 milhões". Depois de o Jornal de Negócios ter avançado que Portugal deixou cerca de 800 mil doses de vacinas da Moderna contra a Covid-19 por comprar, o Ministério da Saúde esclareceu, num comunicado enviado às redações, que "não optou pela compra de mais 800 mil doses adicionais da Moderna, porque seriam entregues apenas no fim do ano".

14h53 - Quatro países europeus pedem aprovação da vacina da AstraZeneca. Áustria, Dinamarca, Grécia e República Checa pediram hoje à Agência Europeia de Medicamentos para acelerar a aprovação de vacinas contra a Covid-19, especialmente a da AstraZeneca, mais fácil de armazenar.

14h46 - Governo vai dar apoio aos pais. O primeiro-ministro, António Costa, anunciou, esta quinta-feira, o encerramento de todas as atividades letivas durante os próximos 15 dias, mas os pais das crianças com até 12 anos terão as faltas justificadas e um "apoio idêntico" ao do primeiro confinamento

14h38 - Eis as novas medidas aprovadas hoje pelo Governo. Depois de uma reunião com especialistas sobre os novos dados da situação epidemiológica, designadamente o crescimento da variante britânica do novo coronavírus em Portugal, o Conselho de Ministros reuniu esta quinta-feira e aprovou novas medidas para controlar a pandemia de Covid-19.

Fique com as principais:

14h36 - Costa anuncia que todas as escolas vão encerrar durante 15 dias. O Instituto Nacional de saúde Pública Ricardo Jorge forneceu ontem dados sobre a nova estirpe, verificando-se que há um crescimento "muito acentuado" da presença desta variante no nosso país. O primeiro-ministro indicou que na semana passada tínhamos 8% de prevalência, esta semana temos 20%, e os estudos indicam que possa ter um crescimento muito significativo, podendo chegar a 60% nas próximas semanas. 

14h32 - António Costa fala ao país para apresentar as medidas decididas em Conselho de Ministros. O primeiro-ministro anunciou o encerramento das Lojas do Cidadão, a suspensão dos processos em tribunal "não urgentes" e, "face à nova estirpe e a sua rápida propagação", "manda o princípio da precaução que procedamos à interrupção de todas as atividades letivas durante os próximos 15 dias".

Acompanhe aqui em direto a declaração do chefe do Governo:

14h28 - Governo decide fechar todos os níveis de ensino. O Governo decidiu, em Conselho de Ministros, encerrar todas as escolas. A informação está a ser avançada pela SIC Notícias.

14h25 - Pfizer retomará ritmo de entrega de vacinas na próxima semana. A Comissão Europeia anunciou hoje que o laboratório da Pfizer irá retomar o ritmo de entrega das suas vacinas na próxima semana, após ter anunciado um atraso na quinta-feira passada.

14h15 - Dados de Portugal com um novo recorde de óbitos em 24 horas. Portugal registou 13.544 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 221 mortes (um novo máximo) nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, 595.149 pessoas testaram positivo à Covid-19, das quais 9.686 morreram. O número de internados continua a aumentar, havendo 5.630 pessoas hospitalizadas neste momento (mais 137 face a ontem), das quais 702 se encontram em Unidades de Cuidados Intensivos (mais 21 nas últimas 24 horas).

13h51 - Plantel do FC Porto com mais dois jogadores infetados com a Covid-19. O plantel do FC Porto continua a apresentar casos positivos de Covid-19. Apesar de Sérgio Conceição, Uribe e Romário Baró terem estado em isolamento desde esta quarta-feira, só o extremo dos dragões acusou positivo. O técnico e o médio colombiano testaram negativo.

13h45 - Gozo de férias suspenso para todo o pessoal da PSP. No contexto da situação de saúde pública que Portugal atravessa, "também a Polícia de Segurança Pública (PSP) foi chamada a apoiar a população e assegurar o cumprimento da legislação especial aprovada". Assim, o diretor nacional decretou medidas especiais no sentido de reforçar a capacidade operacional da PSP, designadamente a suspensão do gozo de férias para todo o pessoal desta força de segurança. 

13h31 - Região Centro continua a aumentar camas para responder à pandemia. Os internamentos de doentes com Covid-19 continuam a aumentar na região Centro, à semelhança do país, e levaram à criação de mais 32 camas em enfermaria, disse hoje fonte da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

13h26 - Quase toda a Europa reforçou medidas de combate e está confinada. As medidas para conter o aumento de infeções e mortes causadas pela Covid-19 estão a ser reforçadas em quase toda a Europa, onde a regra atual voltou a ser o confinamento geral. Veja aqui um apanhado de alguns dos países e das medidas que vigoram neste momento em cada um.

13h12 - Igreja suspende celebração de missas. A Igreja decidiu suspender as missas e a catequese devido à situação pandémica que se vive em Portugal. "Embora lamentando fazê-lo, a Conferência Episcopal Portuguesa determina a suspensão da celebração 'pública' da Eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021, bem como a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto, até novas orientações. As Dioceses das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira darão orientações próprias", lê-se em comunicado.

13h09 - Hospital de Viseu aumenta camas na unidade de cuidados intensivos. O Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) aumentou seis camas na unidade de cuidados intensivos, devido ao aumento de número de doentes com Covid-19, foi hoje anunciado.

12h59 - Rui Pinto rejeita tirar máscara para ser identificado por testemunha. O criador do 'Football Leaks', Rui Pinto, recusou hoje tirar a máscara de proteção quando lhe foi pedido pelo tribunal para ser identificado por uma testemunha, alegando razões sanitárias face ao agravamento da pandemia de Covid-19.

12h47 - Pandemia já matou mais de dois milhões de pessoas no mundo. A pandemia do novo coronavírus matou pelo menos 2.075.698 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias AFP a partir de fontes oficiais até às 11h00.

12h39 - Vaticano já vacinou primeiro grupo de pessoas sem-abrigo. O Vaticano vacinou esta quarta-feira o primeiro grupo de pessoas sem-abrigo. A vacina foi administrada a 25 pessoas, no átrio da sala Paulo VI, pode ler-se num comunicado.

12h36 - Escolas já estarão a ser notificadas dos fechos. O Notícias ao Minuto tem conhecimento de pelo menos um estabelecimento de ensino que já terá sido notificado da decisão de encerramento. A data indicada para o fecho será até dia 9 de março. De recordar que o Governo está reunido em Conselho de Ministros e que um dos temas em cima da mesa é a possibilidade de encerramento das escolas.

12h33 - Universidade de Lisboa encerra atividade presencial. A Universidade de Lisboa (UL) vai encerrar toda a atividade presencial, mas decidiu garantir a realização dos exames presenciais marcados para os próximos dias, disse hoje à agência Lusa o reitor, António Cruz Serra.

12h32 - Hospital de Braga com 148 internados tem taxa de ocupação "no limite". O Hospital de Braga conta com 148 doentes Covid-19 internados, 22 dos quais nos cuidados intensivos, estando com a lotação "praticamente esgotada", afirmou hoje o presidente do Conselho de Administração à Lusa.

12h17 - DGS alerta para números falsos que circulam nas redes sociais. A Direção-Geral de Saúde (DGS) alertou esta quinta-feira que "os números que estão a circular nas redes sociais relativamente aos casos de Covid-19 em Portugal são falsos". A autoridade de saúde lembra que "a informação oficial é a que consta no boletim da DGS, que será divulgado ao início da tarde, como habitualmente, após um processo aprofundado de verificação". 

12h11 - Surtos deixam lares de Tondela com poucos profissionais de saúde. A Câmara de Tondela alertou hoje que os surtos de covid-19 que se têm registado em lares de idosos estão a deixar estas estruturas sem profissionais de saúde em número suficiente para dar uma resposta adequada aos utentes. 

12h09 - "Governo insiste que problema são restaurantes e escolas". "Linha de Sintra esta manhã. Mas o governo insiste que o problema são os higienizados e controlados restaurantes, cabeleireiros, lojas e as exemplares escolas." Foi esta a reação de Joana Amaral Dias ao ver as imagens dos comboios que na manhã desta quarta-feira circularam na referida linha, com os passageiros a viajarem sem qualquer distanciamento em plena pandemia da Covid-19. 

11h48 - Comprou estas luvas? Não devem ser utilizadas, alerta o Infarmed. As SoundGloves foram detetadas na Alemanha e ainda não terão sido identificadas em Portugal, mas a autoridade deixa o alerta devido à livre circulação de produtos no Espaço Económico Europeu.

Notícias ao Minuto[SoundGloves]© Infarmed

11h46 - "Parece ter toda a razão ponderar-se fechar-se todas as escolas". Foi desta forma que Marcelo Rebelo de Sousa comentou, esta quinta-feira, em declarações aos jornalistas, a decisão que o Governo deverá anunciar depois da reunião de Conselho de Ministros sobre a evolução da Covid-19 em Portugal. Leia aqui em pormenor. 

11h42 - Noite complicada no Santa Maria. Ambulâncias voltaram a fazer fila. Foi mais uma noite complicada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Imagens partilhadas nas redes sociais mostram novas (e longas) filas de espera de ambulâncias que esperavam a sua vez para entregar os doentes que transportavam nas urgências da unidade hospitalar. Fonte do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) explicou ao Notícias ao Minuto que as filas de ambulâncias são reflexo da "grande pressão das últimas semanas". 

11h37 - Doente 'foge' de hospital com medo de contrair vírus. Morre dias depois. David Warner morreu depois de ter decidido sair do hospital, com receio de apanhar Covid-19 e poder infetar a sua bebé de 6 meses. O homem, de 27 anos, deslocou-se ao hospital, queixando-se de uma dor no peito, e foi submetido de imediato a um teste à Covid-19. David foi aconselhado a esperar pelo resultado numa sala com outros doentes mas, com receio de poder contrair a doença durante a espera, decidiu ir para casa. Teria receio de ser infetado e poder passar a doença à filha bebé. 

11h31 - Pedro Crispim testa positivo à Covid-19: "O cerco está a apertar". Pedro Crispim comunicou na sua conta de Instagram que testou positivo para a Covid-19, abordando o assunto e refletindo sobre esta nova realidade que continua a afetar tanta gente. "Inicialmente parecia uma realidade aparentemente distante, quase um Mundo paralelo, mas ele, o vírus passou a caminhar ao nosso lado, aqui e ali, em todos os sítios", nota.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Pedro Crispim (@pedro.crispim)

11h23 - Incêndio na maior fabricante de vacinas. Produção não foi afetada. O incêndio que deflagrou, esta quinta-feira, num edifício que se destinava à produção de vacinas contra o novo coronavírus, na Índia, não afetará a produção, reporta a Reuters. As instalações pertencem à empresa Serum Institute, a maior fabricante de vacinas do mundo.

11h10 - Vacinas. Estudo afirma que priorizar grupos de risco é insuficiente. De acordo com o estudo, realizado nos EUA, para diminuir as mortes por Covid-19 é necessário vacinar muitas pessoas e não descurar as medidas de isolamento, utilização de máscaras e restrições à mobilidade.

11h07 - "Temos os números mais negros do mundo e... não acontece nada?" Enfermeiro descreve o que ocorre nos hospitais e faz um apelo aos portugueses: "Peço-vos mais do que nunca que sejam tidas em consideração as normas sanitárias que continuam a ser sistematicamente ignoradas".

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por(@nuno.moreira.da.fonseca)

11h04 - Transferência de doentes já estava no plano do Santa Maria. O Hospital de Santa Maria esclareceu hoje que a transferência da Unidade de Ventilação Não Invasiva (não Covid) para o Pulido Valente estava prevista no plano do centro hospitalar e vai permitir instalar mais 10 camas de cuidados intensivos.

11h00 - Hospital Militar de Lisboa duplica capacidade com mais 140 camas. O polo de Lisboa do Hospital Militar duplicou a sua capacidade, com mais 140 camas, para ajudar a tratar doentes de Covid-19, anunciou hoje o Ministério da Defesa Nacional.

10h52 - Marcelo centrado na pandemia sem sair do papel de Presidente. Marcelo Rebelo de Sousa teve meia dúzia de iniciativas como candidato presidencial neste período oficial de campanha eleitoral, mas sem sair do papel de Presidente da República, centrando a sua mensagem no combate à propagação da Covid-19.

10h40 - Alemanha regista 20.398 novos casos de Covid-19 e 1.013 mortes num dia. A Alemanha reportou, esta quinta-feira, 20.398 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 1.013 óbitos. Desde o início da pandemia, 2.088.400 pessoas testaram positivo ao novo coronavírus, das quais 49.783 morreram.

10h35 - UE pode voltar a fechar fronteiras para travar propagação de variantes. O aumento de casos de infeção pelo novo coronavírus pode levar a um novo encerramento das fronteiras da União Europeia para travar a propagação das novas variantes do novo coronavírus, especialmente a identificada no Reino Unido, reporta o El País. 

10h32 - PSP pré-aposentados podem ser chamados para fiscalizar confinamento. A PSP decidiu dar prioridade absoluta à ação fiscalizadora das medidas do estado de emergência e pondera chamar ao serviço os polícias em pré-aposentação. Um despacho da direção nacional da PSP, a que a agência Lusa teve hoje acesso, determina que seja dada prioridade ação fiscalizadora do cumprimento das restrições impostas" pelo estado de emergência relativamente a outras ocorrências policiais que não coloquem em risco a integridade física ou a vida das pessoas e que sejam utilizadas "todas as valências" da polícia".

10h21 - Líderes europeus discutem certificados de vacinação e resposta à pandemia. Os líderes dos Estados-membros da União Europeia (UE) reúnem-se hoje para discutir uma resposta coordenada à pandemia de Covid-19, numa altura em que os casos estão a aumentar em toda a Europa e a vacinação acaba de arrancar.

10h12 - Governo decide hoje encerrar todas as escolas a partir de amanhã. O Governo vai decidir hoje, em Conselho de Ministros, o encerramento de todos os estabelecimentos de ensino, do Básico ao Superior, com efeitos a partir de sexta-feira, disse à agência fonte do executivo. "A informação que o Governo recebeu na quarta-feira, após reunião com epidemiologistas, foi considerada muito relevante e determinante para a decisão, tendo em conta o crescimento da variante britânica do novo coronavírus em Portugal", salientou. 

Com esta medida, o objetivo principal do Governo, "é isolar todo o sistema escolar", já que, "não havendo aulas, evita-se que as pessoas sejam forçadas a sair de casa".

10h10 - Presidente da Câmara de Cascais aconselha pais a não deixarem filhos ir à escola. O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, aconselhou os encarregados de educação a não permitir que os filhos frequentem aulas presenciais a partir de hoje, devido ao contexto pandémico, de acordo com uma nota no Facebook.

10h08 - Menos vacinas compradas? "Não há razão para não estarmos tranquilos". O presidente do Infarmed assegurou, esta quinta-feira, que "não há aqui nenhuma razão para não estarmos tranquilos quanto às quantidades contratadas pelo país para a vacinação". A reação surge depois de o Jornal de Negócios ter avançado que Portugal deixou de lado cerca de 800 mil doses de vacinas da Moderna contra a covid-19.

10h07 - António Costa fala ao início da tarde. O Governo está reunido por videochamada desde as 9h30 em Conselho de Ministros. Em causa estão mais medidas de combate à Covid-19, nomeadamente um eventual encerramento das escolas. Espera-se uma declaração de António Costa ao país às 13 horas. 

10h00 - Bom dia! Começamos aqui um novo registo onde poderá acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Para aceder às notícias da tarde de ontem, clique aqui

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório