Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

Doente ‘foge’ de hospital com medo de contrair vírus. Morre dias depois

David receava apanhar Covid-19 na sala de espera do hospital.

Doente ‘foge’ de hospital com medo de contrair vírus. Morre dias depois

David Warner morreu depois de ter decidido sair do hospital, com receio de apanhar Covid-19 e poder infetar a sua bebé de 6 meses.

O homem, de 27 anos, deslocou-se ao hospital, queixando-se de uma dor no peito, e foi submetido de imediato a um teste à Covid-19. David foi aconselhado a esperar pelo resultado numa sala com outros doentes mas, com receio de poder contrair a doença durante a espera, decidiu ir para casa.

David teria receio de ser infetado e poder passar a doença à filha bebé. 

O homem acabou por morrer em casa, no dia 16 de janeiro. O anúncio da sua morte foi feito pela mulher, que lançou uma campanha de angariação de fundos, para suportar as despesas do seu funeral.

Segundo o Mirror, o resultado do teste de Covid-19 de David só foi conhecido após a sua morte e era negativo.

A mulher diz-se revoltada por o homem não ter tido o tratamento de que precisava, porque, para isso, teria que se arriscar a ser vitima da Covid-19. Algo que ele preferiu não arriscar em prol da saúde da sua família.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório