Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: Perito prevê 14 mil casos por dia cá; Menos casos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Perito prevê 14 mil casos por dia cá; Menos casos no Brasil

Portugal contabilizou esta segunda-feira 167 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas relacionados com a Covid-19, e 6.702 novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

O boletim epidemiológico da DGS revela também que foram ultrapassados os cinco mil internamentos hospitalares por causa da doença, estando 5.165 pessoas internadas, das quais 664 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, dois valores que são novos máximos.

Face ao recrudescimento de novos casos e ao aumento exponencial de mortes, o Governo reuniu esta tarde num Conselho de Ministros extraordinário, do qual resultou o agravamento das medidas de restrição.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de terça-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h41 - Reforço de medidas do Governo "sem grande inovação". O reforço de algumas medidas adotadas pelo Governo no período de confinamento geral devido ao contexto pandémico são "uma espécie de clarificação" sem "grande inovação", disse hoje o presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANSMP).

23h07 - Mortes aumentam em 30 estados norte-americanos e no distrito federal. As mortes por Covid-19 estão a aumentar em trinta estados norte-americanos, à medida que se aproxima da barreira dos 400 mil óbitos, quando surgem alertas de uma nova estirpe altamente contagiosa.

22h54 - Portugal recebeu hoje mais 48 mil doses da vacina Pfizer. hegaram, esta segunda-feira, mais 48 mil doses da vacina produzida pela Pfizer a Portugal, avançou, esta noite, a RTP.

22h33 - Marcelo considera que restrições ao fim de semana são "passo importante". O Presidente da República e recandidato ao cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que as medidas mais restritivas aplicadas nos fins de semana anunciadas pelo Governo são "um passo importante" para travar a propagação da Covid-19.

22h01 - Perito prevê 14 mil casos e 200 mortos por dia já para a semana. Manuel Carmo Gomes, especialista da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, adiantou, esta segunda-feira, que espera-se que o país chegue "aos 14 mil casos diários" e aos "200 óbitos por dia", já para na próxima semana, "por volta do dia 24 de janeiro".

21h51 - Madeira com mais duas mortes e 148 novos infetados soma 1.680 ativos. A Madeira registou hoje mais dois óbitos associados à Covid-19, elevando o número de vítimas mortais para 29, num dia em que foram reportados 148 novos infetados e um total de 1.680 ativos, revelou a Direção Regional de Saúde.

21h49 - Contágios e mortes descem no Brasil, total de óbitos acima dos 210 mil. Ministério da Saúde brasileiro notificou, esta segunda-feira, mais 23.671 casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação a domingo (33.040) e a sábado (64.718). Sublinhe-se, porém, que durante o fim de semana algumas secretarias de Saúde não reportam dados sobre a Covid-19, o que resulta em subnotificação. A tutela reporta ainda mais 452 mortos nas últimas 24 horas, uma descida em relação a domingo (551), sendo que nos cinco dias anteriores foram reportadas mais de mil vítimas mortais por dia.

21h28 - Médico que defendia cloroquina admite que não reduz mortalidade da Covid-19. Didier Raoult, o médico francês que publicou estudos controversos que, na sua perspetiva, demonstravam a eficácia da hidroxicloroquina contra o novo coronavírus, admitiu, pela primeira vez, que o tratamento não reduz a mortalidade da Covid-19, seis meses depois da Organização Mundial de Saúde (OMS) ter chegado à mesma conclusão.

21h25 - Comércio do centro histórico tem sido o mais fustigado em Lisboa. Os comerciantes do centro histórico de Lisboa têm sido os mais fustigados em termos de quebra de faturação, em comparação com outras zonas da capital, avançou hoje a presidente da União de Associações do Comércio e Serviços (UACS).

20h53 - OMS: Distribuição de vacinas põe mundo à beira de catástrofe moral. O mundo está à beira de um "fracasso moral catastrófico" devido à desigualdade na distribuição das vacinas contra o novo coronavírus, disse, esta segunda-feira, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), apelando aos países e aos fabricantes para que distribuam as doses de maneira mais justa.

20h40 - Um São Jorge vazio para Marisa dar palco à urgência dos apoios na cultura. As cadeiras vermelhas vazias do Cinema São Jorge, em Lisboa, representam a situação muito difícil que os profissionais da cultura atravessam em tempo de pandemia, cuja falta de resposta do Estado é criticada pela candidata presidencial bloquista Marisa Matias.

20h39 - Fecho das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública". O encerramento das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública a ser tomada" perante a existência de um "teto falso" na deteção de novos casos e o aparecimento da variante inglesa, defendeu hoje um especialista.

20h38 - "Estamos a viver o momento mais grave da pandemia". António Costa leva ao Twitter o novo quadro de restrições hoje anunciadas.

20h37 - Costa assume "má organização" do voto antecipado em alguns concelhos. O primeiro-ministro defendeu hoje que correu globalmente bem no domingo o voto antecipado para as eleições presidenciais, embora reconheça deficiências de organização em alguns concelhos, e recusou-se a comentar a realização de jantares de campanha em pandemia.

20h36 - Agravar da pressão sobre SNS obriga a "multiplicar soluções de recurso". As previsões para os próximos dias são de aumento do número de mortes por Covid-19 e agravamento da pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde (SNS), o que obrigará a "multiplicar soluções de recurso", disse hoje o primeiro-ministro.

20h35 - Tiago Mayan diz que Governo só gere o momento e fá-lo mal. O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves disse hoje que o Governo "só sabe gerir o momento" e "fá-lo mal", em reação às novas medidas de combate à Covid-19 anunciadas, e considerou "inaceitável" imputar responsabilidades aos cidadãos.

20h34 - Faculdades de medicina defendem ensino presencial e vacinação de alunos. O Conselho das Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) defende a continuação de um ensino médico "o mais presencial possível" e a vacinação dos alunos que estão em "ambiente hospitalar", disse hoje à Lusa o presidente, Henrique Cyrne Carvalho.

20h33 - Utentes e funcionários dos lares de Lisboa começaram hoje a ser vacinados. Cerca de 400 utentes e funcionários dos lares de idosos de Lisboa começaram hoje a ser vacinados contra a Covid-19, anunciou a Câmara Municipal, tendo o processo arrancado no Lar da Mitra.

20h32 - Supermercados e mercearias abertos até às 17h nos fins de semana. O Governo reajustou os horários dos estabelecimentos cuja atividade não está suspensa, determinando que podem funcionar até às 20h durante a semana e até às 13h ao fim de semana, exceto supermercados que podem funcionar até às 17h.

20h31 - Marcelo dramatiza confinamento em dia recorde de mortos Covid-19. Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente e recandidato, dramatizou hoje, pelo segundo dia consecutivo, o apelo ao respeito pelo confinamento para travar a pandemia do novo coronavírus, que hoje fez um recorde de 167 mortos.

20h30 - Hospital de Cascais com taxa de ocupação de camas de 100%. O Hospital de Cascais encontra-se com uma taxa de ocupação de 100% para doentes Covid-19 em enfermaria e Unidade de Cuidados Intensivos, segundo dados divulgados hoje à agência Lusa pela unidade hospitalar.

19h31 - ERS alerta privados para procedimentos que condicionam acesso a exames. A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) alertou os hospitais privados com convenções com o Serviço Nacional de Saúde para o "incumprimento contratual" que resulta da adoção de procedimentos internos que condicionem a realização de exames médicos.

19h30 - Garcia de Orta adicionou 5 novas camas a ala Covid, mas já estão ocupadas. O Hospital Garcia de Orta, em Almada, converteu mais cinco camas para 'doentes Covid-19', que já estão todas ocupadas, estando hoje internados 176 doentes infetados com o vírus SARS-CoV-2.

19h29 - Aumento de casos na Madeira é repercussão do fim do ano. O presidente do Governo da Madeira afirmou hoje que o aumento de casos de Covid-19 registado nos últimos dias na região é resultado das celebrações do fim do ano, assegurando fiscalização mais apertada nos bares aos fins de semana.

19h28 - Cinco positivos e dois inconclusivos nos testes a 247 alunos de Silves. Os testes à Covid-19 realizados no sábado a 247 alunos de 10 turmas de um agrupamento de escolas de Silves detetaram cinco casos positivos e dois inconclusivos, revelou hoje a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve.

19h27 - Suíça põe dois hotéis em quarentena devido a nova variante do SARS-CoV-2. As autoridades suíças anunciaram esta segunda-feira que colocaram dois hotéis da popular estância de esqui de Saint Moritz em quarentena após ter sido detetada uma das novas variantes do coronavírus, adianta a Associated Press.

19h02 - França reporta 3.736 casos de Covid-19 e mais 404 vítimas mortais. Direção-Geral de Saúde de França indicou esta segunda-feira que 3.736 pessoas testaram positivo para o coronavírus desde ontem. Um número significativamente mais baixo do que os que têm sido divulgados últimos dias. No entanto, é normal à segunda-feira o reporte de casos ser inferior devido a atrasos no fim de semana na partilha dos dados das diferentes regiões.

18h51 - Surto em lar de Arruda dos Vinhos com 90 casos ativos. O número de infetados por covid-19 no lar da Cartaxaria da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos chegou aos 102, mas situa-se atualmente nos 90, depois de oito terem morrido e quatro recuperado, disse hoje o provedor.

18h47 - Escolas vão manter-se abertas com ensino presencial, anuncia Costa. O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que as escolas vão manter-se abertas em ensino presencial, lembrando que "as ondas de crescimento de pandemia" ocorreram em tempos de pausa letiva.

18h43 - Primeira toma da vacina nos lares poderá ser concluída no final da próxima semana. O Governo quer concluir a primeira toma da vacina contra a Covid-19 nos lares de idosos até ao final da próxima semana, adiantou hoje o primeiro-ministro, que disse existirem condições para acelerar o processo nestas instituições.

18h34 - Espanha regista 84 mil novas infeções e 455 óbitos desde sexta-feira. Ministério da Saúde espanhol referiu esta segunda-feira que foram detetados 84.287 novos casos de Covid-19 e morreram 455 pessoas desde sexta-feira. Espanha totaliza assim 2.336.451 casos confirmados e 53.769 vítimas mortais.

18h33 - Jovens dos 18 aos 24 anos são grupo com maior incidência de infeção. Os jovens dos 18 aos 24 anos são o grupo etário com maior incidência de novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo um estudo do matemático Carlos Antunes, que alerta para o agravamento da situação nos adolescentes.

18h18 - Os portugueses "estão a viver o momento mais grave da pandemia". "Não é aceitável este movimento de pessoas continue. Impõe-se clarificar normas de restrição da circulação e alargar o quadro restritivo das medidas", declarou António Costa. Logo nas suas primeiras palavras, o primeiro-ministro afirmou que os portugueses "estão a viver o momento mais grave da pandemia".

17h50 - "Neste momento está em causa a vida e a saúde de cada um de nós". António Costa já fala ao país. O primeiro-ministro indicou que "o que está verdadeiramente em causa é a saúde e a vida de cada um de nós e das pessoas que nos rodeiam" e que a prioridade, neste momento, é "proteger a saúde de todos, salvar a vida de cada uma". Eis alguns destaques:

17h35 - China regista casos importados de Portugal e Moçambique. A China registou no domingo dois casos importados de Covid-19 de países lusófonos, tratando-se de uma mulher vinda de Portugal e um homem vindo de Moçambique, ambos cidadãos chineses.

17h34 - Livre pede melhor comunicação e mais proteção social. O Livre pediu hoje ao governo melhor comunicação, mais proteção social e expansão da capacidade hospitalar, medidas de combate à Covid-19 que considera essenciais enquanto não se sentem os efeitos do confinamento.

17h33 - Lar privado em Redondo com quase todos os utentes infetados. A quase totalidade dos 22 utentes de um lar privado em Redondo, no distrito de Évora, ficou infetada com o vírus da Covid-19 e registou-se um óbito associado à doença, disse hoje o presidente da câmara.

17h31 - Hospital de campanha em Viseu recebe hoje os primeiros doentes. O Hospital de Campanha do Fontelo, em Viseu, recebe hoje os primeiros doentes de Covid-19, que são transferidos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV), disse à agência Lusa fonte hospitalar.

17h07 - Pode seguir as declarações do primeiro-ministro aqui:

16h56 - Conselho de Ministros. De acordo com a SIC Notícias, a reunião do Conselho de Ministros determinou a proibição de venda de produtos ao postigo, para evitar aglomerações nos estabelecimentos. As escolas permanecerão aberta e haverá mais policiamento nas ruas.

16h49 - “Confinamento não é ir a casa de amigos. É ficar na sua casa”. GNR apela ao cumprimento do confinamento domiciliário, algo essencial para que o SNS não entre em colapso.

16h41 - Bolsonaro diz que vacina CoronaVac "é do Brasil, não de um governador". O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse hoje que a CoronaVac, imunizante contra a Covid-19 cujo uso emergencial foi aprovado no domingo pelas autoridades sanitárias do país é uma vacina "do Brasil, não é de nenhum governador".

16h40 - Morreu idosa de 92 anos de Lar de Ponte de Lima. Uma mulher de 92 anos morreu hoje no lar da Casa do Povo de Freixo, em Ponte de Lima, distrito de Viana do castelo, sendo que mais 34 utentes e três funcionárias estão infetados com o vírus SARS-CoV-2.

16h38 - Oeste no limite da capacidade mas com urgências mais controladas. O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) está no limite da capacidade de internamento de doentes infetados pelo novo coronavírus, com apenas uma cama livre, mas a situação nas urgências está controlada, segundo a administração.

16h36 - Casos diários em Itália abaixo dos 10 mil pela primeira vez em janeiro. A proteção civil italiana anunciou esta segunda-feira que foram diagnosticados 8.824 novos casos de Covid-19 no espaço de 24 horas. Esta foi a primeira vez que o número de casos diários em Itália ficou abaixou dos 10 mil no mês de janeiro. Os dados divulgados mostram que morreram mais 377 pessoas.

16h25 - Especialistas dizem que OMS e Pequim deviam ter reagido mais cedo. A Organização Mundial de Saúde e Pequim deviam ter reagido mais rapidamente à pandemia, concluiu o grupo de especialistas responsável por avaliar a resposta mundial, referindo que a disseminação da Covid-19 beneficiou da falta de divulgação de informação.

16h15 - CDS diz que confinamento está a ser "fiasco" e pede medidas mais severas. O presidente do CDS-PP defendeu hoje medidas mais apertadas para fazer face à pandemia de Covid-19, criticando que o confinamento em vigor desde sexta-feira esteja a ser "um verdadeiro fiasco".

15h45 - Torres Vedras cancela todos os festejos de Carnaval. A Câmara de Torres Vedras cancelou todos os festejos de Carnaval devido à pandemia de Covid-19, o que ocorre pela segunda vez em quase um século de tradições, foi hoje anunciado em comunicado.

15h20 - 14 mortos, 135 infetados e 23 recuperados no hospital de Torres Vedras. O surto de Covid-19 associado ao hospital de Torres Vedras registou 15 novos casos positivos, e mais mortes e recuperados nos últimos dois dias, aumentando para um total de 172 casos confirmados, segundo o mais recente boletim epidemiológico do concelho.

15h18 - Surto no Lar São José de Torres Vedras com 142 infetados e sete mortes. O Lar de São José, em Torres Vedras, registou mais 26 infetados por covid-19 nas últimas 24 horas, contando agora com 142 casos ativos e sete mortos, segundo o último boletim epidemiológico do concelho.

15h15 - Lar em Vila Nova de Cerveira regista quatro mortes. Quatro dos 41 utentes do Lar Maria Luísa, da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, infetados com o vírus SARS-CoV-2 morreram nos últimos três dias, disse hoje à Lusa o provedor.

15h10 - Governo não previu onda? "Não previmos. Assumo máxima responsabilidade". Presidente da República chamou novamente a si a responsabilidade do combate à pandemia da Covid-19 no país. Numa visita à Santa Casa da Misericórdia da Azambuja, Marcelo alertou ainda para o facto de o processo de vacinação ser longo.

15h05 - Número de doentes internados a crescer desde 2 de janeiro. O boletim epidemiológico da DGS revela também que foram ultrapassados os cinco mil internamentos hospitalares por causa da doença, estando 5.165 pessoas internadas, mais 276 do que no domingo, das quais 664 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 17, dois valores que são novos máximos. Desde o dia 2 de janeiro que o número de internados não é revisto em baixa, com um máximo diário no balanço de novas hospitalizações esta segunda-feira (mais 276). A mesma coisa acontece com o balanço de internados nos UCI, com a exceção de dia 13 de janeiro (menos 3 internados em UCI).

15h01 - Novo máximo diário de óbitos em Portugal. Portugal contabilizou esta segunda-feira 167 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas relacionados com a Covid-19, e 6.702 novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Portugal passa as 9 mil mortes; Risco extremo quase triplicou

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório