Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Conheça as proibições e as novas (e mais apertadas) regras

O Governo aprovou esta segunda-feira em Conselho de Ministros medidas adicionais ao confinamento geral decretado no passado dia 15. Confira aqui as novas proibições e regras anunciadas pelo primeiro-ministro.

Conheça as proibições e as novas (e mais apertadas) regras

O primeiro-ministro anunciou esta segunda-feira, que vão ser reforçadas as medidas de contenção da pandemia por "muitos danos que causem na economia" porque "cada um tem de fazer a sua parte para que no conjunto possamos recuperar o mais rapidamente possível os níveis de segurança na sociedade".

António Costa falava em conferência de imprensa, em São Bento, no final de um Conselho de Ministros extraordinário, que decorreu por videoconferência, no quarto dia após terem entrado em vigor as medidas do Governo de confinamento geral.

A verdade é que, de acordo com o líder do Executivo, entre sexta-feira e domingo, registou-se uma redução da movimentação das pessoas na ordem dos 30% em relação ao mesmo período da semana anterior - um resultado que considerou insuficiente.

"Não é aceitável este movimento de pessoas continue. Impõe-se clarificar normas de restrição da circulação e alargar o quadro restritivo das medidas", declarou António Costa, reforçando que atravessamos "o momento mais grave da pandemia".

Neste sentido, e face a este cenário, eis as regras mais apertadas que vão passar a estar em vigor:

Referiu ainda António Costa que as autoridades "vão reforçar a fiscalização" destas novas regras. Saliente-se, porém, que ainda não há uma data oficial para a entrada destas medidas em vigor, assumiu o primeiro-ministro, explicando que o decreto ainda tem de ser enviado ao Presidente da República e, consequentemente, de ser aprovado pelo chefe de Estado.

Reveja aqui a declaração do primeiro-ministro António Costa

[Notícia atualizada às 20h00]

Leia Também: "Não é aceitável mantermos este nível de circulação", avisa António Costa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório