Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Supermercados e mercearias abertos até às 17h nos fins de semana

O Governo reajustou os horários dos estabelecimentos cuja atividade não está suspensa, determinando que podem funcionar até às 20h durante a semana e até às 13h ao fim de semana, exceto supermercados que podem funcionar até às 17h.

Supermercados e mercearias abertos até às 17h nos fins de semana
Notícias ao Minuto

19:40 - 18/01/21 por Lusa

Economia Covid-19

Os novos horários foram anunciados hoje pelo primeiro-ministro, António Costa, no final de um Conselho de Ministros extraordinário em que o Governo aprovou um reforço das medidas relacionadas com o confinamento geral que entrou em vigor às 00:00 da passada sexta-feira.

"Todos os estabelecimentos de qualquer natureza devem encerrar às 20:00 horas nos dias úteis e 13:00 horas ao fim de semana, com exceção do retalho alimentar que aos fins de semana poderá prolongar-se até às 17:00 horas", precisou António Costa.

Precisando que estes primeiros dias em que vigorou o novo confinamento geral mostraram que havia "abusos" no cumprimento das medidas aprovadas no passado dia 13, o primeiro-ministro adiantou que as regras hoje delineadas "vão ser acompanhadas pelo reforço da fiscalização" por parte das autoridades e das forças de segurança, a quem foi dada indicação de maior visibilidade na via pública.

O Conselho de Ministros aprovou no passado dia 13 novas medidas para controlar a pandemia de covid-19, entre as quais o dever de recolhimento domiciliário e restrições à circulação da população, obrigatoriedade do teletrabalho e encerramento do comércio, com exceção dos estabelecimentos de bens e serviços essenciais.

Hoje o Governo juntou-lhes a proibição de circulação entre concelhos ao fim de semana.

As regras gerais passam por ficar em casa, limitar os contactos ao agregado familiar, reduzir as deslocações ao essencial, usar máscara de proteção, manter o distanciamento físico, lavar as mãos e cumprir etiqueta respiratória.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.031.048 mortos resultantes de mais de 94,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: "Não é aceitável mantermos este nível de circulação", avisa António Costa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório