Meteorologia

  • 08 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

“Confinamento não é ir a casa de amigos. É ficar na sua casa”

GNR apela ao cumprimento do confinamento domiciliário, algo essencial para que o SNS não entre em colapso.

“Confinamento não é ir a casa de amigos. É ficar na sua casa”

Tal como os profissionais de saúde, os decisores políticos e as autoridades de saúde, a Guarda Nacional Republicana (GNR) deixou, esta segunda-feira, um apelo aos portugueses para que cumpram o confinamento.

Apesar de já estarmos há quase um ano a lidar com uma pandemia, tal como sublinha a GNR, esta não é a altura de desistir de cumprir as medidas sanitárias tomadas pelo Governo, no âmbito do aumento do número de infeções por Covid-19.

O país regista há vários dias mais de 10 mil casos diários e contabiliza, diariamente, mais de 100 vítimas mortais que sucumbiram ao novo coronavírus, por isso, a regra tem de ser mesmo “ficar em casa”, de forma a evitar o colapso do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e, consequentemente, mais mortes.

Assim sendo, tal como relembra hoje a GNR, “confinamento não é ir almoçar a casa da mãe, ir visitar os avós, ir a casa de amigos. É ficar na sua casa”.

“Não baixe a guarda! Nesta batalha contra este inimigo invisível, não desista, não desanime, cumpra as recomendações das autoridades e fique em casa”, acrescentam ainda os militares.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório