Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Médicos chineses condenados à prisão após colheita ilegal de órgãos

Pelo menos seis pessoas foram condenadas a pena de prisão.

Médicos chineses condenados à prisão após colheita ilegal de órgãos

Seis pessoas, incluindo vários médicos foram condenados a uma pena de prisão, na China, por colherem ilegalmente órgãos de vítimas de acidentes. Segundo os meios de comunicação locais, citados pela BBC, o grupo enganava as famílias a pensar que os mortos tinham autorizado a doação dos seus órgãos oficialmente.

Entre 2017 e 2018 removeram fígados e rins de onze pessoas num hospital na provincia de Anhui.Este grupo de tráfico de órgãos incluía quatro médicos de altos cargos.

Os visados eram vítimas de acidentes de carro ou pacientes que tinham sofrido de hemorragias cerebrais. O corpo era levado, a meio da noite, para uma carrinha no exterior do hospital, que aparentava ser uma ambulância, onde os médicos removiam os órgãos. Eram depois vendidos a indivíduos ou outros hospitais que os membros do grupo tinham contactado secretamente.

O chefe da Unidade de Cuidados Intensivos do hospital, Yang Suxun, abordava os familiares e perguntava se consentiam em doar os órgãos dos seus entes queridos. As pessoas assinavam, o que viria a descobrir-se-ia mais tarde, serem formulários de consentimento falsos.

A operação foi descoberta quando o filho de uma das vítimas suspeitou. Vários meses depois de a mãe ter morrido, em 2018, foi consultar os documentos que a família tinha recebido quando concordou com a doação de órgãos e encontrou discrepâncias nos formulários - incluindo secções em branco. Após contactar as autoridades de saúde locais percebeu que estes nunca tinham dado entrada ou ficado registados em nenhum serviço.

Em entrevista a um jornal local, o homem diz que assim que confrontou o responsável do hospital foi-lhe oferecido de imediato uma grande soma de dinheiro para ficar em silêncio, mas acabou por alertar as autoridades.

A China está a lutar conta uma grande escassez de órgãos e não tem conseguido cumprir a procura apenas com as doações públicas.

Leia Também: Transplante bem sucedido após acidente com helicóptero que levava coração

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório