Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2021
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

AO MINUTO: Há 12.728 casos ativos em Portugal. 5 mortes, todas em LVT

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Há 12.728 casos ativos em Portugal. 5 mortes, todas em LVT

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 214 novos casos confirmados de Covid-19 em relação a segunda-feira. De acordo com o boletim da DGS sobre a situação epidemiológica no país, registam-se já 54.448 casos de infeção confirmados e 1.784 mortes.

A autoridade de Saúde comunicou, ainda, que existem, neste momento, 12.728 casos ativos (mais 73 em relação à véspera) no país, dos quais 336 estão hospitalizados (não houve aumento neste dado).

Consulte ainda os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h50 - Este registo terminou. Pode continuar a acompanhar as atualizações desta terça-feira aqui.

15h27 - Quase 60% dos casos em Lisboa e Vale do Tejo. Dos 214 casos de infeção que hoje foram confirmados pela DGS, 128 são referentes a Lisboa e Vale do Tejo (59,8%).

15h06 - Mais cinco mortes, todas em Lisboa e Vale do Tejo. Todas as mortes registadas nas últimas 24 horas são referentes à região de Lisboa e Vale do Tejo, que agora contabiliza 637 desde o início da pandemia. A região com mais vítimas mortais continua a ser o Norte (840).

14h42 - Atualização em Portugal. O país registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 214 novos casos. Desde o início da pandemia, Portugal regista 1.784 vítimas mortais e 54.448 infetados.

14h31 - Ministra vai continuar a trabalhar "para proteger quem precisa". A ministra da Solidariedade e Segurança Social afirmou hoje que a sua "missão é proteger quem precisa" e que é "nesse sentido" que vai continuar a trabalhar, quando questionada pela polémica dos casos de Covid-19 em lares de idosos.

14h25 - França impõe uso de máscara em espaços fechados das empresas. O uso da máscara de proteção contra infeções por Covid-19 vai ser obrigatório até ao final de agosto em "todos os espaços fechados e partilhados" das empresas em França, disse hoje a ministra do Trabalho, Elisabeth Borne.

A medida foi decidida devido ao risco de disseminação da Covid-19 através dos aerossóis (gotículas finas suspensas no ar), sendo que, até agora, o uso da máscara no trabalho era apenas recomendado quando era tecnicamente impossível cumprir o distanciamento de um metro entre cada pessoa.

13h54 -  Com a pandemia, raparigas sofrem mais pressão para casar. A Plan International, uma organização não-governamental (ONG) internacional, considerou hoje que as raparigas moçambicanas se sentem mais pressionadas pelos familiares a casar cedo devido ao agravamento da situação económica provocada pela pandemia de Covid-19.

13h52 - Balanço mundial. A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 774.832 pessoas e infetou mais de 21,9 milhões em todo o mundo, desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, baseado em dados oficiais.

13h50 - Viajar com teste pré-embarque? Missão quase impossível em Luanda. Viajar com um teste de Covid-19 negativo, uma exigência para quem regressa a Portugal proveniente de Luanda, é uma obrigação quase impossível de cumprir, face às dificuldades no agendamento e obtenção de resultados e custos elevados.

13h40 OMS afirma que população está longe de alcançar imunidade de grupo. O planeta ainda está longe de alcançar a imunidade coletiva ao novo coronavírus que permita que um grande número de pessoas com anticorpos impeça a propagação da doença Covid-19, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

"Não devemos viver na esperança de alcançar a imunidade coletiva", afirmou o diretor de emergência sanitária da OMS Michael Ryan, na conferência de imprensa de hoje em Genebra. "Como população global, não estamos nem perto dos níveis de imunidade necessários para impedir a transmissão desta doença. Esta não é uma solução e não é uma solução que devemos procurar", acrescentou.

13h37 PSD pede relatórios sobre lar de Reguengos. O PSD quer que sejam divulgados os relatórios sobre o lar de Reguengos de Monsaraz onde houve um surto de Covid-19 e morreram 18 idosos, para que "toda a verdade seja apurada" sobre este caso.

13h26 Sobe para 46 número de casos positivos na vila alentejana de Mora. O número de pessoas infetadas com Covid-19 na vila alentejana de Mora subiu hoje para 46, mais quatro do que na segunda-feira, disse à agência Lusa o presidente do município.

13h07 Ovar entre a recuperação e críticas ao 'show off', 4 meses após o cerco. Comerciantes de Ovar dividem-se quanto ao estado da economia local e, hoje que decorrem quatro meses após o cerco imposto pela Covid-19, uns dizem estar em recuperação e outros criticam a autarquia por 'show off' e "desinteresse" na realidade.

13h06 TAP justifica adiamento de datas na rota Luanda-Lisboa com restrições. A TAP justificou hoje o cancelamento e adiamento dos voos que tinha previsto na rota Luanda-Lisboa com o prolongamento das restrições aos voos regulares em Angola, anunciando a intenção de operar duas ligações semanais.

13h04 Costa rejeita "polémicas artificiais" e mantém confiança na ministra. Na sequência da polémica que se instalou em torno da ministra Ana Mendes Godinho, que admitiu não ter lido o relatório sobre o surto no lar de Reguengos de Monsaraz onde morreram 18 pessoas, António Costa defendeu, esta terça, que "não vale a pena pedirem a demissão de um membro do Governo porque, quando não tiver confiança,  resolvo o problema".

13h03 Polícia deteve líder de grupo de falsificadores de teste da Covid-19. A polícia angolana deteve, em Luanda, o principal mentor de um grupo que falsificava comprovativos de testes da Covid-19, foi hoje anunciado pelas autoridades.

13h02 Após a Covid-19, esforço de reconstruir Europa é semelhante ao pós-guerra. O esforço de reconstruir a Europa depois da pandemia do novo coronavírus será semelhante ao esforço de reconstrução que se seguiu à II Guerra Mundial. O ponto de vista é do antigo presidente do Banco Central Europeu (BCE) Mário Draghi, que considera que o 'bloco' deve reafirmar os seus valores mesmo perante os desafios. 

12h17 Timor-Leste novamente livre de casos depois de doente infetado recuperar. Timor-Leste está hoje novamente livre de casos de Covid-19 depois de o último doente diagnosticado, um cidadão indonésio, ter recuperado, segundo os dados oficiais do Ministério da Saúde divulgados hoje.

12h15 - "Lares têm sido uma prioridade total". Depois da polémica em torno do relatório sobre o surto num lar que admitiu não ter lido, a ministra do Trabalho afirmou, esta terça-feira, que os lares "têm sido uma prioridade total do Governo".

"Toda a informação foi remetida ao Ministério Público. É nessa sede de processo que devem ser analisadas todas as matérias que constam dos relatórios produzidos (...) claramente, o que estamos a fazer é reforçar todos os meios", disse Ana Mendes Godinho. 

12h14 - Criança morre na Argentina após ingerir 'cura' sugerida por apresentadora de televisão. A apresentadora argentina Viviana Canosa está no centro da polémica desde que levou para o seu programa - 'Nada Personal' -, uma garrafa que, de acordo com a mesma, continha dióxido de cloro - um composto químico, potencialmente perigoso - que alegou ser uma potencial cura para o novo coronavírus. Após ingerir a bebida em direto, uma criança de cinco anos repetiu a ação, acabando por morrer, reporta o jornal argentino La Nacion.

12h13 Governo grego espera ter vacinas a partir de dezembro. O ministro da Saúde da Grécia manifestou hoje a esperança de receber em dezembro as primeiras doses da vacina contra a Covid-19, na sequência de um acordo entre a União Europeia e a indústria farmacêutica.

11h29 - Mil trabalhadores não docentes vão renovar os contratos. São cerca de mil os trabalhadores não docentes que vão renovar os contratos com o Estado por mais um ano. Este é um número que, no entanto, fica aquém das expectativas da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas.

10h58França pressiona Reino Unido impondo quarentena a viajantes ingleses. As autoridades francesas querem que o Reino Unido suspenda a quarentena imposta no sábado aos viajantes com origem em França, tendo adotado medidas semelhantes para mostrar que os britânicos também têm interesse em manter a livre circulação.

10h52Mais 183 infetados no surto ligado a igreja na Coreia do Sul. Mais 183 pessoas infetadas pelo novo coronavírus foram hoje identificadas em Seul, todas ligadas à igreja presbiteriana Sarang Jeil, representando um total de 457 infeções neste surto na Coreia do Sul, anunciaram as autoridades locais.

10h51 Militares portugueses entregam 200 kits de colheita no Afeganistão. Os militares do Exército Português, integrados na missão da NATO "Resolute Support", no Afeganistão, entregaram 200 'kits' de colheita para testes à Covid-19 no hospital da base militar do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul.

10h47 Número de mortes em África sobe 266 para 25.884. O número de mortes em África devido à pandemia de Covid-19 subiu para 25.884, mais 266 face a segunda-feira, e as infeções aumentaram para 1.128.245, mais 9.431.

10h12 Vírus transmitidos pelo ar propagam-se através de poeiras e partículas. Vírus transmitidos pelo ar como o da gripe (influenza) podem propagar-se através do pó, fibras e outras partículas microscópicas, segundo uma investigação da Universidade de Califórnia divulgada esta terça-feira, com implicações na transmissão do novo coronavírus.

"É realmente chocante para a maioria dos virologistas e epidemiologistas que partículas de pó transmitidas pelo ar, ao invés de gotículas de respiração, possam transportar o vírus 'influenza' com capacidade para infetar animais", disse, citado em comunicado, o professor William Ristenpart, da Universidade da Califórnia, um dos investigadores que liderou o estudo da Universidade da Califórnia e da faculdade de Medicina Icahn School of Medicine do Hospital de Monte Sinai hoje publicado no boletim científico 'Nature Communications'.

9h28 Mutação mais infecciosa pode ser "uma coisa boa", explica especialista. Evidências sugerem que a proliferação da mutação D614G em algumas partes do mundo coincidiu com uma queda nas taxas de mortalidade.

9h06 Empresas em lay-off podem fazer rescisões por mútuo acordo. As empresas que estiveram abrangidas pelos apoios criados no âmbito da Covid-19 não podem avançar para despedimentos coletivos ou por extinção do posto de trabalho, mas podem avançar com rescisões por mútuo acordo, noticia o Jornal de Negócios

9h05 O desenho da recuperação: Governo quer "sugestões, visões e contributos". O Executivo de António Costa apela, por isso, aos contributos dos cidadãos, por entender que se pretende "um debate abrangente e participado", de acordo com um post publicado na rede social Twitter.

8h19 - OMS adverte que segunda vaga é marcada por casos de pessoas menores de 40 anos. A forte propagação da pandemia do novo coronavírus nesta segunda vaga de infeções deve-se, principalmente, ao contágio entre pessoas com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos, sendo que grande parte não sabe que está doente, indicou o diretor-regional da OMS para o Pacífico Ocidental, Takeshi Kasai.

"A epidemia está a mudar", referiu, esta terça-feira, Kasai, durante um briefing virtual. "Pessoas na casa dos 20, 30 e 40 anos estão, cada vez mais, a impulsionar a disseminação. Muitos deles, sem consciência de que estão infetados. Isto aumenta o risco para os mais vulneráveis: os mais velhos, os doentes e quem vive em zonas densamente populadas e com poucos meios", afirmou.

8h10 Ministro da Energia russo infetado com o novo coronavírus. O ministro da Energia da Rússia, Alexander Novak, foi infetado com o novo coronavírus, anunciou hoje o primeiro-ministro russo, Mikhail Michoustine. Segundo o primeiro-ministro russo, Novak teve conhecimento que testou positivo para a Covid-19 após a sua chegada a Blagoveshchensk, onde deveria participar na reunião, bem como do lançamento hoje de um gigantesco projeto petroquímico perto da China.

7h48 Alemanha volta a registar mais de mil casos. De acordo com o Instituto Robert Koch, a Alemanha registou 1.390 novos casos nas últimas 24 horas. Este número surge após dois dias consecutivos com registos de novos contágios abaixo dos mil (no domingo, com 625, e na segunda-feira, com 561).

7h45 Estados Unidos com 434 mortes e 34.741 casos nas últimas 24 horas. Os Estados Unidos registaram nas últimas 24 horas mais 434 mortes causadas pela Covid-19, além de 34.741 novos casos, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

7h30 México com 266 mortes e 3.571 casos nas últimas 24 horas. O México registou 266 mortes e 3.571 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo as autoridades de Saúde mexicanas. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 57.023 óbitos e 525.733 infeções.

7h21Hotéis na origem de 99% dos casos de novo surto em Melbourne. Um epidemiologista afirmou hoje que 99% dos casos do novo surto de Covid-19 no estado australiano de Victoria terão tido origem em hotéis designados para a quarentena de viajantes internacionais, na cidade de Melbourne.

7h20 - Ministro das Finanças do Canadá apresenta demissão. O ministro das Finanças do Canadá, Bill Morneau, anunciou a sua demissão na segunda-feira, após tensões crescentes com o primeiro-ministro Justin Trudeau sobre os gastos com a pandemia, segundo os media canadianos..

7h17 MoMA de Nova Iorque reabre em 27 de agosto com entrada gratuita. O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) anunciou segunda-feira que reabre em 27 de agosto, com entrada gratuita, depois de estar fechado durante cinco meses e meio, devido à Covid-19.

7h15 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da noite de segunda-feira clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório