Meteorologia

  • 30 MARçO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

O que o amor uniu, o Covid-19 não separa. Mulher recusa ser repatriada

Liu Ting não quer deixar a mulher em Wuhan, a cidade onde vivem.

O que o amor uniu, o Covid-19 não separa. Mulher recusa ser repatriada

Liu Ting é uma taiwanesa que vive em Wuhan, na China, o epicentro do Covid-19 (o novo coronavírus), e que recusou ser repatriada para não abandonar a mulher.

A cidadã de nacionalidade taiwanesa tinha direito a regressar à terra natal num voo que evacuou 247 compatriotas no passado dia 3 de fevereiro. Mas Liu é casada com Yang Xi, de nacionalidade chinesa, e não a quis abandonar.

O casamento entre ambas foi registado em Taiwan, mas uma lacuna na lei que regula o ordenamento jurídico na ilha  prevê apenas o reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo de nacionalidade taiwanesa. Como tal, o enlace do casal destas duas mulheres não é reconhecido e Liu Ting não poderia levar a mulher quando fosse repatriada para Taiwan.

Liu e Yang permanecem, assim, em quarenta na cidade fantasma de Wuhan há cerca de um mês. Em declarações ao China Morning Post, contaram que se conheceram numa aplicação de encontros para pessoas do mesmo sexo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório