Meteorologia

  • 18 JUNHO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Sorriu ao atropelar mortalmente mulher. Agora chora ao ouvir sentença

Foto mostrava mulher a sorrir depois de ser detida.

Sorriu ao atropelar mortalmente mulher. Agora chora ao ouvir sentença

Há um ano, Angenette Marie Misset atropelou mortalmente Sandra Clarkson, de 60 anos, enquanto conduzia embriagada, por estrada do Estado norte-americano da Flórida. Ao ser detida, sorriu para a fotografia, o que chocou as autoridades e despertou o ódio nas redes sociais.

Um ano depois, a norte-americana, de 45 anos, foi condenada a 11 anos de prisão efetiva. Ao contrário do que tinha feito quando teve o acidente, Angenette chorou.

Num pranto, em pleno tribunal, a condenada pediu perdão à família de Sandra Clarkson.

“Sinto muito, se pudesse trocar de lugar com a sua mãe, eu trocava num piscar de olhos. Desculpa, de verdade”, disse Angenette em tribunal à filha da mulher que matou, conta o canal de televisão local WESH.

“Perdi a minha mãe por causa do seu egoísmo e da sua decisão de beber e conduzir”, respondeu Keonna Sciacca, filha de Sandra.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório