Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Nova explosão no Sri Lanka, desta vez numa carrinha

Equipa de desativação de bombas tentava inativar um explosivo, que se encontrava no interior de uma carrinha.

Nova explosão no Sri Lanka, desta vez numa carrinha

Uma nova explosão ouviu-se, esta manhã, em Colombo, capital do Sri Lanka. De acordo, com a Sputnick, a explosão aconteceu quando uma equipa de desativação de bombas tentava inativar um explosivo, que se encontrava no interior de uma carrinha.

A explosão deu-se junto à capela de St. Anthony's [Santo António], uma das igrejas que neste domingo foi alvo de um dos oito ataques que tiraram a vida a pelo menos 290 pessoas, incluindo um português, e feriram outras 500.

A polícia foi inspecionar a carrinha, depois de pessoas informarem que o veículo estava estacionado desde domingo perto da igreja. As autoridades descobriram três bombas que tentaram neutralizar, mas as bombas explodiram, o que provocou pânico entre as pessoas que estavam no local.

Até ao momento, não há informações sobre feridos. 

A explosão acontece no mesmo dia em que a polícia afirma ter encontrado 87 explosivos na cidade, nomeadamente num terminal privado de autocarros de Colombo.

Recorde-se que as oito explosões de domingo mataram, pelo menos, 290 pessoas, entre as quais um português residente em Viseu, e provocaram 500 feridos.

A capital do país, Colombo, foi alvo de pelo menos cinco explosões: em quatro hotéis de luxo e uma igreja.

Duas outras igrejas foram também alvo de explosões, uma em Negombo, a norte da capital e onde há uma forte presença católica, e outra no leste do país.

A oitava e última explosão teve lugar num complexo de vivendas na zona de Dermatagoda.

As primeiras seis explosões ocorreram "quase em simultâneo", pelas 08h45 de domingo (03h15 em Portugal), de acordo com fontes policiais citadas por agências internacionais.

O número de pessoas detidas relacionadas com os ataques, que não foram ainda reivindicados, também aumentou de 13 para 24, disse à agência de notícias francesa France-Presse (AFP) o porta-voz da polícia Ruwan Gunasekera.

A polícia também informou hoje que uma bomba artesanal foi descoberta e desativada no domingo, perto do principal aeroporto de Colombo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório