Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 15º

Edição

Guaidó lamenta incêndio e manifesta solidariedade ao povo francês

O presidente do parlamento e autoproclamado Presidente da Venezuela lamentou na segunda-feira o incêndio na catedral de Notre-Dame, manifestando solidariedade e confiança na recuperação da tragédia.

Guaidó lamenta incêndio e manifesta solidariedade ao povo francês
Notícias ao Minuto

06:25 - 16/04/19 por Lusa

Mundo Notre-Dame

"O nosso abraço de solidariedade ao Governo da França, aos seus cidadãos e ao Presidente [francês] Emmanuel Macron, perante o lamentável incêndio da catedral de Notre-Dame", escreveu Juan Guaidó na rede social Twitter.

Guaidó, que se proclamou Presidente interino da Venezuela em 23 de janeiro e foi reconhecido por meia centena de países, incluindo Portugal, mostrou-se confiante de que o país irá recuperar do incêndio na catedral de Notre-Dame, um dos edifícios icónicos de Paris e da arte gótica.

"Sabemos que o povo francês, sempre na vanguarda da cultura mundial, vai recuperar desta tragédia", sublinhou.

O incêndio começou na segunda-feira, cerca das 18:50 (17:50 em Lisboa). Esta madrugada, o porta-voz do corpo de bombeiros de Paris declarou que o fogo está "sob controlo" e "parcialmente extinto".

A tragédia de Notre-Dame gerou mensagens de pesar e de solidariedade de chefes de Estado e de Governo de vários países, incluindo Portugal, bem como do Vaticano e da ONU.

"Majestoso e sublime edifício", como escreveu em 1831 o escritor francês Victor Hugo, a catedral de Notre-Dame foi edificada em 1163 e iniciou a função religiosa em 1182, embora os trabalhos de construção tenham prosseguido até 1345.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório