Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

"Não consigo respirar". Reveladas as últimas palavras de Jamal Khashoggi

Áudio que regista momento da morte do colunista do Washington Post será perturbador.

"Não consigo respirar". Reveladas as últimas palavras de Jamal Khashoggi
Notícias ao Minuto

08:21 - 10/12/18 por Andrea Pinto 

Mundo Jornalista

Foram reveladas as últimas palavras de Jamal Khashoggi, o jornalista saudita morto na embaixada da Arábia Saudita, na Turquia.

A CNN teve acesso a uma gravação áudio, registada durante a visita do jornalista à embaixada, e revela que nela será possível, também, identificar um dos homens envolvidos no crime.

Segundo conta esta publicação, Jamal, que era colunista no Washington Post, terá percebido de imediato que algo não estava bem assim que entrou na embaixada ao se deparar com Maher Abdulaziz Mutreb, um antigo diplomata e agente das forças de inteligência saudita, e com quem Jamal havia contactado quando trabalhava na embaixada da Arábia Saudita em Londres.

Não podes fazer isso. Há pessoas à minha espera lá fora”, ouve-se o jornalista dizer a Maher. No áudio perturbador ouve-se ainda Khashoggi dizer que não consegue respirar.

A publicação norte-americana revela que é possível ouvir-se o corpo de Jamal Khashoggi a ser desmembrado com um serrote e que se ouve uma voz que alerta: “Se não gostam do barulho, coloquem os auscultadores”.

A existência desta gravação, de cerca de sete minutos, já havia sido revelada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia no mês passado. Na altura, Mevlut Cavusoglu confirmou que as gravações provavam que se tratava de um crime premeditado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório