Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Equipa que resgatou mineiros no Chile quer ajudar jovens na Tailândia

Elementos da equipa que resgatou no Chile, em 2010, 33 mineiros que estiveram quase 70 dias debaixo de terra querem viajar até à Tailândia para ajudar os jovens presos numa gruta, tendo iniciado contactos oficiais nesse sentido.

Equipa que resgatou mineiros no Chile quer ajudar jovens na Tailândia
Notícias ao Minuto

19:41 - 07/07/18 por Lusa

Mundo Gruta

Seis elementos da organização não-governamental (ONG) Rescate Atacama, que ficou conhecida pelo seu envolvimento no resgate dos 33 mineiros da Mina San José, iniciaram contactos com o Governo liderado pelo Presidente Sebastián Piñera para tentar obter financiamento para a sua deslocação, segundo informou hoje o jornal El Diario de Atacama.

"Há uma semana que estamos a analisar o que está a acontecer e podemos ter um contributo naquilo que está a ser feito a nível mundial para permitir o resgate das crianças, que está a tornar-se realmente dramático", afirmou o líder das operações subterrâneas da ONG Rescate Atacama, Pedro Riveros.

O responsável reforçou que a disponibilidade imediata da equipa foi manifestada num documento que será entregue a vários responsáveis, incluindo ao ministro do Interior, Andrés Chadwick.

O grupo preso há duas semanas numa gruta na Tailândia é composto por 12 rapazes, com idades entre os 11 e os 16 anos, e o seu treinador de futebol, de 25 anos.

Os rapazes e o seu treinador foram explorar a gruta depois de um jogo de futebol no passado dia 23 de junho.

As inundações resultantes das monções bloquearam-lhes a saída e impediram que as equipas de resgate os encontrassem durante nove dias, já que a única maneira de chegar até ao local onde se encontram é mergulhando através de túneis escuros e estreitos, cheios de água turva e correntes fortes.

Nos últimos dias, as autoridades têm estudado a melhor forma para resgatar o grupo, que deverá passar por uma retirada com recurso mergulho, tendo afirmado hoje que os próximos três a quatro dias estão a ser encarados como "o momento mais favorável para a operação [de resgate] em termos do nível da água, das condições meteorológicas e do estado de saúde dos rapazes".

A operação ficou marcada, entretanto, pela morte na sexta-feira de um mergulhador experiente, um antigo fuzileiro tailandês, que tinha ido entregar uma reserva de oxigénio ao grupo de jovens.

Esta situação veio pôr em causa a viabilidade de uma extração sem riscos do grupo bloqueado na gruta.

Boa parte das crianças não sabe nadar e nenhum fez mergulho, o que complica as operações.

Os media locais noticiaram hoje um acidente com um veículo todo-o-terreno envolvido nas operações de resgate do grupo. Do acidente resultaram um ferido grave e três ligeiros.

A 5 de agosto de 2010, um desmoronamento numa mina localizada a mais de 800 quilómetros a norte de Santiago do Chile deixou um grupo de 33 homens, 32 chilenos e um boliviano, soterrado a cerca de 700 metros de profundidade.

Sobreviveram 69 dias debaixo de terra e foram considerados "heróis nacionais" por serem um caso sem precedentes em termos de sobrevivência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório