Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 11º

Edição

Restaurantes. As tendências que devem acabar em 2018

O mundo da restauração é cada vez mais um espelho da irreverência dos tempos modernos.

Restaurantes. As tendências que devem acabar em 2018
Notícias ao Minuto

20:00 - 20/01/18 por Daniela Costa Teixeira

Lifestyle Curiosidades

Ir jantar fora é um dos momentos de maior prazer. Poder comer ‘à grande e à francesa’ sem ter o mínimo trabalho e experimentar sabores e pratos que dificilmente seriam replicados em casa são apenas dois dos motivos bons motivos para ir a um restaurante.

Mas aproveitar as refeições fora de casa para aderir às mais recentes tendências do mundo da gastronomia é também um motivo a ter em conta. Contudo, há tendências e tendências e foi a pensar em todos os que adoram fazer de uma ida ao restaurante uma experiência inesquecível e que não encaixam nos tempos modernos da restauração que o The Independent listou aquelas que serão as tendências que devem desaparecer já este ano. Eis algumas.

Às escuras. O ambiente fica mais intenso e até mesmo acolhedor, mas não conseguir ler o meu ou perceber o que se põe no garfo são dois dos aspetos que mais irritam os clientes e tudo por culpa da falta de luz dos restaurantes.

Sem reservas. Esta é uma das tendências que salta de 2017 e que dá prioridade aos primeiros a chegar. Contudo, pode complicar imenso a vida a quem gosta de organização e tem jantares de grupo com regularidade.

Tostas mais caras. A moda do abacate tem as suas consequências e uma delas é o possível aumento da tosta. Será que o aumento da procura não pode ajudar a baixar o preço?

Partilha de refeições. Muito ao estilo das tapas, a partilha de refeições será uma das tendências do próximo ano. Até aqui, tudo bem, mas apenas se em causa estiver a tapa espanhola, porque se a partilha for mais gourmet o resultado final é pouca ou nenhuma saciedade e a carteira vazia.

Loiça em voga… mas nem tanto. Está na hora de esquecer os ‘vasos’ com cheesecake, os ‘carrinhos de compras’ com batatas fritas ou qualquer outra loiça que não e de todo loiça.

Dividir a conta. Mais uma vez, há sempre quem fica prejudicado, por isso, o melhor é mesmo cada um pagar o que consumiu e assim não fica encarregue de salvar a dívida dos que comem e bebem mais.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.