Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 9º

Edição

Os superalimentos que as mulheres devem comer mais vezes

Do reforço do sistema imunitário ao controlo do peso, passando pela redução das dores menstruais. Eis o que elas devem comer mais vezes.

Os superalimentos que as mulheres devem comer mais vezes
Notícias ao Minuto

23:03 - 18/11/17 por Daniela Costa Teixeira

Lifestyle Dicas

Ter um estilo de vida saudável, pautado por uma dieta variada e equilibrada e por uma rotina de treino diária é a combinação mais eficaz para um corpo e uma mente saudável. Mas, no caso das mulheres, se a isto juntarmos a ingestão de determinados alimentos, então podemos estar perante a melhor forma de conseguir mais saúde e mais qualidade de vida.

Por serem aliados do controlo do peso e de uma melhor saúde do coração - estando associado a um menor risco de morte por causa cardíaca -, os peixes gordos são um dos alimentos que as mulheres devem comer mais vezes, diz o site Eat This, Not That!, que destaca ainda a importância deste tipo de peixe na saúde das articulações. Esta fonte de ácidos gordos ómega 3 e de vitamina D por excelência deve ser consumida pelo menos duas vezes por semana, sendo a quantidade ideal por dose de 100 gramas.

Também amigos da saúde feminina são os frutos secos, um dos snacks que mais contribuem para uma melhor qualidade de sono, para os níveis de colesterol mais baixos e para a saúde cardiovascular reforçada. Cerca de 40 gramas de frutos secos por dia é o ideal, diz a publicação.

Um outro tipo de superalimento para as mulheres são as leguminosas, uma fonte vegetal de proteína que tem um impacto extremamente benéfico na prevenção da diabetes. Seja como substituto da carne ou como complemento a uma refeição, o ideal é comer três chávenas de leguminosas por semana.

Seja pela fibra, pelo cálcio ou pelos mil e um benefícios que trazem à saúde - onde se inclui a prevenção da diabetes e doenças cardíacas -, os brócolos são um dos vegetais mais amigos das mulheres, bastado o equivalente a uma chávena por dia para ganhar mais saúde.

Excetuando os casos em que existe uma intolerância ou se segue um padrão alimentar vegetariano restrito, o consumo de leite orgânico é também uma mais-valia para a saúde feminina, uma vez que protege os ossos (especialmente quando consumido em tenra idade) e ajuda ainda a prevenir e/ou combater o cancro. Uma chávena por dia é o suficiente, mas importa beber apenas uma versão orgânica e isenta de aditivos e antibióticos.

Como não poderia deixar de ser, os frutos são também fundamentais num plano alimentar saudável e variado, sendo que os frutos vermelhos são os que ganham mais destaque, não só por serem pobres em calorias, mas também por serem verdadeiras 'bombas' vitamínicas e verdadeiros escudos protetores do sistema digestivo, algo que, por si só, melhora consideravelmente a saúde geral. Diz a publicação que o consumo de quatro chávenas por dia ajuda a obter o máximo proveito deste alimento.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório