Aprenda a otimizar o tempo de trabalho

Sente que as oito horas de trabalho não são suficientes para concluir tudo o que tem para fazer? Aprenda a otimizar o tempo.

© iStock
Lifestyle Dicas

Um dia de trabalho tanto pode ser aborrecido e eterno ao ponto de parecer que nunca mais acaba, como pode passar numa abrir de fechar de olhos, com uma rapidez tal que metade das tarefas ficam por concluir.

PUB

Se é daquelas pessoas que acha que as oito horas de trabalho não são suficientes para concluir tudo o que tem para fazer, fique a saber que o segredo está na otimização do tempo. Sim, é preciso saber geri-lo e dar-lhe o melhor uso possível. E é isso que a GQ Espanha ensina.

Um dos primeiros passos a dar é aniquilar toda a qualquer distração ou tudo o que possa levá-lo ao hábito da procrastinação. Adiar para amanhã o que se pode fazer hoje é um erro e a melhor forma de o evitar é com a criação de um método de trabalho, uma estratégia que inclua um agenda, planos, prioridades e metas.

Começar pelas tarefas mais fáceis e rápidas de concluir para depois focar todas as atenções naquelas que merecem mais rigor e empenho é uma das estratégias mais eficazes e das que permite perder menos tempo. Mas para se saber o que fazer e quando fazer, nada como uma agenda.

Segundo a publicação, a agenda deve estar desenhada em três níveis: tarefas a curto prazo (ou seja, para o dia); tarefas a médio prazo (aquelas que podem ser feitas depois, mas sem adiar muito) e tarefas a longo prazo (as que requerem um maior planeamento e que devem ser pensadas com bastante antecedência). O mais adequado é que estas agendas sejam separadas, ou pelo menos a agenda diária seja independente.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS