Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Norovírus vs. coronavírus: Como distinguir os sintomas

O norovírus é uma das doenças mais comuns que afeta os portugueses.

Norovírus vs. coronavírus: Como distinguir os sintomas

O facto de partilharem alguns sintomas, significa que é fácil confundir o norovírus com o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19. 

O norovírus é comummente conhecido como a 'gripe do estômago', provocando sobretudo uma dor aguda na zona do estômago e propagando-se rapidamente. 

Leia Também: Covid-19. Vacina da Janssen tem mais um efeito indesejável (muito raro)

Embora a condição não seja considerada grave, regra geral os indivíduos infetados experienciam febre, diarreia, vómitos, diarreia, dores abdominais e musculares.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a patologia pode espalhar-se de três maneiras - entrando em contato direto com uma pessoa infetada, através do consumo de água contaminada ou de alimentos ou ao tocar em superfícies contaminadas e colocando as mãos por lavar na boca ou nariz.

A infeção por norovírus causa inflamação nos intestinos do estômago, que é chamada de gastroenterite.

Enquanto uma pessoa infetada com norovírus pode disseminar milhões de partículas de vírus, apenas alguns desses patógenos podem fazer com que outros indivíduos adoeçam. 

O problema  é que as pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2 também pode ter sintomas semelhantes como o norovírus, nomeadamente febre, tosse seca, dor de cabeça, náuseas, vómitos e diarreia. O que pode fazer com que seja difícil diferenciar entre os dois. Porém, a verdade é que alguns sintomas são particulares somente ao coronavirus.

O norovírus infeta sobretudo adultos, enquanto o adenovírus e o astrovírus infetam bebés e crianças pequenas.

Para diferenciar entre as duas infeções, recomenda-se ter em atenção os chamados sintomas respiratórios superiores, como perda de olfato e paladar, que é um sinal exclusivo de coronavírus.

Apesar de existirem muitos sintomas semelhantes, a Covid-19 tende a ter mais sintomas respiratórios superiores, como tosse e perda de olfato e paladar, condição também denominada de anosmia.

É ainda provável que a Covid-19 cause dores no peito, o que não é um sintoma de gripe estomacal. Falta de ar é também um sinal de coronavírus e não de norovírus.

Em ambos os casos, deverá consultar um médico de imediato caso experiencie sintomas associadas a qualquer uma das infeções. Se for norovírus, certifique-se que se mantém hidratado, sendo que a desidratação é a verdadeira ameaça quando se trata da infeção pelo norovírus. O indivíduo geralmente desenvolve sintomas entre 12 a 48 horas após ser exposto ao norovírus e melhora entre a 1 a 3 dias.

Leia Também: Ter estes cinco sintomas pode prever se irá sofrer de Covid persistente

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório