Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Estudo revela que obesidade aumenta a resistência à ação da insulina

Um estudo desenvolvido por investigadoras da Faculdade de Medicina do Porto e do CINTESIS concluiu que uma dieta rica em gordura aumenta a resistência à ação da insulina, aumentando, assim, o risco associado a pacientes com diabetes tipo 2.

Estudo revela que obesidade aumenta a resistência à ação da insulina
Notícias ao Minuto

12:45 - 17/10/18 por Lusa

Lifestyle Diabetes

Ou seja, segundo as investigadoras responsáveis por este estudo, que hoje foi apresentado no Porto, "uma dieta rica em gordura pode conduzir a uma alteração da flora intestinal e à forma como esta se relaciona com o metabolismo".

De acordo com Eva Lau, endocrinologista do Centro Hospitalar do Porto e investigadora da Faculdade Medicina da Universidade do Porto, e Cláudia Marques, do CINTESIS/NOVA Medical School, "várias doenças e mecanismos fisiológicos estão diretamente associados à perturbação do equilíbrio da microflora intestinal -- também designada como microbiota".

As investigadoras da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e do CINTESIS -- Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde analisaram a forma como uma dieta rica em gordura pode influenciar a microbiota e as consequências que podem surgir dessas alterações, com o objetivo de, no futuro, obterem novas abordagens terapêuticas.

Assim, foi possível concluir que, quando comparadas com dietas regulares, estas podem conduzir "a um aumento de reações inflamatórias e, ainda, a uma resistência à ação de insulina, aumentando, assim, o risco associado a pacientes com diabetes tipo 2".

"Trata-se de uma interação complexa que, quando corretamente explorada, nos permitirá moldar a forma como os tratamentos são administrados, especialmente em casos de obesidade e distúrbios metabólicos", explicam, salientando o facto de vivermos numa era em que se registam "aumentos significativos nos níveis de obesidade e de distúrbios metabólico".

Os resultados deste estudo, que foi coordenado pela investigadora Conceição Calhau (CINTESIS/NOVA Medical School), foram hoje apresentados na 10.ª edição do Simpósio em Metabolismo, uma iniciativa promovida pelo departamento de Biomedicina da FMUP que visa promover a troca de conhecimento entre os vários participantes.

Nesta edição, o Simpósio em Metabolismo foi dedicado ao imunometabolismo, tendo sido abordados temas como inflamação crónica, doenças metabólicas, imunidade no cancro e microbiota.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório